WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Alevinos tipo I e alevinos tipo II. Qual a diferença?

Alevinos tipo I são os mais utilizados. São comercializados, normalmente, com peso em torno de três gramas. Alevinos tipo II são aqueles comercializados no ponto de confinamento, na fase de engorda

Alevinos tipo I e alevinos tipo II. Qual a diferença?   Dicas CPT

Alevinos tipo I são os mais utilizados e são comercializados, normalmente, com peso em torno de dois a três gramas, quando medem aproximadamente quatro a cinco centímetros. Eles são adquiridos junto aos piscicultores, produtores de alevinos, e levados para a piscicultura onde serão recriados até atingirem peso médio em torno de 50 g, para, posteriormente, serem submetidos ao confinamento, na fase de engorda.

Alevinos tipo II são aqueles comercializados já no ponto de serem confinados na fase de engorda, com peso médio em torno de 30 g. Nesse caso, entram um pouco mais cedo na fase de engorda e dispensam a necessidade de serem recriados na piscicultura. "Com isso, mais tanques poderão ser utilizados na fase final da cadeia produtiva da tilápia, aumentando o potencial produtivo do empreendimento e o giro de capital", explica Giovanni Resende de Oliveira, Professor do Curso CPT Produção de Tilápias em Tanques Escavados.

No entanto, existem alguns inconvenientes, quando se compara os alevinos tipo II com o tipo I. Não são todos os produtores de alevinos que comercializam o tipo II e, mesmo nos casos onde são encontrados, o preço de aquisição é bem maior. Outro ponto a ser considerado é a questão do transporte que, para alevinos tipo II, é um tanto quanto mais complicado. A capacidade de transporte é menor, quando comparada à dos alevinos tipo I; necessitam de mais oxigênio na água; podem apresentar maior taxa de mortalidade; e as distâncias em que podem ser transportados em segurança geralmente são menores.

Saiba mais sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Como escolher bons fornecedores de alevinos?
Vai criar peixes? Você precisará de plancton!

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Piscicultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!