Adquira 2 ou mais Cursos CPT e ganhe Frete Grátis.

ENEM: 5 dicas para ajudá-lo nas provas

Na véspera do ENEM, elencamos algumas dicas para que você obtenha excelentes resultados nas provas e se destaque dentre os demais candidatos

Enem, dicas para fazer uma boa prova

 

A cada ano, o número de inscrições para o ENEM aumenta consideravelmente. Como resultado, a concorrência torna-se mais acirrada, tornando necessários maior preparo e mais dedicação, para que o objetivo final seja alcançado: a classificação. Para isso, elencamos algumas dicas que poderão ajudá-lo a fazer as provas, obter excelentes resultados e se destacar dentre os demais candidatos. Portanto, não perca tempo, aproveite nossas dicas e boa prova!

1. Leia com atenção o enunciado

Leia o enunciado das questões, pelo menos duas vezes, para assimilar todas as informações e entender exatamente o que está sendo proposto. Preste atenção, de modo especial, ao final da pergunta. Não confie plenamente nas figuras, elas podem confundi-lo em vez de ajudá-lo; o correto é ler o enunciado com atenção e, em seguida, analisar a figura; no enunciado, pode estar a chave da resposta.

2. Questão difícil

O primeiro passo é ler as instruções e dar uma olhada geral na prova. Comece a prova pela matéria que mais gosta; assim, você ganha tempo e relaxa, livrando-se da tensão inicial, uma vez que tem domínio do assunto. Diante de uma questão difícil, não perca tempo. Salte-a e deixe para depois. Na volta, a resposta surge em nossa mente com mais clareza, por já estarmos mais relaxados e por já termos desenvolvido outros raciocínios que nos ajudam a encontrar a resposta. Não perca tempo demonstrando todo seu conhecimento em uma só resposta, as outras questões o esperam: seja objetivo.

3. Chute técnico

O professor Guilherme Cabral, que já passou em inúmeros concursos e é especialista em preparar concursandos, dá algumas dicas para “chutar” a resposta correta:

→Se tiver de chutar, opte pelas letras que menos aparecem no seu gabarito, pois os avaliadores procuram equilibrar o número de opções. Se tiver A, B e C com frequência, marque D e E;
→Em caso de dúvida, opte pela resposta mais detalhada; ela tende a ser a opção correta;
→Em uma questão onde os itens trazem várias palavras como respostas, escolha a opção em que aparecem as palavras que mais se repetem;
→Em questões de matemática, concentre-se nas opções com resultados semelhantes e escolha uma delas.

Atenção!

Antes do chute técnico, certifique-se de que as questões erradas não anulam as corretas. Nesse caso, não use a técnica do “chute”.

F: Jornal Hoje em Dia.

4. Deu branco

Um dos maiores fantasmas dos estudantes é o famoso branco que, infelizmente, pode ocorrer na prova: você tem consciência de que sabe a resposta, mas ela não vem. Isto ocorre devido à ansiedade. Quanto mais calmo e tranquilo você estiver, menos o branco acontece. Mas, se acontecer, passe para frente. No final da prova, volte às questões sem fazer e tente resolvê-las: quase sempre a resposta vem.

Um truque excelente é mentalizar-se saindo da prova, encontrando os amigos, e comentando a resposta. Se você estudou, ela virá. Outra visualização regressiva é você imaginar-se estudando a matéria, abrindo o livro na página e lendo sobre o tema. Esta é a “Técnica de Recuperação da Memória” com base na teoria de que, em estado de relaxamento, nosso cérebro resgata informações em um nível mais profundo.

5. Resposta dissertativa

Em questões dissertativas, analise bem o que se pede. A resposta dissertativa é como se fosse uma pequena redação: deve ter introdução, desenvolvimento e conclusão. Deve ser escrita em linguagem direta, clara e objetiva. Não extrapole o número de linhas nem deixe espaço em branco. O espaço para resposta é geralmente a medida certa pretendida pela banca avaliadora.

Se não souber a resposta e não tiver condições de elaborar um texto coerente, deixe totalmente em branco. Evite colocar observações como “não sei” e outras. Se a resposta tiver de ser escrita a tinta, escreva o texto a lápis e, só depois de reler o que escreveu, passe a caneta.

A letra deve ser legível e cursiva. É muito comum o avaliador não fazer o mínimo esforço para ler o texto e dar uma nota muito baixa, reprovando o candidato quando a letra é muito ruim. Não use letras de forma, coloque ponto nos “is” (não use bolinhas, pois denota infantilidade).

Se não souber exatamente como se escreve uma palavra, substitua-a por outra. Não tente impressionar a banca de examinadores com palavras difíceis. Quem escreve bem, escreve de modo claro e objetivo, e a elegância em escrever é como a elegância no vestir – o texto deve ser simples e enxuto.

Boas Provas!

Por Andréa Oliveira.

Confira o Curso CPT Como Passar em Vestibular e Concurso.

Cursos Relacionados

Curso Português para Concursos Curso Português para Concursos

Com Prof. Helinho

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Passar em Vestibular e Concurso Curso Como Passar em Vestibular e Concurso

Com Prof.ª Gamali Rodrigues

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Redação para Vestibular e Concurso Curso Redação para Vestibular e Concurso

Com Prof.ª Gamali Rodrigues

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Vestibular e Concurso

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade