WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Taxa de rolha - você sabe o que é?

Taxa de rolha é um adicional cobrado dos clientes, pelo restaurante, por levarem o seu próprio vinho de casa para serem consumidos no estabelecimento

Taxa de rolha - você sabe o que é?

 

É comum ouvir falar que muitos restaurantes permitem que os clientes levem sua própria garrafa de vinho de casa para o respectivo estabelecimento. No entanto, cobram uma tarifa extraordinária conhecida como “taxa de rolha”, que é justificada para cobrir o serviço do vinho realizado pelo sommelier e eventuais quebras de taças.

Mas, por que uma pessoa levaria seu próprio vinho para um restaurante? A respeito desse polêmico assunto, o mais certo a se pensar é que quando se leva de casa um vinho para o restaurante, a intenção não deva ser, única e exclusivamente, a de economizar, mas a de apreciar um rótulo que não exista na carta de vinhos do estabelecimento ou, sobretudo, que esteja guardado para uma ocasião especial. Com base nisso, veja alguns passos que merecem ser observados antes de levar uma garrafa de vinho para qualquer restaurante. Não são regras, trata-se apenas de uma questão de bom senso e de educação:

1) Ligue no restaurante e confirme se o local permite que o cliente leve seu próprio vinho de casa. Certifique também o valor cobrado pela taxa de rolha;

2) Escolha uma garrafa cujo valor na loja seja superior ao da taxa de rolha. Se não houver taxa o bom senso deve prevalecer, já que uma boa comida deve harmonizar com um bom vinho também;

3) Evite levar rótulos que existam na carta de vinho do restaurante. Ao ligar, pergunte se o vinho que pretende levar não está mesmo disponível na carta do estabelecimento;

4) É interessante que o vinho a ser levado ao restaurante seja escolhido para harmonizar com a refeição que vai ser servida, portanto, analise o cardápio do local e, na dúvida, converse com o sommelier;

5) Seja discreto ao levar o vinho e assim que chegar ao restaurante entregue-o ao sommelier, antes de sentar-se à mesa;

6) Considere a possibilidade de consumir um vinho da carta do restaurante. Um espumante de entrada ou um vinho de sobremesa ao final podem ser ótimas opções;

7) Uma vez que houve cobrança de taxa de rolha, o restaurante não deve cobrar 10% sobre a respectiva taxa. No entanto, é interessante deixar um valor de gorjeta para o sommelier equivalente ao que seria dado caso tivesse consumido um vinho da carta.

Conheça o Curso CPT Segredos do vinho - compra, armazenamento, degustação e harmonização.


Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!