Cursos da Área Curso Homebrew - A Arte de Fazer Cerveja em Casa Curso Bicicletas - Escolha, Regulagem e Manutenção Curso Capacitação de Auxiliar de Consultório Dentário - ACD ou ASB Curso Treinamento de Garçom Curso Treinamento de Pizzaiolo Curso Treinamento de Empregada Doméstica Curso Segurança Alimentar em Restaurantes e Lanchonetes - Treinamento de Manipuladores de Alimentos Curso Treinamento de Camareira Curso Treinamento de Chapeiro e Lancheiro Curso Treinamento de Florista Curso Treinamento de Jardineiro Curso Treinamento em Reservas e Recepção Curso Treinamento de Governanta Curso Treinamento de Gerente de Loja Curso Treinamento de Bartender - Barman / Barwoman Curso Treinamento de Churrasqueiro Curso Técnicas de Memorização Curso Capacitação de Corretor de Imóveis Curso Treinamento de Barista Curso Comunicação para o Sucesso Pessoal - Programação Neurolinguística Curso Técnicas de Comunicação Oral e Impostação de Voz Curso Leitura Dinâmica Curso Segurança Alimentar em Restaurantes e Lanchonetes - Treinamento de Gerentes Curso Treinamento de Secretária Curso Treinamento de Recepcionista Curso Segredos do Vinho - Compra, Armazenamento, Degustação e Harmonização Curso Gerenciamento do Tempo Curso Treinamento de Síndico - Administração de Condomínios Curso Primeiros Socorros - nas Escolas, nas Empresas e em Residências Curso Como Desempenhar com Sucesso a Função de Vereador Curso Treinamento de Atendente de Lanchonete Curso Como Falar em Público Curso Capacitação de Cuidador de Idosos Curso Treinamento de Porteiro Curso Capacitação de Manipulador de Medicamentos Curso Capacitação de Atendente de Loja - Técnicas de Vendas Curso Capacitação de Operadores de Telemarketing Curso Treinamento de Motorista Particular Curso Capacitação de Atendente de Farmácia e Drogaria: Organização, Técnicas de Vendas, Serviços Farmacêuticos e Biossegurança Curso Capacitação de Atendente de Farmácia e Drogaria: Anatomia Humana e Farmacologia Curso Treinamento de Babá - Saúde, Alimentação e Higiene da Criança Curso Treinamento de Babá - Desenvolvimento e Comportamento da Criança Curso Treinamento de Babá - Segurança e Primeiros Socorros Áreas Afins 13Casa Prática 11Confecção de Roupas 6Consultórios Odontológicos 9Estética e Beleza 5Fabricação de Cosméticos 17Hotelaria 10Marcenaria 6Massoterapia 5Negócios Imobiliários 17Padaria e Confeitaria 10Pet 4Refrigeração 11Salão de Beleza Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Medicação em idosos: previna-se e não cometa erros

O uso incorreto de medicamentos entre os idosos é uma importante causa de internações, e até mesmo de morte; por isso, a prevenção é de suma importância

Medicação em idosos: previna-se e não cometa erros.

 

Os pacientes idosos usam, em média, três a quatro tipos diferentes de medicamentos ao dia, em horários diversos. Sabe-se que, quanto maior o número de medicamentos utilizados, maior a chance de erros na sua administração, seja na dose, no horário, no tipo de medicamento ou na forma de administração. Isso pode acontecer tanto por parte do idoso, na autoadministração da medicação, quanto por parte do cuidador, que pode estar sobrecarregado com outras tarefas.

O uso incorreto de medicamentos entre os idosos é uma importante causa de internações, e até mesmo de morte. Por isso, a atenção às orientações abaixo são bastante úteis.

Orientações básicas:

→Nunca acrescente, substitua ou retire medicamentos, sem antes consultar um profissional de saúde;

→Não repita as receitas antigas quando achar que o idoso apresenta o mesmo problema;

→Não administre para o idoso que você cuida medicamentos indicados para outra pessoa. Também, não indique para outras pessoas os medicamentos em uso pelo idoso do qual você é cuidador. Lembre-se de que os efeitos dos medicamentos podem ser diferentes entre as pessoas;

→Informe ao médico se observar o aparecimento de sintomas inesperados no idoso;

→Cuidados devem ser tomados com medicamentos cujos nomes, embalagens ou formatos são muito parecidos, de forma a evitar confusão entre eles e garantir a administração incorreta;

→É sempre recomendável deixar os medicamentos na própria caixa e embalagem, evitando ao máximo sua retirada do blister (embalagem plástica dos comprimidos com “bolhas”);

→A administração de qualquer medicamento deve ser feita conforme orientação do profissional de saúde ou da bula, para evitar erros de administração.

Orientações para garantir uma correta utilização de medicamentos por idosos:

Alguns cuidados devem ser tomados desde a consulta médica até o momento da administração do medicamento, com vistas a garantir uma correta utilização de medicamentos pela pessoa idosa. Esses cuidados, bem como algumas orientações estão sintetizados a seguir:

Na consulta médica:

→Leve uma lista de todos os medicamentos que o idoso está usando e qual a forma de uso (se preferir, leve junto à última receita médica ou os próprios medicamentos);

→É muito importante informar ao médico todos os medicamentos em uso pelo idoso, inclusive aqueles considerados “naturais” (ervas ou chás). Os remédios naturais podem ser benéficos em muitos casos. Mas assim como qualquer outro medicamento, podem apresentar reações adversas importantes;

→Informe o médico sobre problemas que o idoso já tenha tido com medicamentos, tais como alergias ou quaisquer reações diferentes;

→É importante informar, ainda, se o idoso é fumante e/ou faz uso constante de bebidas alcoólicas;

→Tão logo o médico finalize a receita, confira se entendeu o nome do medicamento e as orientações de uso (quantidade, número de vezes ao dia, duração total do tratamento, forma de administrar);

→Lembre-se de perguntar ao médico quais alimentos, bebidas ou atividades que o idoso deve evitar durante o tratamento;

→Certifique-se com o médico se há alguma orientação específica nos casos em que a receita tiver mais de um medicamento prescrito, tendo em vista que alguns medicamentos podem interagir com outros, quando utilizados simultaneamente;

→Pergunte quais as reações são esperadas com o uso do(s) medicamento(s) que foi prescrito e como você deve proceder, caso elas ocorram;

→Pergunte ainda o que fazer, caso se esqueça de oferecer alguma dose ao idoso;

→Muitos idosos apresentam dificuldades em engolir comprimidos. Por isso, é importante perguntar ao médico se o medicamento pode ser partido, dissolvido, misturado com bebidas ou ingerido com as refeições. Caso isso não seja possível, pergunte sobre a possibilidade de troca do medicamento;

→Quando o idoso fizer uso de muitos medicamentos (fato bastante comum), converse com o médico ou o farmacêutico sobre a possibilidade de separar os medicamentos para uso em horários padronizados, quando necessário, como, por exemplo, café da manhã, almoço e jantar, e faça uma lista do que pode e do que não pode ser dado no mesmo horário. Para facilitar, você pode utilizar uma caixa porta-medicamentos.

Como guardar os medicamentos:

→Anote nas caixas dos medicamentos como eles devem ser utilizados, e por quanto tempo;

→Guarde-os em suas embalagens originais e bem fechadas, em local seco, de temperatura ambiente (até 30 graus), sem sol direto e que seja seguro, longe do alcance das crianças e dos animais;

→Os medicamentos e os materiais para uso em curativos, tais como pomada, gaze, luva, tesoura, faixa, esparadrapo, soro fisiológico e outros devem ser guardados em uma caixa com tampa, separados dos outros medicamentos;

→O material e os medicamentos utilizados para nebulização devem ser guardados secos em uma caixa de plástico com tampa;

→ Caixas de madeira e papelão não são indicadas para se guardar medicamentos, pois podem favorecer a formação de fungos;

→Estão disponíveis no mercado caixas de plástico utilizadas como porta- medicamentos, as quais têm sido muito utilizadas. No entanto, caso o cuidador opte por guardar os medicamentos nessas caixas, vale lembrar que os medicamentos deverão ser retirados da embalagem original. Dessa forma, é importante anotar o nome do medicamento em uma lista que pode ser mantida junto à caixa, e levar em consideração que medicamentos fora de sua embalagem original passam a apresentar apenas seis meses de validade, e não a validade original informada pelo fabricante;

→Uma alternativa mais segura pode ser uma caixa plástica (tipo tupperware), onde caibam os medicamentos em suas embalagens originais e na própria caixa onde devem estar identificados com uma etiqueta os horários, a dose e a forma de administração. Nesse caso, recomenda-se não deixar mais de uma caixa do mesmo medicamento na caixa plástica, para não correr o risco de utilizar o mesmo medicamento em duplicidade;

→Para facilitar o manejo dos medicamentos, deixe apenas a última receita médica junto à(s) caixa(s) de medicamentos;

→Nunca guarde medicamentos no banheiro ou na cozinha, pois são os locais, respectivamente, mais quentes e úmidos da casa;

→Não guarde medicamentos junto com venenos ou outras substâncias perigosas;

→Não guarde medicamentos em geladeira (a menos que seja indicado); se isso for necessário, coloque-o dentro de um plástico separado, mas nunca na porta da geladeira (onde a temperatura pode variar muito), ou dentro de caixas de isopor;

→Verifique constantemente a data de vencimento dos medicamentos. Jogue fora os medicamentos vencidos ou aqueles com alteração de cor, cheiro ou com grumos. Na dúvida, quanto a possíveis alterações no medicamento, solicite ajuda de um profissional de saúde (médico, farmacêutico ou enfermeiro);

→Nunca guarde medicamentos para uso futuro, a menos que o médico autorize.

Nunca use como referência a cor ou o tamanho do comprimido.

Nunca use como referência a cor ou o tamanho do comprimido, bem como outras características da embalagem, pois elas podem mudar de acordo com o laboratório fabricante.

Ao administrar os medicamentos:

→Lembre-se sempre de conferir, antecipadamente, o nome, a quantidade a ser administrada e a data de validade do medicamento;

→Nunca use como referência a cor ou o tamanho do comprimido, bem como outras características da embalagem, pois elas podem mudar de acordo com o laboratório fabricante! Logo, oriente-se sempre pelo nome e pela concentração do medicamento;

→Sempre lave as mãos antes de administrar qualquer medicamento;

→Administre o medicamento em locais bem iluminados. Se o medicamento for dado à noite, nunca o faça com as luzes apagadas, pois o risco de cometer erros é grande;

→Para facilitar a administração dos medicamentos, você pode utilizar um Plano Diário de Medicamentos (impresso com vários relógios desenhados, conforme modelo na Figura Y). Nesse plano, com auxílio do médico ou de outro profissional de saúde, você distribuirá os medicamentos nos horários padronizados. Esse Plano de Medicamentos deve ficar em lugar de fácil visualização.

Importante!

A administração dos medicamentos dependerá de sua forma farmacêutica (por exemplo, se é comprimido, cápsula, líquido, entre outros), de forma que algumas orientações específicas de acordo com a forma farmacêutica estão no quadro a seguir:

Administração de medicamentos em idosos de acordo com a forma farmacêutica.
Administração de medicamentos em idosos de acordo com a forma farmacêutica.
Administração de medicamentos em idosos de acordo com a forma farmacêutica.


Por Andréa Oliveira.

Confira mais sobre os cuidados com o idoso e outros temas afins, acessando os Cursos CPT, da área Treinamento Profissional, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas.

Entre eles, destacam-se:

Curso CPT Capacitação de Cuidador de Idosos

Curso CPT Treinamento de Babá

Curso CPT Primeiros Socorros - nas Escolas, nas Empresas e em Residências

Cursos Relacionados

Curso Primeiros Socorros - nas Escolas, nas Empresas e em Residências Curso Primeiros Socorros - nas Escolas, nas Empresas e em Residências

Com Prof.ª Luciana de Moraes

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Capacitação de Cuidador de Idosos Curso Capacitação de Cuidador de Idosos

Com Prof. Renan Sallazar

R$ 696,00 à vista ou em até 12x de R$ 58,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Profissionalizante de Babá Curso Profissionalizante de Babá

Com Prof. Bruno de Morais, Prof.ª Fabiana Teixeira e...

R$ 1.274,00 à vista ou em até 12x de R$ 106,17 sem juros no cartão

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Treinamento Profissional

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade