WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Como combater alguns vícios de leitura

Para compreender o que se lê não basta passar os olhos nas letras, é necessário concentração

 Ler rápido aumenta a compreensão

Ler com rapidez e compreender o que leu é uma tarefa que exige muito treino e paciência. Além disso, deve-se planejar as ações (estabelecendo o objetivo “ler cada vez mais rápido e com maior compreensão"), e as metas (“fazer os exercícios diariamente em um determinado tempo e hora") e cumpri-las. Cumprindo metas, você estará cada vez mais próximo do objetivo e, quanto mais próximo dele, maior é o entusiasmo e a motivação.

Algumas ferramentas são primordiais para realizarmos isso, como a nossa capacidade de raciocínio, memorização, adaptabilidade e capacidade de aprendizado. O importante é nos transformarmos de leitores menos eficientes a leitores mais eficientes com práticas simples, mas que precisam ser exercitadas diariamente pelo menos uma hora por dia.

 

“A leitura não é nada mais do que a decodificação de símbolos gráficos por meio da visão que capta o estímulo para ser lida pelo cérebro. Após este processo, percebemos e interpretamos o estímulo (palavras, números entre outros) e organizamos, segundo nosso conhecimento anterior, integrando-o no nosso cotidiano. O cérebro é que lê e não os nossos olhos”, afirma o professor Marcos Antônio Barbosa, do curso Leitura Dinâmica, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

 

Muitos pensam que a leitura rápida prejudica a compreensão. O que ocorre é o contrário, a leitura rápida aumenta a compreensão e memorização devido à necessidade de maior concentração, obrigando o cérebro a elaborar imagens mentais que guardará as informações por mais tempo.

 

Ao contarmos a história de um livro, por exemplo, nossas mentes desprezam as palavras e guardam o enredo. É o que chamamos de memória em longo prazo. Por outro lado, ao lermos algumas palavras ou números para utilizarmos naquele momento, após usá-los esquecemos imediatamente. Neste caso, estamos utilizando a memória em curto prazo.

 

Vícios sérios de leitura

 

- Regressar no texto: Ao não compreenderem as palavras, as pessoas tendem a voltar e relê-las. Isto só atrapalha, pois corta o raciocínio ou o todo do texto. Lendo sem retornar, possibilitará a compreensão do todo sem a necessidade de se preocupar com as partes.

 

- Movimentar a cabeça: Também o movimento da cabeça para os lados, para baixo e para cima dificulta a leitura, além de provocar cansaço. Quando se lê, movimentam-se somente os olhos.

 

- Ler devagar e divagar: Ao se ler devagar, divaga-se no texto. Quanto mais devagar se lê, mais facilmente ocorrem a desconcentração e a desatenção, ou seja, a pessoa começa a “voar”, a pensar em outra coisa. Ao se ler rápido, a leitura é feita com mais atenção e concentração, possibilitando maior compreensão e retenção de ideias.

 

Exercícios para livrar-se dos vícios

 

- Movimento labial: Para superar esse hábito, forme palavras com p e b (papel, bebê entre outras), pronunciando-as simultaneamente à leitura. Com a prática, o vício será iliminado.

 

- Movimento lingual: Forme palavras contendo as letras t e d (tato, dado entre outras), pronunciando-as simultaneamente durante a leitura. Com o tempo, o vício será iliminado.

 

- Movimento laríngico: Para eliminar esse hábito, pense durante a leitura, em palavras que contenham as letras l, m, n (mamãe, Nilo entre outras).

 

- Repetição mental: Isso limita a leitura à velocidade da fala. Para evitar isso, ouça algo durante a leitura cujo tema seja diferente do que está lendo. Assim ocuparemos o cérebro com duas atividades, inibindo a terceira, que seria a repetição.

 

Confira mais informações sobre os cursos da área Treinamento Profissional.

 

Por Andréa Oliveira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!