WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Como a babá deve estabelecer limites para a criança?

Para você, babá, participar de forma efetiva da educação da criança, é preciso estabelecer regras e limites, com respeito e diálogo

Para você, babá, participar de forma efetiva da educação da criança, é preciso estabelecer regras e limites, com respeito e diálogo

 

Assim que você escolheu como profissão ser babá, você também escolheu participar da educação da criança em todos os seus aspectos. Entretanto, para desenvolver um bom trabalho durante todo o processo de desenvolvimento da criança, é preciso ter tranquilidade e ser paciente para educá-la, pois essa não é uma tarefa fácil! Repreender a criança por seus atos, gritar e castigá-la não ajudará a mudar as suas ações. Dialogar é muito mais eficiente do que impor as coisas à criança, mas, para isso, é preciso conhecer como funciona o comportamento da criança, estabelecendo regras e limites.

As regras são normas importantes para o convívio social, necessárias em qualquer ambiente. É importante que a criança aprenda a lidar com regras e limites e a respeitá-los desde pequena. Porque assim ela se prepara para o futuro e para as condutas que deverá seguir quando adulta, sendo capaz de corresponder às exigências dos diversos ambientes em que conviver com outras pessoas.

Quando a babá passa a impor limites à criança, ela está agindo no seu comportamento, sem afetar a sua autoestima. Mas quando a criança passa dos limites?

Uma criança passa do limite, quando xinga ou empurra a babá, desrespeitando-a. Ela pode até se exaltar em algum momento que perder a paciência, mas partir para a agressão é passar do limite. Uma criança sem limites, na vida adulta, torna-se uma pessoa que não respeita a própria necessidade de descanso e sempre se excederá, ficando mais do que deve acordada. Ou ainda não aceita as normas da sociedade, não se adaptando ao padrão exigido em um emprego por exemplo.

Uma criança que não segue o padrão de comportamento na sociedade pode fazer mal aos colegas, ou ser ridicularizada pelos amigos, e pode, ainda, sofrer outros problemas, tornando-se um adulto que não respeita regras de conduta e não é querido em diversos espaços, até em um emprego, tornando-se infeliz.

Para conviver com as pessoas, é essencial que a criança aprenda a esperar a sua vez, a expressar-se da maneira correta, a tratar bem as pessoas, a respeitá-las e a compartilhar. A criança precisa aprender a aceitar as normas e respeitar as regras para se comportar em determinados ambientes, como na própria casa, no supermercado, na escola, no cinema, no ônibus, entre outros lugares.

Portanto, para impor limites à criança, siga as mesmas regras que os pais, pois não adianta eles seguirem uma regra com a criança e você não, ou vice-versa. Aja de acordo com as regras que eles estipularam na casa.

Estudos revelam que a melhor forma de impor regras à criança é estabelecer regras claras, explicando a ela as consequências de suas ações. Também é preciso dialogar com a criança, para que ela se responsabilize por seus atos. Com esses procedimentos, há maior possibilidade de a criança comportar-se bem.

Se a criança insistir em desobedecer às suas normas, você, babá experiente, pode fazer sanções, mas os pais devem estar de acordo. Infelizmente, algumas regras não agradam, e para algumas crianças é mais sofrido se adequar a elas. Por isso, quanto mais cedo começar a aplicá-las, melhor.

Com um ano e meio você já pode começar a acostumar a criança a obedecer a algumas regras de comportamento e a acatar o que pedir a ela. Deve fazer isso de forma educada, com jeito, sendo mais firme quando ela agir fora do esperado. Tenha paciência, pois, com o tempo, elas aprendem a expressar seus sentimentos de forma clara.

Sempre que possível, elogie a criança, valorize seus esforços, a incentive, mostre que nota seus avanços. Os estímulos positivos, como os elogios e a demonstração da valorização dos esforços da criança, são muito importantes, pois contam muito positivamente para o seu desenvolvimento. Afinal, se você só cobra e impõe regras à criança, isso pode inibi-la, tornando-a indefesa e sem capacidade de iniciativa. Uma criança alegre é uma criança apoiada, aceita e incentivada.

Reconhecer os avanços da criança, seus bons comportamentos, suas conquistas e mostrar a ela o lado bom de uma situação na qual ela ache que não agiu corretamente são atitudes muito positivas nesse sentido. Saiba agradecer à criança pela ajuda dela e evite apontar problemas quando for o momento de elogiar. Isso serve como incentivo para que a criança tenha interesse em agir da forma correta, muito mais do que se você ficar exigindo e reclamando em demasia.

Por Andréa Oliveira.

Confira o Curso CPT Treinamento de Babá - Desenvolvimento e Comportamento da Criança.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Sabrina

10 de abr. de 2021

boa noite. Sou baba de duas crianças, uma 1 ano e 4 meses a outra 4 anos e 6 meses, ambas mimadas e muito desobedientes, a maior me bate, xinga, manda que eu faça coisas por ela porque estou lá pra cuidar delas, a mãe diz que da castigos, que tira o que ela gosta que é o tablete quando ela desobedece mas acho que não faz, eu preciso de ajuda pois a mãe vem brigando comigo para a educação das meninas, ja faz 10 meses que estou com elas e não estou conseguindo através de dialogo nem castigos. Desde já agradeço.

Resposta do Portal Cursos CPT

4 de jun. de 2021

Olá,Sabrina

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

O CPT trabalha com a produção e comercialização de cursos de capacitação a distância onde ao adquiri-los o aluno aprimora seus conhecimentos e enriquece sua grade curricular.

Em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com informações e esclarecimentos sobre os cursos que auxiliarão você.

Atenciosamente,
Erika

Elizabete Monroe

11 de nov. de 2015

muito bom

Resposta do Portal Cursos CPT

12 de nov. de 2015

Olá, Elizabete!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!