WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Em quarentena? Hora de aprender sobre os fungos de unhas

Metade das doenças das unhas é causada por fungos. São mais comuns nos pés, já que os calçados aquecem demais a região. Geralmente, acontecem embaixo da unha, mas também aparecem na parte de cima e na raiz

Em quarentena? Hora aprender sobre o fungo de unhas   Artigos Cursos CPT


Praticamente, metade das doenças das unhas é causada por fungos. São mais comuns nos pés, já que os calçados aquecem demais a região. Há uma forte tendência de elas acometerem as pessoas em épocas de aumento da temperatura, ou, ainda, com o uso cada vez maior de materiais sintéticos na confecção de roupas e calçados.

Geralmente, as infecções acontecem embaixo da unha, mas, também, aparecem na parte de cima e na raiz”, afirma Prof.ª Mitsue Mary Ávila Watanabe, do Curso CPT Capacitação de Manicure e Pedicure. As unhas perdem o brilho, tornam-se mais espessas e acabam se soltando. Elas também podem descamar e mudar de coloração.

Como ocorre a infecção nas unhas?


As fontes de infecção podem ser o solo, animais, outras pessoas ou alicates e tesouras contaminados. As unhas mais comumente afetadas são as dos pés, pois o ambiente úmido, escuro e aquecido, encontrado dentro dos sapatos e tênis, favorece o seu crescimento. Além disso, a queratina, substância que forma as unhas, é o "alimento" dos fungos.

A contaminação pode ser por 3 tipos de fungos: Dermatófitos (tricófitos), Fávus e Bastonicetos.
- Tricófitos
Causam a lesão seca, indolor, que começa na borda livre da unha.
- Favus
Geralmente esse fungo ataca as unhas das mãos, devido ao fato de se alojar no couro cabeludo. O portador coça a cabeça e contamina as unhas. Dá a unha um aspecto de favo de abelha.
- Bastonicetos
Os bastonicetos causam um tipo de lesão dolorosa das unhas. A prega que existe em torno da unha se separa deixando a unha separada do leito ungueal. Se pressionar essa região ocorre saída de pus. Essa afecção afeta principalmente a mulher adulta e aqueles que exercem trabalhos domésticos manuais sem usar luvas.

Como estas micoses se apresentam?


As micoses se manifestam de várias formas. Entre as mais frequentes, citam-se:
I- Descolamento da borda livre: a unha descola do seu leito, geralmente iniciando pelos cantos e fica oca. Descolando a unha, pode haver acúmulo de material sob a unha. É a forma mais frequente de micose.
II- Espessamento: as unhas aumentam de espessura, ficando endurecidas e grossas. Esta forma, pode se acompanhar de dor e levar ao aspecto de "unha em telha" ou "unha de gavião".
III- Destruição e deformidades: a unha fica frágil, quebradiça e se quebra nas porções anteriores, ficando deformada.
IV- Paroníquia ("unheiro"): é uma reação inflamatória crônica da matriz que compromete as dobras da pele em torno da unha. Também é chamada de "unheiro". Há inchaço e vermelhidão e dor mais intensa no início do problema.

Tratamento das onicomicoses em geral


O tratamento só pode ser feito pelo médico dermatologista ou pelo podólogo. O manicure ou pedicuro apenas melhora a aparência das unhas e toma o cuidado necessário para não espalhar a contaminação. Os medicamentos utilizados para o tratamento podem ser de uso local, sob a forma de cremes, soluções ou esmaltes. Casos mais avançados podem necessitar tratamento via oral, sob a forma de comprimidos. Os sinais de melhora demoram a aparecer, pois dependem do crescimento da unha, que é muito lento. As unhas dos pés podem levar cerca de 12 meses para se renovar totalmente, e o tratamento deve ser mantido durante todo esse tempo. A persistência é fundamental para o sucesso do tratamento. O tipo de tratamento, por sua vez, vai depender da extensão da micose e deve ser determinado por um médico dermatologista.

Atenção


- Evite usar medicamentos indicados por outras pessoas, pois podem mascarar características importantes para o diagnóstico correto da micose, dificultando o tratamento.
- Para cuidar das onicomicoses, a atuação do podólogo é essencial. Otimiza os resultados, principalmente se o cliente estiver realizando, além do tratamento sistêmico, o tratamento tópico com esmaltes terapêuticos, que podem ser aplicados pelo próprio podólogo, com limpeza e higienização do local. Consequentemente, a cura será mais rápida.

Para manter as unhas sempre saudáveis, é necessário ter o hábito dos cuidados periódicos, sempre deixando-as limpas e secas, para evitar o crescimento de microrganismos indesejados. Quando houver a percepção de alterações na coloração, textura e espessura das unhas, deve-se procurar um profissional de confiança, que fará o diagnóstico e indicar o tratamento mais apropriado.

Dicas para o dia a dia


- Secar bem os pés e o corpo após o banho;
- Não compartilhar toalhas, chinelos, meias, entre outros;
- Não andar descalço em ambientes como saunas, vestuários de clubes e academias;
- Evitar usar meias e roupas de tecido sintético (elas dificultam a absorção da transpiração, virando meio de cultura para fungos);
- Preferir tecidos de algodão que são mais leves e absorvem melhor a transpiração.
- Manter unhas limpas e secas, pois impede que cresçam microrganismos sob as unhas.
- Cortar as unhas acompanhando a forma do dedo, com uso de tesouras apropriadas para isto.
- Não roer as unhas.
- Usar lixa fina para deixar a unha sem espículas e lisas.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Está com Unheiro? Aprenda tratar esse tipo de fungo de unha

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Salão de Beleza.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!