Conheça um pouco mais sobre o ar-condicionado de sistema Split

Conheça um pouco mais sobre as especificações e instalação desse modelo

Ar-condicionado Split

O uso de ar-condicionado tem se popularizado muito, sobretudo em estabelecimentos comerciais e de negócios, para amenizar a temperatura nas épocas de calor intenso e oferecer conforto e bem-estar àqueles que frequentam o espaço, principalmente clientes. Desse modo, as empresas de tecnologia foram desenvolvendo equipamentos cada vez mais modernos, chegando hoje a um aparelho de refrigeração de ambiente bem mais simples e distribuído do que aqueles do tipo janela: o ar-condicionado Split

Conheça um pouco mais sobre as especificações e instalação desse modelo.

Características

O sistema Split é composto por duas partes distintas, a unidade condensadora e a evaporadora, conectadas por meio de tubulações de cobre, sendo a primeira colocada na área externa do cômodo e a segunda, na área interna. O sistema conta ainda com o dreno responsável por escoar a umidade gerada por meio da condensação do ar.

José Arnaldo Duarte, professor do Curso a Distância CPT Condicionadores de Ar de Janela e Split - Instalação e Manutenção, explica que “O sistema Split de condicionamento de ar, se por um lado é bastante parecido com os condicionadores tipo janela, por outro é bastante diferente. Ele é parecido porque o princípio de funcionamento do equipamento é praticamente o mesmo. Por outro lado, o condicionador de ar tipo Split apresenta diferenças determinantes em relação ao condicionador tipo Janela, como unidades de condensação e de evaporação separadas, possibilidade a instalação em edificações já prontas, sem a necessidade de fazer aberturas nas paredes ou janelas, além de as unidades evaporadoras possuírem design moderno que combinam com as decorações dos interiores onde serão instaladas”.

Outras vantagens desse sistema são:

- É bem mais silencioso, pois o ruído gerado pelo compressor é mínimo e não chega a incomodar o usuário.

- A distância de instalação entre a unidade condensadora e o ambiente a ser climatizado é maior, chegando até 30 metros.

- O painel de controle de temperatura e outras configurações pode ser acessado por controle remoto.

- A praticidade de instalação permite que esse sistema seja instalado em locais onde não há como instalar o equipamento do tipo janela.

 

Partes Integrantes

Unidade Condensadora: É a parte externa do sistema, a qual condensa o gás refrigerante em líquido. A distância entre esta unidade e a evaporadora varia de acordo com especificações do fabricante.

Unidade Evaporadora: É a unidade interna do sistema, cujo local de instalação varia conforme o tipo do sistema Split adquirido.

Rede Frigorígena: Através do qual o gás refrigerante é conduzido da unidade condensadora para a evaporadora. É formado por tubulações de cobre instalados dentro de paredes, pisos e lajes ou sobrepostos a estes.

Rede Elétrica: É a alimentação elétrica do sistema feita por eletrodutos que seguem o mesmo caminho da refe grigorígena. Requer uma tomada especificada pelo fabricante para conectar o equipamento.

Rede de Drenagem: Instalada na unidade evaporadora, dentro da parede, por meio de tubos de PVC para esgotar a água resultante da evaporação.

 

Tipos

Split-Cassete: Parecido com uma grelha de saída de ar, pode ser instalado em forros rebaixados de gesso.

Built-In: Pode ser instalado no interior de sancas de gesso

Console/Under Seiling: Pode ser instalado rente ao teto do local escolhido ou sobre o piso

No processo de instalação de qualquer um desses tipos, é preciso verificar a possibilidade de instalação de dutos quando houver a necessidade de refrigerar uniformemente ambientes de maiores dimensões.

 

Normas Gerais para Instalação

  • Altura de Instalação: Entre 1,50 m e 1,80 m acima do solo. Se essas dimensões não forem possíveis, fixar o aparelho a pelo menos 0,50 m de qualquer parede.
  • Deve ser instalado na parte mais central possível do ambiente a ser
  • Em caso de duas ou mais unidades evaporadoras, aplicar uma distância mínima de 1,5 m entre elas.
  • O furo na parece para o caixilho de sustentação do equipamento deve ser feito de modo que a espessura mínima da madeira integrante seja de 2,5 cm.
  • Manter desobstruídas as aberturas laterais e superiores do equipamento e voltá-las para a parte externa a fim de a circulação de ar no compressor e condensador aconteça normalmente.
  • Espessura máxima da alvenaria: 17 cm.
  • Posicionar a tomada ao lado do equipamento
  • Jamais corte a fiação elétrica proveniente de fábrica.
  • Na hora da instalação, é possível posicionar o rabicho da forma como desejar.
  • Analise aonde colocar a tomada a ser usada para ligar o ar-condicionado, lembrando que se deve usar uma TUE (Tomada de Uso Específico).
  • Os equipamentos devem conter uma inclinação de 1 cm na base para que ocorra de forma mais simples o escoamento da água oriunda da evaporação do gás durante a convecção no ambiente.
  • É absolutamente normal o equipamento gotejar

 

Conheça sobre o assunto adquirindo o Curso a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, Condicionadores de Ar de Janela e Split - Instalação e Manutenção

 

Fonte: Portal do Eletricista - portaleletricista.com.br

Por Bruna Falcone Zauza

 

Cursos Relacionados

Curso Condicionadores de Ar de Curso Condicionadores de Ar de "Janela" e "Split" - Instalação e Manutenção

Com Prof. Dr. José Arnaldo Duarte

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Refrigeração

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade