Por que os peixes devem ser consumidos assim que pescados?

Quando o alimento em questão é o pescado, devido a sua natureza extremamente perecível, são exigidos cuidados extras com relação a sua manipulação

Por que os peixes devem ser consumidos assim que pescados?   Artigos Cursos CPT

 

Quando o alimento em questão é o pescado, devido a sua natureza extremamente perecível, são exigidos cuidados extras com relação a sua manipulação, tanto durante o processo e captura, quanto à estocagem nos barcos pesqueiros. Logo após a retirada do pescado da água, ocorrem diversos fenômenos naturais que levam a sua deterioração, essas alterações ocorrem independentemente da forma como o pescado é manuseado, mas a velocidade com que elas se instalam, podem ser reduzidas se forem adotadas práticas adequadas de manipulação do produto.

“Algumas práticas de manuseio recomendadas para aumentar a qualidade do pescado são: evisceração, lavagem, sanitização, resfriamento e acondicionamento sob frio”, afirma Dr.ª Elisabete Maria Macedo Viegas, professora do Curso Profissionalizante a Distância CPT Processador de Carne de Peixes, em Livro+DVD e Curso Online. A eficácia das medidas sanitárias depende da conscientização e do treinamento do pessoal envolvido nas operações em todo setor pesqueiro, quanto ao cumprimento das normas estabelecidas para melhorar a qualidade e aumentar a confiabilidade sanitária dos produtos oriundos da pesca.

Os métodos de captura ao qual o pescado é submetido é outro fator que influencia no quesito qualidade do produto. Se o pescado se debate tentando se libertar das redes de pesca, ou morrem em agonia nos barcos pesqueiros, vão se esgotando suas reservas de energia – glicogênio, ocasionando uma deterioração mais rápida e intensa, portanto, quanto mais glicogênio armazenado, maior o tempo de vida útil do produto. Dentre os métodos de abate utilizados para o pescado, o de hipotermia é o mais simples e comumente utilizado.

Existem muitos fatores que se somam àqueles que acelerarão o desencadeamento de reações bioquímicas e bacterianas no pescado, resultando na aceleração dos processos deteriorativos. As práticas sanitárias permeiam todos os fatores relativos à contaminação de alimentos marinhos, incluindo o meio em que esses organismos são capturados, a manipulação da matéria-prima fresca e o estado das instalações onde o pescado é processado-armazenado.

Aprimore seu conhecimento sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) abaixo:


- Vou processar carne de peixes: com o que devo me preocupar?
- Por que os peixes se deterioram rapidamente?
- Óleos de peixes fazem bem à saúde?

Conheça os Cursos Profissionalizantes a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Profissionalizante de Processador de Carne de Peixes Curso Profissionalizante de Processador de Carne de Peixes

Com Prof.ª Ana Dell Isola, Prof.ª Dr.ª Elisabete Viegas, Prof.ª Dr.ª Luciene Corrêa e Prof.ª Dr.ª Maria Luiza Rodrigues

R$ 876,00 à vista ou em até 12x de R$ 73,00 sem juros no cartão

Saiba mais
Curso Profissionalizante de Processador de Carne Suína Curso Profissionalizante de Processador de Carne Suína

Com Prof. Newton de Alencar

R$ 876,00 à vista ou em até 12x de R$ 73,00 sem juros no cartão

Saiba mais
Curso Profissionalizante de Processador de Carne de Frango Curso Profissionalizante de Processador de Carne de Frango

Com Prof.ª Ana Dell Isola e Prof. Dr. Luiz Albino

R$ 946,00 à vista ou em até 12x de R$ 78,83 sem juros no cartão

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Cursos Profissionalizantes

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade