Secagem e tratamento de madeira na fazenda

Etapa importante no processamento da madeira diz respeito ao seu tratamento que tem como objetivo o aumento da vida útil das peças

Uma vez produzidas, as peças serradas deverão passar por um processo de secagem.

Independentemente do tamanho da propriedade rural, a  implantação e manutenção de um povoamento florestal é garantia de suprimento sustentado de madeira para o próprio consumo e adjacências, nas mais diferentes formas de utilizações, destacando-se a produção de moirões de cerca, postes, madeira para construção de currais, casas, pontes entre outros usos.

Uma pequena unidade de desdobro, caracterizada por simples equipamentos, como serra circular e de destopo, possibilita a transformação de toras em peças de madeira serrada na forma de tábuas, pranchões, sarrafos, entre outros.

Existem basicamente duas formas de secar a madeira, que pode ser através da secagem ao ar livre, que consiste no empilhamento desta em camadas separadas por tabiques ou sarrafos (separadores), ou através de estufas adequadamente projetadas para tal finalidade.

As pilhas de madeira a serem secas ao ar devem ser cobertas para evitar a exposição direta da madeira aos agentes do ambiente, sobretudo à precipitação e excessiva radiação solar. O tempo de secagem ao ar é variável, em função do tipo e das dimensões das peças a serem secas, o que, no caso de tábuas de três centímetros de espessura, pode variar de três a seis meses, dependendo ainda da espécie em questão e das condições atmosféricas do local. A secagem em estufa, consiste no empilhamento da madeira, de forma idêntica àquele feito na secagem ao ar, em câmaras fechadas, de alvenaria, com parede dupla e com ar quente forçado a circular entre as camadas da pilha de madeira, promovendo a retirada da umidade.

A aquisição desse sistema pelo produtor rural somente justifica, caso este tenha como principal negócio de sua propriedade a produção e comercialização de madeira.

Outra etapa importante no processamento da madeira diz respeito ao seu tratamento que tem como objetivo o aumento da vida útil das peças quando colocadas em serviço. Essa operação poderá ser feita tanto em escala industrial, como em processos caseiros que caracterizam pela simplicidade, mas eficazes no prolongamento da vida útil das peças. Para a pequena produção na propriedade rural é recomendável o uso dos processos chamados caseiros, em que se destacam basicamente dois mais importantes. O primeiro é o chamado processo do banho quente-frio.

Esse processo útil no tratamento de moirões e pequenos postes na forma roliça, consiste na introdução dessas peças descascadas e secas em um banho quente, em um preservativo oleoso, mais comumente o creosoto ou emulsão à sua base. O tempo no banho deverá ser de pelo menos duas horas, a uma temperatura que não ultrapasse os 90°C.

Encerrado o banho quente, a madeira deverá ser transferida para um recipiente (tambor) contendo o mesmo preservativo à temperatura ambiente. O tempo no banho frio deverá ser de no mínimo quatro horas, para se obter uma boa absorção do produto. Moirões de eucaliptos tratados por esse método poderão ter durabilidade superior a 10 anos, contra 2 a 3 anos para madeira não-tratada. O segundo método caseiro é denominado "substituição de seiva", e consiste em colocar a madeira também descascada e na forma roliça, porém verde, ou no máximo 24 horas após o corte, em contato com uma solução de sais hidrossolúveis por vários dias, para que o preservativo possa ser absorvido, garantindo, assim, um aumento considerável na vida útil das peças de madeira.

O curso , intitulado "Secagem e Tratamento de Madeira na Fazenda", produzido pelo CPT - Centro de Produções Ténicas, sob a coordenação técnica do professor Dr. José Tarcísio da Silva Oliveira, apresenta, em detalhes, essas técnicas.

 

José Tarcísio da Silva Oliveira
Doutor em Tecnologia da Madeira
Pesquisador do Departamento de Engenharia Florestal
da Universidade Federal de Viçosa - MG

Cursos Relacionados

Curso Reposição Florestal Curso Reposição Florestal

Com Prof. Pesquisadores da EMATER

R$ 446,00 à vista ou em até 12x de R$ 37,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Secagem e Tratamento de Madeira na Fazenda Curso Secagem e Tratamento de Madeira na Fazenda

Com Prof. Dr. José Tarcísio da Silva Oliveira

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Uso da Madeira de Eucalipto na Fazenda Curso Uso da Madeira de Eucalipto na Fazenda

Com Prof. Dr. José Tarcísio da Silva Oliveira

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Construção de Cercas na Fazenda Curso Construção de Cercas na Fazenda

Com Prof. Rodrigo Carrara

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo de Eucalipto Curso Cultivo de Eucalipto

Com Prof. Dr. Celso Trindade, Prof. Dr. Haroldo Nogueira de Paiva e Prof. Dr. Laércio Jacovine

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

idalecio de brito

6 de jul de 2017

bom dia, tenho 35 pés de Pinus de grande porte em minha chacara e gostaria de fazer um galpão para oficina, é recomendável? através do curso consigo fazer o tratamento na chácara? obrigado - att.

Resposta do Portal Cursos CPT

6 de jul de 2017

Olá, Idalecio.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre o curso.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

cristiane de oliveira

2 de mai de 2017

Boa noite, tenho tronco de ituana, e queria fazer banquinhos. Como trato esta madeira? Se eu só lixar e passar verniz resolve?

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de mai de 2017

Olá Cristiane,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. O CPT possui o Curso a Distância Secagem e Tratamento de Madeira na Fazenda que poderá ser de grande ajuda.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

william terna alves

17 de jun de 2016

Acho muito eficaz o tratamento de madeira, além de ficar mais forte a durabilidade é outra, muito obrigado pelas dicas desse site.

Resposta do Portal Cursos CPT

20 de jun de 2016

Olá William,

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Regiane Rodrigues Simionato

1 de dez de 2015

Gostaria de construir um pequeno chalé em minha propriedade de 40 metros quadrados eu poderia utilizar o metodo caseiro?

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de dez de 2015

Olá, Regiane!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Seria interessante consultar um especialista para mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Rodrigo

2 de jun de 2015

Boa Tarde, como faço para tratar eucaliptos que foram retirados há 02 meses e possuem de 06 a 07 metros de comprimento e diâmetro de 25 cm de ponta? Obrigado!!!!

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de jun de 2015

Olá, Rodrigo!

Para mais informações nossas consultoras entrarão em contato.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Charles Siqueira

23 de fev de 2014

Bom dia, Estou falando do Vilhena Rondônia. Quero saber como secar madeira de eucalipto para tratar sem rachar. Pois tenho auto clave, aqui é época de muita chuva. Certo de sua atenção desde já agradeço. Vilhena - Ro 22 Fevereiro de 2014

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de mar de 2014

Olá, Charles!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

O abastecimento de toras de eucalipto, advindas de plantações do Hemisfério Sul, está aumentando, e o comportamento de secagem dessa espécie está consequentemente se tornando cada vez mais importante.

Outras características típicas dessa espécie são: colapso, fendas superficiais, alta contração, alto gradiente de umidade e tensões de secagem.

A maior parte dos eucaliptos possui densidade básica entre 500 - 800 Kg/m³ e são relativamente impermeáveis e difíceis de secar. Em teores de umidade acima do Ponto de Saturação das Fibras (PSF), essa espécie mostra o aumento na tendência para apresentar fendas e colapso com o aumento da temperatura.

A secagem de eucaliptos, em sua fase inicial, deve ser realizada, utilizando-se baixa temperatura, alta umidade relativa e baixa velocidade do ar, enquanto, na segunda fase da secagem, temperaturas mais elevadas são aceitas sem maiores problemas.

É prática tradicional, em países como Austrália e África do Sul, a secagem ao ar livre da madeira de eucalipto de verde até PSF, sendo posteriormente seca em estufa convencional até o teor de umidade final. Porém, tendo em vista o aumento do custo da madeira, o uso de pré-secadores tem substituído técnicas que envolvam longos períodos de secagem e a falta de controle de qualidade.

Os pré-secadores são muitas vezes utilizados para secar madeira de verde até, aproximadamente, 25% de umidade, antes de proceder á secagem em estufa até um teor de umidade final mais baixo. A temperatura e umidade relativa do ar são controladas, sendo que a temperatura varia de acordo com 25ºC a 40ºC, e a aumidade relativa é mantida entre 60 a 90%.

No caso da secagem da madeira de eucalipto, desde o seu estado verde até o teor de umidade final em estufa convencional, vários autores recomendam iniciar a secagem com temperaturas inferiores a 45ºC e, posteriormente, mantê-la até que toda a água capilar seja removida da madeira.

Na fase final da secagem, ou seja, abaixo do PSF, em torno de 25% de umidade, até a madeira atingir o teor de umidade final de 10-12% de umidade, a secagem dessa espécie não é mais problemática e a temperatura pode ser aumentada consideravelmente nessa fase.

A secagem final da madeira de eucalipto, com espessura de 25-50 mm, pode ser completada com temperaturas de até 110ºC sem maiores problemas para qualidade da madeira.

A utilização de um sistema combinado de pré-secagem ao ar livre e secagem convencional, para madeira de eucalipto de 25 mm de espessura destinado a caixotaria, leva cerca de dois meses para atingir o PSF e, posteriormente, varia de cinco a dez dias em estufa para alcançar o teor de umidade final desejado.

A madeira de Eucalyptus viminalis apresenta um tempo de secagem de, aproximandamente, 21 dias para secar de 50% até 9% de umidade final, o que corresponde a uma taxa de secagem de, aproximandamente, 2% / dia.

Da mesma forma, a madeira de Eucaliptus grandis, com 30 mm de espessura, demora para secar de 97,6% até 7,6% de umnidade final, gastando aproximandamente 26 dias, o que corresponde a uma velocidade de secagem de aproximandamente 3,5% / dia.

É possível secar madeira de Eucalyptus globulus com 30 mm de espessura por meio de um sistema misto de pré-secagem e secagem à alta temperatura. Nesse caso, o tempo de secagem é de aproximadamente 35 dias para secar desde 70% até 21% a uma temperatura inicial de 22,5ºC e final de 35ºC. Já para secar de 21% até 10%, com uma temperatura de 110ºC, o tempo de secagem seria de 20 h.

Para mais informações o CPT possui o Curso Secagem e Tratamento de Madeira na Fazenda que poderá lhe auxiliar.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

 

joao batista de oliveira

3 de fev de 2013

Olá! Estou precisando muito de obter conhecimento sobre tratamento de madeiras. Vasculhando aqui na net, pude saber que existem cursos de várias maneiras sobre tal, por isso quero que vocês me informe uma maneira que eu possa vir a saber fazer esse procedimento em minha pequena propriedade com custo baixo, pois não disponho de recursos pra investimento alto. Por favor me instrua. Estarei esperando por contatos de vocês. Sou de Piranhas - GO.

Resposta do Portal Cursos CPT

4 de fev de 2013

Olá, João!

Agradecemos sua visita e seu comentário em nosso site.

Nossas consultoras entrarão em contato com você.

Atenciosamente,

Natália Parzanini Brum

italo

19 de nov de 2012

Olá bom dia,amigos tenho uma tora de goiabeira para colocar em um viveiro e gostaria de saber se a mesma precisa levar algum tratamento ou é só deixa-la secar ao sol?o viveiro é coberto,não pega água,fico no aguardo e desde ja agradeço pela atenção.

Resposta do Portal Cursos CPT

21 de nov de 2012

Olá Italo,

Agradecemos muito pela sua visita e comentário em nosso site.

Bom, a construção de viveiros não é muito complicada, no entando o tratamento para esse aparato (tora de goiabeira), mesmo não sendo obrigatório é o melhor a se fazer, pois tratando-o você desifeta-o, livrando-o de pequenas pragas, cupins, etc.

Temos alguns artigos já desenvolvidos que podem lhe auxiliar em sua construção.

Basta clicar nos links e será automaticamente redirecionado a eles.

Destaque-se no setor de avicultura

Avicultura: montagem de um galinheiro e benefícios dos ovos de galinha

Em caso de maiores dúvidas, entre novamente em contato conosco.

Sucesso em seu investimento.

Atenciosamente,

Natália Mayrink De Lazzari

 

Geraldo Queiroz

28 de mai de 2012

Tenho interesse no curso de tratamento caseiro do eucalipto.

Resposta do Portal Cursos CPT

29 de mai de 2012

Olá, Geraldo!

O Curso de Secagem e Tratamento de Madeira na Fazenda, aborda borda técnicas para que o produtor alcance uma melhor qualidade no processo de secagem da madeira e se destaque em seu mercado de atuação.

Para mais informações nossas consultoras entrarão em contato com você.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Adão Custódio Pereira

23 de mai de 2012

Eu gostaria de receber este curso, porém acho muito caro. adaocustodio@hotmail.com 38 9169 9179 tim. 38 9903 8000 vivo.

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2012

Olá, Adão!

O Curso Secagem e Tratamento de Madeira, aborda os seguintes assuntos: benefícios da secagem de madeira; a estrutura da madeira; características da madeira; secagem e mais.

Para mais informações sobre o curso nossas consultoras entrarão em contato com você.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Produtos Florestais

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade