WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Saiba mais sobre plantio de babosa

A propagação da babosa ocorre por rebentos, ou seja, brotações na base, plantadas em local definitivo

Saiba mais sobre plantio de babosa

“A propagação da babosa (Aloe vera) ocorre por rebentos, ou seja, brotações na base, plantadas em local definitivo. A colheita acontece, antes da floração, e a extração caseira da aloína é simples: basta deixar a folha da babosa pendurada por aproximadamente 2 dias”, explica André Furtado Carvalho, especialista em plantas medicinais e professor do Curso CPT Produção Comercial de Plantas Medicinais.

Embora existam centenas de espécies de babosa, a Aloe vera, aloés ou caraguatá se destaca devido ao alto valor comercial. Com princípios fitoterápicos, ela é considerada uma planta medicinal, indicada para baixar a febre, tratar a prisão de ventre, aliviar as queimaduras solares, combater a acne, prevenir o câncer de pele, aumentar a libido, reduzir a queda de cabelo, aliviar as dores musculares, entre outros benefícios.

A planta produz 30 folhas carnosas, cujas margens apresentam espinhos. Quando maduras, elas alcançam 50 centímetros de comprimento, oito centímetros de largura e 3,5 centímetros de espessura. A primeira produção chega a 100 quilos de Aloe vera por hectare. Entretanto, a produtividade da babosa quadruplica para 400 quilos a partir do sexto ano. De fato, a babosa é uma planta com alto potencial produtivo, o que garante bom lucro ao agricultor.

Atualmente, São Paulo, Santa Catarina e os estados do Nordeste se destacam como os principais produtores de babosa. Entretanto, como o volume de produção não supre a demanda, grande parte da Aloe vera encontrada nos mercados é importada.

Condições de cultivo


Para que a babosa cresça, com vigor e plena de folhas carnudas, ela deve ser plantada em solos com boa drenagem. Quanto ao clima, a planta é resistente a variações de temperatura, mas prefere regiões quentes e secas. Não é mera coincidência que a planta se desenvolve muito bem no Nordeste. Nessa região, as condições ambientais são propícias especialmente para produção de látex para extração de aloína.

Plantio e espaçamento


O plantio de babosa é realizado com a inserção das brotações da base da planta no solo revolvido. Os rebentos da planta-mãe são os mais indicados para a propagação da babosa. Em relação ao espaçamento, ele deve ser de 1 x 1 metro em áreas menores. Uma prática muito comum, para impedir perda de nutrientes e evitar o aparecimento de ervas daninhas, é usar uma cobertura de palhada de arroz em torno da planta.

Colheita e produção


A primeira colheita da babosa é realizada quando emergem os rebrotos da planta. Posteriormente, a colheita acontece, anualmente, antes do período chuvoso. O corte das folhas é realizado perifericamente na base da planta. Em um hectare, podem ser extraídos 250 litros de aloína. No processo, são utilizados desfibrador, separador de látex, prensa, evaporador e mesa de lavagem, todos em aço inox.

Conheça os Cursos CPT da Área Plantas Medicinais.

Leia o artigo "Medicina natural - Babosa (Aloe spp.)."

Fonte: revistagloborural.globo.com

Por Andréa Oliveira.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Plantas Medicinais

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!