WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

O que são os princípios ativos nas plantas medicinais? Parte 1

Princípios ativos são componentes químicos que conferem às plantas, atividade terapêutica


O que são Plantas Medicinais?

Segundo explica a Prof.ª Dr.ª Maria Bergo, do Curso Uso de Plantas Medicinais em Dermatologia, planta medicinal é aquela que contém um ou mais princípios ativos. Esses componentes químicos se distribuem de forma desigual pelos diferentes órgãos da planta. Em alguns casos, podem estar presentes em todas as partes da planta, mas é comum encontrá-los em maior concentração em órgãos específicos, como folhas, hastes, flores, frutos, sementes e raízes. Por exemplo, na camomila, os princípios ativos estão concentrados nas flores.

As substâncias ativas das plantas medicinais são de dois tipos:

Produtos do Metabolismo Primário:

• Compostos essencialmente por sacarídeos.

• Indispensáveis para a vida da planta.

• Formados em todas as plantas verdes por meio da fotossíntese.


Produtos do Metabolismo Secundário:

• Não são essenciais para o crescimento e desenvolvimento da planta.

• Desempenham um papel importante na sobrevivência e continuidade da espécie dentro do ecossistema.

• Chamados de princípios ativos, são responsáveis pelo efeito terapêutico das plantas medicinais.


Embora as funções fisiológicas dos princípios ativos nas plantas ainda não estejam completamente esclarecidas, nota-se que sua produção está relacionada à defesa contra agentes externos, como pragas, doenças, seca, radiação solar e resíduos do metabolismo vegetal.


A genética da planta determina o metabolismo secundário, o qual é influenciado pela interação da planta com o ambiente.


A qualidade das plantas medicinais é grandemente influenciada pelas técnicas de cultivo utilizadas e pelas características genéticas da população, devido à sua dependência do ambiente para a produção de metabólitos secundários, que são os princípios ativos.


As substâncias ativas não se encontram na planta em estado puro, mas sob a forma de complexos, de forma que seus diferentes componentes se completam e se reforçam na sua ação terapêutica.


O princípio ativo não se limita apenas a um composto químico; ele também possui um equilíbrio fisiológico, o que o torna mais facilmente assimilado pelo organismo em comparação com quando é isolado para a produção de medicamentos farmacêuticos.


Os princípios ativos mais importantes são caracterizados na parte 2.


O que são os princípios ativos nas plantas medicinais? Parte 1

Para ler a parte 2 clique aqui!

A capacitação é fundamental para dominar todas as técnicas e segredos da agricultura natural. O Curso Uso de Plantas Medicinais em Dermatologia oferece uma excelente oportunidade de aprendizado nessa área. Não deixe passar essa chance, invista em conhecimento e conquiste reconhecimento no mercado, desenvolvendo um negócio promissor e rentável!

Conheça os  Cursos na Área de Plantas Medicinais.

Por: Thiago de Faria

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!

Precisa de ajuda?