WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Infusão de plantas medicinais. Como fazer?

O aproveitamento adequado dos princípios ativos de plantas medicinais exige um preparo correto, a depender de cada tipo. Uma forma de preparação muito utilizada é a infusão

Infusão de plantas medicinais. Como fazer?   Artigos CPT

 

O aproveitamento adequado dos princípios ativos de plantas medicinais exige um preparo correto, a depender de cada tipo, ou seja, de cada espécie. Uma forma de preparação muito utilizada é a infusão. Mas, afinal, como é feita e para que serve a infusão? “A infusão será utilizada todas as vezes que houver plantas com partes mais tenras: botão, folha e flor”, afirma Alessandra Azis, professora do Curso CPT Farmácia Viva - Princípios Ativos, Identificação e Utilização de Plantas Medicinais. Consiste em derramar água quente sobre a planta e deixá-la de molho por 10 ou 15 minutos.

Por que botões, folhas e flores não devem ser fervidos?


Porque muitas plantas contêm óleos essenciais, são aromáticas ou possuem outros princípios ativos que vão evaporar junto com o vapor se cozidas.

Como preparar a infusão de plantas medicinais?


Para preparo da infusão, será utilizada uma xícara de 250 ml e uma colher de sopa da planta fresca. Para plantas desidratadas, usa-se uma colher de sobremesa para a mesma proporção de água. Após acrescentar a água quente, é preciso tampar o copo para evitar que o vapor evapore, perdendo princípios ativos.

Mas atenção! As gotículas formadas na tampa que cobre o copo com a infusão são feitas pelo vapor da água quente. Essas gotículas estão repletas de princípios ativos e, se forem descartadas, estarão sendo jogados fora os óleos essenciais da planta, no caso em questão, alfavaca, que agirá como remédio no organismo humano. Essa água deve ser devolvida à xícara. Após 15 minutos de infusão, o chá pode ser coado e consumido. Um adulto pode consumir de uma a três xícaras de chá ao dia ou de acordo com a necessidade.

É importante salientar que não é recomendado adoçar nenhum tipo de chá, nem mesmo com açúcar natural. Em algumas situações, pode ser acrescentado um pouquinho de mel para potencializar as ações terapêuticas de, por exemplo, chás expectorantes. Outro detalhe: o chá tem validade de um dia apenas, então, não é recomendado guardá-lo na geladeira para consumo no dia seguinte.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Princípios ativos de plantas medicinais. O que são?
- Vai cultivar plantas medicinais em casa? Deposite carinho nessa ação!

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Aprimore seus conhecimentos. Conheça os Cursos CPT da área Plantas Medicinais.

 

Por Silvana Teixeira.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Plantas Medicinais

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!