Pintura em acrílica: materiais

Os materiais a serem utilizados são ferramentas de pintura específicas, encontradas em lojas especializadas de pintura

Na técnica direta, o artista pinta na própria tela, conforme vão fluindo os seus pensamentos

Na técnica direta, o artista pinta na própria tela, conforme vão fluindo os seus pensamentos

A arte, em geral, há muito, faz parte da vida humana. A pintura, bem como a escultura, entre outras atividades existentes, é uma das práticas artísticas mais antigas. Assim como a natureza e como, portanto, o próprio homem, a arte sofre sucessivas transformações. Estas, fruto das transformações da própria mente humana, evidenciam-se com o aparecimento de novos estilos e técnicas.

 

“Geralmente, uma Escola de Arte nasce de mudanças, sobretudo, sócio- culturais. Uma Escola que nasce, não raro, implica na decadência de outra, posto que uma é a negação, em certo aspecto, da outra. O próprio universo artístico é mutável, sendo, portanto, o grande autor das transformações de estilos e técnicas”, afirma o professor Sérgio Ramos, do curso Pintura em Acrílica, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

 

Este universo é a reunião de todas as sensações inerentes ao potencial humano de perceber o mundo que o cerca. É justamente a partir deste universo, que é essencialmente ideal, mas que por meio do artista e, é claro, de sua obra toma uma forma de representação física peculiar, que surgem as mais belas obras primas. O artista, nada mais é, do que uma espécie de filtro vivo dessas sensações, ou seja, seu eu interior – fruto de sua carga genética, seu modelo de vida, sua cultura, suas vivências, sua compostura e sua índole.

 

A grande magia da arte pode ser vista no fato de que, assim que é dada como concluída pelo artista, a obra ganha vida própria, garantindo espaço incondicional na história artístico-cultural de um dado complexo social, de sorte que todo e qualquer indivíduo componente daquele meio possa se identificar de tal forma com um objeto de arte, a ponto de ter nele o núcleo de sua memória por seus descendentes.

 

A técnica direta

“Essa técnica trata-se, portanto, de uma mistura na própria tela; de um trabalho que flui de acordo com o pensamento do pintor; são combinações e matizes experimentais. A arte, para tanto, deixa-se impregnar, na forma e conteúdo, por soluções de modelos da cultura de base então à disposição e apropriados pelo olho – coração e mente – ou armazenados no museu imaginário da memória”, destaca o fragmento do texto de Marilene Burtet Pieta sobre a arte de Trindade Leal.

 

Os materiais

Os materiais a serem utilizados são ferramentas de pintura específicas, passíveis de serem encontrados em lojas, especializadas, de pintura em geral.

 

Descrição das Telas


É na tela que se consolidará e se conservará toda a ideia do artista. É, também, de acordo com a qualidade da tela, que o trabalho se evidencia aos olhos dos observadores. Por isso, é fundamental que o artista escolha uma tela de boa qualidade, começando a valorizar o seu próprio trabalho.

- Formato do sarrafo: Telas especiais com sarrafo de 5 x 3,5 cm ( com 5 cm de espessura lateral).

- Quantidades e tamanhos: 2 telas de 50x50 cm; 2 telas de 100x50 cm; 3 telas de 60x80 cm; 1 tela de 120x80 cm.

Descrição das Tintas

As tintas devem ser – assim como as telas – muito bem escolhidas. Existem várias marcas de qualidade no mercado hoje.

 

- Tipos: Tubos de tinta acrílica 20 ml de marcas nacionais, como a Acrilex, Gato Preto ou Corfix.

 

- Cor, número e quantidades: sombra queimada (356) – 04 tubos ; azul cerúleo (347) – 06 tubos; branco titânio (319) – 10 tubos ; terra de siena queimada (357) – 06 tubos; terra verde (354) – 04 tubos; verde inglês (364) – 04 tubos; amarelo ocre (360) – 06 tubos; azul turquesa (363) – 06 tubos; amarelo Nápoles (342) – 06 tubos.

 

Descrição dos pincéis

 

Os pincéis devem seguir as descrições abaixo, sendo demandada uma unidade por tipo número/série.

 

- Número/série: 14/86; 08/181; 10/181; 20/181; 16/321; 18/321.

 

- Espátula de plástico: 01 unidade.

 

Acessórios

 

Como acessórios, são indispensáveis o uso de: carvão integral (grafite), cavalete, pano, água e avental.

 

Confira mais informações, acessando os cursos da área Pinturas Especiais.

 

Por Andréa Oliveira

 

 

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Cursos Relacionados

Curso de Pintura em Acrílica Curso de Pintura em Acrílica

Com Prof. Sérgio Ramos

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Pinturas Decorativas em Madeira Curso Pinturas Decorativas em Madeira

Com Prof.ª Margaret Pires

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Marmorização e Granitização Curso Marmorização e Granitização

Com Prof.ª Margaret Pires

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Pintura Decorativa em Paredes Curso Pintura Decorativa em Paredes

Com Prof.ª Margaret Pires

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Outros artigos relacionados à área Pinturas Especiais

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade