WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Quando escovar os dentes de cães e gatos?

A escovação dentária deve ser realizada uma vez por semana ou todas as vezes que o cão for ao pet shop para tomar banho

Escovar dentes de cães e gatos
 

A escovação dentária do cão deve ser realizada uma vez por semana ou todas as vezes que ele for ao pet shop para tomar banho. Poucos são os proprietários que entendem a importância de manter os dentes dos cães limpos e em boas condições. Tanto o dono quanto o banhista devem examinar a boca do cão, regularmente, à procura de tártaro nos dentes e irritação da gengiva. O mau hálito indica, por exemplo, que o animal está com problemas periodontais que, se forem em frente, podem até mesmo comprometer órgãos internos, como o coração.

O que é necessário para proceder à escovação dentária?

Quando em pet shop, o proprietário deverá levar a escova e a pasta de dente do animal, ou adquiri-la no próprio estabelecimento. É importante ressaltar que o processo de escovação dentária não se aplica em gatos, pois são animais mais arredios e não gostam de ser manipulados como os cães.

É fácil realizar a escovação dentária em cães?


Muito pelo contrário. Não espere conseguir realizar a escovação dentária no primeiro contato com o cão. O animal que nunca teve seus dentes escovados se assusta e dificulta o trabalho da limpeza. Esse é um hábito que deve ser introduzido na rotina do cão, desde filhote, para que ele seja condicionado a aceitar o  procedimento docilmente. Introduzir esse hábito na vida do animal, já em fase adulta, é um pouco mais difícil, mas é possível. Para isso, será fundamental a colaboração do proprietário, que terá de fazer a escovação em casa, para poder acostumar com o procedimento. Uma dica para introduzir o hábito da escovação dentária em um animal é, primeiro, tentar fazer com que o animal permita a manipulação de sua boca. Comece com o dedo, massageando o dente e a gengiva do cão. Procure fazer o mesmo movimento da escovação. Esse processo não precisa ser todo realizado em um só dia.

Como iniciar o processo de escovação?

Você pode fazer essa massagem no dente e na gengiva do animal sempre que ele for ao pet shop e, assim, aos poucos, você vai conquistando a confiança do animal que passa a permitir mais a manipulação. A ideia é fazer com que ele se acostume com o processo. Recomenda-se que a primeira escovação seja com a dedeira (encaixa no dedo), que tem cerdas bem macias. Para os animais mais acostumados ao processo, você já pode usar escovas de dente específicas para cães. As escovas de dente infantis também podem ser usadas, por conterem as cerdas bem macias.

Usa-se pasta de dente na escovação dentária do cão?


A pasta de dente para a escovação dentária do seu cachorro deve ser própria para animais, porque as nossas contém uma série de substâncias que não podem ser ingeridas, como o flúor. Esse produto poderá ser engolido, e até possui sabores diversos, como frango, carne, hortelã, morango, entre outras. Para o animal que não está acostumado com a escovação, é interessante que você passe a pasta no dedo e deixe-o cheirar, lamber a pasta, para ele ir se acostumando com o sabor e com o cheiro. Para iniciar a escovação, umedeça a escova e, depois, coloque o mínimo de pasta de dente, suficiente apenas para amolecer os detritos grudados no dente do animal.

Como escovar os dentes do cachorro?

Faça movimentos circulares com a escova. Para melhorar o hálito do cão, você ainda pode passar um spray higienizador bucal. Mas esse spray não substitui a escovação dentária, apenas a complementa. Durante o processo de escovação, observe a boca do animal e, se forem visualizadas áreas avermelhadas nas gengivas, sangramentos e cálculos dentários, informe ao proprietário, para que ele leve o cão ao veterinário. Esses são sintomas típicos das doenças periodontais, provocadas pelo acúmulo de tártaro e placa bacteriana nos dentes.


Por Silvana Teixeira.
Conheça o Curso CPT Banho e Tosa em Cães e Gatos - Infraestrutura, Banhos e Tosa Higiênica.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Pet - saiba tudo sobre raças e cuidados

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!