WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cães: melhores raças para crianças

Escolher a melhor raça de cachorro para crianças é tarefe nada fácil, principalmente porque a raça não é uma lei universal, ou seja, os cães não têm o mesmo comportamento

Cães - melhores raças para crianças

Escolher a melhor raça de cachorro para crianças é tarefe nada fácil, principalmente porque a raça não é uma lei universal, ou seja, os cães não têm o mesmo comportamento só porque pertencem a uma mesma raça. Portanto, antes de conhecer as raças mais indicadas para quem tem crianças em casa, é necessário responder, com cuidado e sinceridade, as seguintes perguntas:


- Que tipo de vida você leva?
- Você mora em casa ou apartamento?
- Você mora no campo ou na cidade?
- Sua família é ativa ou mais caseira?
- Por que você quer um cachorro - para fazer companhia, para ser seu parceiro em atividades, para seu um cão de terapia ou para brincar?
- Você tem alergia a cães? E se seus futuros filhos e netos tiverem?
- Você está disposto a cuidar do pelo do cão com frequência?
- Você tem mania de limpeza e organização e está super preocupado com a bagunça que um cão vai fazer?

Tendo como base as respostas das perguntas acima, o próximo passo é fazer uma extensa pesquisa sobre as raças que mais se adéquam às suas necessidades. Mas, não pare por aí. Converse com donos e criadores das raças em que você está pensando, para saber exatamente como é o temperamento normal desses cães. Sempre existem exceções, é claro, mas confie na maioria. Agora, veja as dicas abaixo:

1- O cão é sociável?


A melhor maneira de saber se um cão é confiável perto de crianças é saber se ele foi sociabilizado corretamente ao longo de sua vida. Filhotes que foram bem sociabilizados com crianças se tornam cães mais confiáveis no futuro, pois, é claro, já estão acostumados e não irão estranhar os comportamentos típicos de crianças, como apertar, puxar, brincar brutalmente, gritar perto do cão, entre outros.

2- Devo escolher o cão ainda filhote?


Criar um filhote e um bebê simultaneamente pode ser muito cansativo até para a família mais ativa. Pense duas vezes antes de levar um filhote pra casa quando já existe um bebê, que um precisa de tanto cuidado e atenção quanto o outro.

3- Devo escolher o cão já adulto?


Aceitar um cão adulto pode ser uma ótima solução para muitas famílias. Seu histórico social pode ser desconhecido, então você vai precisar de um cão que já seja amigável com crianças: repare seu comportamento perto de crianças, como expressão calma e alegre, cauda balançando, corpo querendo brincar ou tranquilo.

Procure um cão que seja gentil e que seja principalmente tolerante com crianças. Perceba sinais de estresse no cão, como bocejar, lamber os lábios, recuar, olhar para os lados ou urinar (sinal de que está nervoso ou marcando o território). Essas atitudes mostram que o cachorro não está confortável na presença de crianças.

4- Devo me preocupar em deixar sozinhos meu bebê e o cão?


Um cão que irá conviver com bebês de até dois anos precisa ser muito tranquilo em relação a barulhos estranhos e toques mais brutos. Não importa como seu cão é sociabilizado ou como sua criança é comportada. Cães e crianças pequenas nunca devem ser deixados sozinhos, por qualquer período de tempo, sem a supervisão de um adulto. Praticamente, todos os casos de mordidas de cães em crianças pequenas são resultado de supervisão inadequada, mesmo sendo “só por um minuto”.

Essas fatalidades poderiam ser prevenidas se os cães e as crianças fossem monitorados o tempo todo enquanto estivessem juntos. Nunca é aceitável deixar que crianças pequenas judiem de um cão, bata nele, esmague-o, morda-o ou pratique qualquer ato de violência, mesmo que seja “sem querer”.

5- Devo escolher um cão pela raça ou pela personalidade?


É melhor você pensar na “melhor personalidade de um cão para crianças” do que na “melhor raça de um cão para crianças”. Se você prestar atenção na personalidade, e não na raça, pode encontrar um vira-lata maravilhoso para adoção, que será ótimo para crianças.

Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!