WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Etapas e tempo de torrefação do café

No processo de torrefação do café, a temperatura e o tempo definem a cor, o sabor e o aroma da bebida

Etapas e tempo de torrefação do café

“As características sensoriais do café são determinadas pelo tipo de torrefação dos grãos. A temperatura e o tempo no processo de torra definem a cor, o sabor e o aroma da bebida, seja ela originada da espécie Coffea Arabica (café arábica) ou da Coffea robusta (café conilon)”, afirma Mônica Pinto, nutricionista, cafeóloga e professora do Curso CPT Como Montar e Operar uma Torrefadora de Café.

Na torrefação, os grãos de café podem ser expostos a temperaturas, de 180 a 240°C, por sete a quinze minutos, no máximo. Torras acima do tempo limítrofe desqualificam a bebida. Por isso, o responsável pela torrefação deve apresentar qualificação profissional para realizar o procedimento com eficiência e assertividade. Além disso, ele deve explorar os seus sentidos, principalmente o olfato, para identificação da torra ideal.

Etapas da torrefação do café


Etapa 1

Na primeira etapa da torrefação do café, os grãos seguem para o torrador. Trata-se de um equipamento misturador, com funcionamento a gás, capaz de realizar a secagem e o cozimento de todas as partículas constitutivas dos grãos de café. Essa máquina conta com cilindros, em movimento contínuo, para a torra uniforme do café. Além disso, a misturadora evita que os grãos queimem ou grudem uns nos outros.

Etapa 2

Quando torrados, a umidade dos grãos de café é significativamente reduzida. Com isso, os amidos presentes nos grãos se transformam em açúcares e as proteínas sofrem decomposição. Como resultado, a estrutura celular dos grãos de café sofre alterações à medida que aumenta o tempo de torrefação. A mudança na cor e a predominância do óleo dos grãos de café definem o sabor e o aroma da bebida.

Etapa 3

Ao atingirem tom castanho escuro, os grãos de café devem ser retirados do torrador e sua temperatura reduzida no resfriador. Os padrões dos grãos de café torrados são os seguintes: grãos claros, grãos leves, grãos médios e grãos escuros. Na torrefação do café, o monitoramento da temperatura e do tempo da torra é fundamental para alcançar um padrão específico conforme o esperado.

Tempo de torrefação do café


O tempo mínimo de torrefação é de sete minutos e determina grãos de café claros. Já o tempo máximo de torrefação é de quinze minutos e resulta em grãos escuros, que originam uma bebida forte e encorpada (torrefação espresso). Há também torrefações intermediárias: a de nove a onze minutos, que resulta em um café mais encorpado (torrefação urbana); e a de doze a treze minutos, que origina grãos escuros e uma bebida saborosa.

Quer uma prévia do Curso Como Montar e Operar uma Torrefadora de Café? Dê play no vídeo abaixo:

Conheça os Cursos CPT da Área Pequenas Empresas.

Leia o artigo "Quais os grãos de café mais produzidos no Brasil?"

Fonte: anossavida.pt

Por Andréa Oliveira.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis E-book Guia Essencial ao Cafeicultor de Sucesso

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!