Adquira 2 ou mais Cursos CPT e ganhe Frete Grátis.
Cursos da Área Curso Como Montar Uma Microcervejaria e Produzir Cerveja Artesanal Curso Como Montar e Operar uma Sorveteria Curso Como Montar e Operar uma Empresa de Limpeza Curso Como Montar um Pet Shop - Com Banho, Tosa e Atendimento Curso Como Montar e Operar uma Cafeteria Curso Como Montar uma Pastelaria Curso Como Montar um Restaurante Self-Service Curso Como Montar e Operar uma Empresa de Controle de Pragas Domésticas Como Montar e Administrar uma Creche Curso Como Montar e Administrar uma Pizzaria Curso Como Montar um Canil Curso Como Instalar e Administrar uma Escola Infantil Curso Silk Screen - Processo Artesanal Curso Butique de Carnes - Como Montar e Operar Curso Como Montar e Administrar uma Imobiliária Curso Como Montar uma Floricultura Curso Como Montar e Gerenciar uma Livraria Curso Como Montar e Administrar um Salão de Beleza Curso Como Montar uma Oficina de Encadernação Curso Como Montar e Gerenciar uma Academia de Ginástica Curso Como Montar uma Cozinha Comercial Curso Como Montar e Operar uma Torrefadora de Café Curso Montagem e Decoração de Festas Infantis Curso Como Montar e Administrar uma Confecção de Roupas Curso Como Montar Uma Loja de Aquários Curso Como Montar e Administrar um Consultório Odontológico Curso Capacitação de Operadores de Telemarketing Curso Como Montar uma Escola de Informática Curso Como Montar e Operar uma Oficina de Papel Artesanal Curso Como Montar uma Loja de Móveis Antigos Curso Agência de Ecoturismo - Estrutura, Operação e Elaboração de Roteiros Curso Como Montar e Administrar Farmácias e Drogarias Curso Como Montar e Gerenciar um Telemarketing Áreas Afins 11Indústria Caseira 9Indústria da Carne 11Pequenas Indústrias Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Cerveja: conheça um pouco mais sobre a sua história

A cerveja é uma das bebidas mais antigas em diversas civilizações. Ela é consumida há muito tempo e existem diversas versões para a sua história

Conheça um pouco sobre a história da cerveja


A cerveja é uma das bebidas mais antigas e cercada de muito misticismo, em diversas civilizações. Ela é consumida há muito tempo e a sua criação se confunde com a própria agricultura e o conhecimento do processo de fermentação, há cerca de 10.000 anos. Por isso, existem diversas versões para a sua história.

Na Suméria

Acredita-se que os sumérios teriam percebido que os cereais, assim como a massa do pão, quando molhados, fermentavam, produzindo um líquido como uma cerveja primitiva, como "pão líquido". O melhoramento desse processo deu origem a um gênero de cerveja que os sumérios consideravam uma “bebida divina”, a qual era, por vezes, oferecida aos seus deuses.

Segundo Adonay Anthony Evans, professor do Curso a Distância CPT Como Montar Uma Microcervejaria e Produzir Cerveja Artesanal, em Livro+DVD e Curso Online, “Existem diversas indicações arqueológicas a respeito da cerveja, como alguns estudos há cerca de 7000 a.C, na região do Nilo, atual Sudão, de que os povos locais produziam uma bebida semelhante a nossa cerveja, a partir do sorgo. No entanto, na região da Suméria, foram encontradas inscrições feitas numa pedra, relativas a um cereal que era utilizado em um processo de fabricação similar à produção de cerveja. Em outra inscrição em barro, nessa mesma civilização, datada de cerca de 4000a.C., são identificadas duas figuras que bebem possivelmente cerveja de um pote”.

Em diversas histórias sobre a cerveja no mundo antigo, ela é vinculada a deuses, como no Hino a Ninkasi, que significa algo como "senhora que enche a boca", datado de 1900 a.C. A deusa da cerveja dos Sumérios é, na realidade, uma receita de cerveja. Acredita-se que, como essa bebida fazia os antigos sumérios se sentirem “alegres, maravilhosos e abençoados”, a cerveja era considerada um presente dos deuses.

Na Babilônia

Os antigos babilônios, que são descendentes do povo sumério, por volta do ano 2.000 a.C, já possuíam mais de 20 variedades de cerveja diferentes. Essa bebida já possuía grande importância na sociedade e na economia, tanto que era usada como moeda de troca, e parte do salário dos trabalhadores era pago com a bebida. Todos os cidadãos tinham direito a uma ração diária de cerveja, calculada de acordo com a posição social da pessoa. Por exemplo, um trabalhador normal receberia dois litros por dia, um funcionário público três litros, enquanto os administradores e sacerdotes receberiam cinco litros por dia.

No Egito

A cerveja também fazia parte da dieta dos egípcios, que a consideravam, além de uma bebida sagrada, como remédio para diversas doenças. Um documento médico, datado de 1600 a.C. descreve cerca de 100 receitas que contêm a palavra cerveja. Ainda sobre esses povos, o caráter religioso está ligado à cerveja, que era oferecia aos deuses em cerimônias, em casos de calamidade ou desastre natural, sendo também frequente a oferta de grandes quantidades de cerveja aos sacerdotes. Nos túmulos, além dos artefatos habituais, como incenso, joias e comida, também era habitual encontrar provisões de cerveja. Inclusive, existem registros de que Ramsés III, muitas vezes designado por "faraó-cervejeiro", doou, aos sacerdotes do Templo de Amón, cerca de 1.000.000 litros de cerveja. Desde aquela época, a fabricação da cerveja vem evoluindo e, durante o período grego e romano, foi verificado um grande avanço nas técnicas.
A história da cerveja na Bretanha e na Europa Central

Plínio foi um dos autores clássicos que escreveu sobre a evolução do processo de fabricação da cerveja e os hábitos dos povos celtas e germânicos da Bretanha e Europa Central. Entretanto, em 500 a.C., os gregos e romanos consideravam o vinho a bebida dos deuses e, por consequência, da classe dominante. Dessa forma, a cerveja passou a ser a bebida das classes mais pobres, mas ainda muito apreciada, principalmente pelos germanos e gauleses.

Em Roma

Já, em Roma, essa bebida era desprezível e típica de povos bárbaros. Foi nessa época que as palavras cervisia ou cerevisia passaram a ser utilizadas pelos romanos, em homenagem a Ceres, deusa da agricultura e da fertilidade. Após o século V, com o declínio do império romano, a produção de cerveja já era dominada pela população, e a fabricação ocorria nos lares. No entanto, ela obedecia aos condicionantes naturais que marcavam a produção agrícola e o seu carácter sazonal. A cerveja era de difícil conservação, ao contrário do vinho que, se guardado em boas condições, podia até melhorar com a idade. Assim, a cerveja permanecia como a bebida dos pobres, porém, sem deixar de ser apreciada por todas as classes.

Já, na idade média, a Igreja Católica também se envolveu na produção de cerveja, e os mosteiros foram fundamentais para aperfeiçoar os métodos usados na fabricação da bebida. Eles tiveram grande influência na melhoria da qualidade da cerveja e na divisão dos diversos tipos conhecidos até hoje. Com a incessante busca pela melhoria da qualidade e a busca de uma cerveja mais agradável ao paladar e mais nutritiva, novas técnicas foram desenvolvidas. Eles também consideravam a qualidade alimentar da cerveja, que era utilizada como alimento durante os longos e frequentes jejuns dos monges, que, por sua vez, não podiam se alimentar de comida sólida e bebiam até cinco litros de cerveja por dia.

Várias comunidades religiosas devem suas existências à cerveja, já que os lucros da venda da bebida mantiveram diversos mosteiros. Com a melhora da qualidade da bebida, os mosteiros começaram a comercializá-la, abrindo pequenas tabernas, onde a cerveja era vendida e muito procurada por causa de sua alta qualidade.

A cerveja que conhecemos hoje teve seu aperfeiçoamento graças aos estudos de desenvolvimento dos monges da época. Foram eles quem deram maior importância ao uso dos principais ingredientes da cerveja atual, como o lúpulo, o malte e alguns outros complementos, como outros tipos de semente e condimentos.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Pequenas Empresas.
Por Silvana Teixeira.

 

Salvar

Cursos Relacionados

Curso Como Montar uma Floricultura Curso Como Montar uma Floricultura

Com Prof. Dr. José Geraldo Barbosa

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Montar e Operar uma Sorveteria Curso Como Montar e Operar uma Sorveteria

Com Prof. Ronaldo Santana

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Montar Uma Microcervejaria e Produzir Cerveja Artesanal Curso Como Montar Uma Microcervejaria e Produzir Cerveja Artesanal

Com Prof. Adonay Anthony

R$ 498,00 à vista ou em até 10x de R$ 49,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Pequenas Empresas

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade