WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Administração de Creche - o brinquedo, a brincadeira e o divertimento

Brincar é importante para o desenvolvimento cognitivo, desenvolvimento da linguagem e para a socialização. O brinquedo é o objeto da diversão e a brincadeira é a responsável pelo divertimento

Administração de Creche - o brinquedo, a brincadeira e o divertimento

 

Brincar é importante para o desenvolvimento cognitivo, para o desenvolvimento da linguagem e para a socialização. As crianças brincam para buscar prazer, para expressar agressão, para controlar a ansiedade, para estabelecer contatos sociais, para realizar a integração da personalidade e, por fim, para comunicar-se com as pessoas.

O brinquedo é um objeto destinado à diversão infantil. A brincadeira é a ação de brincar e é responsável pelo divertimento. A brincadeira refere-se, basicamente, à ação de brincar, ao comportamento espontâneo que resulta de uma atividade não estruturada. O brinquedo pode ser uma pipa, um carrinho, uma pá, uma boneca de pano ou mesmo uma folha caída da árvore, pedrinhas achadas no chão, tampinhas e caixinhas de papel.

Um brinquedo pode ser visto de diferentes maneiras pela criança:

- Como potencial de recolhimento e consolação;

- Estímulo à autonomia ou à associação do coletivo;

- Realização e cooperação;

-  Progresso e novidade;

- Distração ou fonte de informação.

Os brinquedos têm impacto próprio e constituem, ao mesmo tempo, meios para brincar e veículo da inteligência e da atividade lúdica. Brincar é uma forma de se atribuir enorme valor e importância à atividade da criança, à medida que a ajuda a aprender sobre as pessoas e coisas do mundo exterior. É necessário que a criança brinque para:

- Expressar suas fantasias, desejos e experiências, pois no mundo do faz-de-conta é possível destruir o que incomoda, sejam pessoas ou situações, e reconstruí-los novamente, colocando-se no mundo externo a própria realidade interna, sem danos e culpas inadequadas;

- Para dominar as suas angústias e os seus medos, provenientes de fantasias mescladas, muitas vezes, com a realidade;

- Para exprimir sua natural agressividade, de forma tranquila e segura, de modo socialmente aceito;

- Para estabelecer e desenvolver a sociabilidade;

- Para aumentar suas experiências e aprender que é permitido errar, pois se pode tentar de novo, sem críticas destrutivas;

- Para promover sua criatividade e favorecer toda expressão de sua personalidade;

- Para desenvolver de forma sadia sua própria sexualidade.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, da área Pequenas Empresas e Educação Infantil, entre eles o Curso Como Montar e Administrar uma Creche, produzidos pelo Centro de Produções Técnicas.

Saiba mais sobre as atividades desenvolvidas em creches, acessando os artigos abaixo:

Brincadeiras infantis nas creches educam e desenvolvem a inteligência

Creche - divisão e organização das salas de atividades das creches

Creche - áreas para as atividades infantis e brinquedo dramático

Por Silvana Teixeira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!