WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Administração de Creche - a adaptação da criança é uma questão de amor e carinho

O período de adaptação da criança na creche deverá ser constante, evitando ser interrompido, e regado de muito amor e carinho por parte de todos os envolvidos no processo: pais e colaboradores

Administração de Creche - a adaptação da criança é uma questão de amor e carinho

 

Nos primeiros dias na creche, a criança poderá estranhar um pouco, ficando irritada ou insegura. Mesmo assim, é fundamental que os pais evitem compensar a ausência com excesso de proteção, pois a criança poderá se sentir mais ansiosa ainda. Quanto ao tempo necessário para a adaptação, faz-se necessário esclarecer que este período é diferente, varia de criança para criança, é único e deve ser avaliado individualmente. Além disto, o período de adaptação da criança na creche deverá ser constante, evitando ser interrompido, regado de muito amor e carinho por parte de todos os envolvidos no processo, ou seja, os colaboradores e os pais.

A decisão de colocar uma criança na creche deve resultar de atitude pensada, consciente e segura. Sendo assim, os pais devem evitar longas explicações para a criança, pois isso pode despertar suspeitas e inseguranças. A separação, apesar de necessária, é um processo doloroso tanto para a criança quanto para a mãe. O choro na hora da separação é frequente e nem sempre significa que a criança não queira ficar na creche.

Abaixo algumas instruções que poderão auxiliar tanto os pais quanto os educadores, nesta fase tão difícil:

1. Os pais devem entregar seus filhos ao educador, colocando as crianças no chão e incentivando-as a ficar na creche;

2. Os pais devem evitar que o educador tirar a criança do seu colo;

3. É importante que os pais nunca saiam escondidos da creche. Devem despedir-se naturalmente.

4. A sala de atividades é um espaço que deve ser respeitado. A constante presença dos pais nela, além de dificultar a compreensão da separação, fará as outras crianças cobrarem a presença de seus pais.

5. Os pais devem incentivar seus filhos a procurarem a ajuda do educador quando necessitarem de algo, para que eles criem um laço afetivo.

6. Para fazer uma ponte de ligação entre o berçário e a casa é importante que a criança traga de casa, nos primeiros dias, um brinquedo ou algum objeto de estimação.

7. É importante que os pais conversem com outros que já passaram por essa experiência, pois isso irá mostrar que a separação não é um bicho-de-sete-cabeças. Afinal, o essencial, para a criança, não é a quantidade de horas que passam juntos aos seus pais, mas o amor deles recebem e os maravilhosos momentos que passam juntos.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, da área Pequenas Empresas e Educação Infantil, entre eles o Curso Como Montar e Administrar uma Creche, produzidos pelo Centro de Produções Técnicas.

Saiba mais sobre as atividades desenvolvidas em creches, acessando os artigos abaixo:

Creche - divisão e organização das salas de atividades das creches

Creche - áreas para as atividades infantis e brinquedo dramático

Administração de Creche - planejamentos de brincadeiras e atividades recreativas

Por Silvana Teixeira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!