WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Minhocas: saiba mais sobre elas

As minhocas são vermes evoluídos que pertencem ao filo dos Anelídeos. Caracterizam, em particular, por apresentarem os seus corpos segmentados, tanto interna, quanto externamente

Criação de minhocas


As minhocas são vermes evoluídos que pertencem ao filo dos Anelídeos. Elas são animais que se caracterizam, em particular, por apresentarem os seus corpos segmentados, tanto interna, quanto externamente. Esses segmentos (somitos) assemelham-se a pequenos anéis, daí o fato de pertencerem ao filo Anélida. São da família Oligochaeta, isto é, apresentam poucas cerdas por segmento, daí o nome Oligo (poucos) e Chaeta (cerdas).

I- O que é minhocultura



A minhocultura, ou seja, o cultivo de espécimes de minhocas em cativeiro, é uma atividade zootécnica que tem como processo básico a vermicompostagem. Este processo consiste na transformação dos resíduos orgânicos em uma forma mais estabilizada e humidificada da matéria orgânica - húmus - resultante da ação das minhocas e da microflora que vive em seu trato digestivo.

Em outras palavras, “O vermicomposto ou húmus nada mais é que matéria orgânica não sujeita a fermentações, resultante da ação combinada das minhocas e da microflora que vive em seu trato digestivo. É um produto inodoro (sem cheiro), uniforme, leve, solto e que apresenta coloração escura”, afirma Fabrício Rossi, professor do Curso a Distância CPT Criação de Minhocas para Produção de Farinha, Húmus e Matrizes, em Livro+DVD e Curso Online.

II- Consequências da adubação com húmus



- Aumenta o teor de matéria orgânica no solo;
- Melhora a estrutura do solo;
- Aumenta a capacidade de retenção de água da chuva e diminui a enxurrada;
- Diminui a compactação, promove maior aeração e enraizamento;
- Aumenta a CTC (Capacidade de Troca Catiônica);
- Fornece elementos essenciais como nitrogênio, fósforo, potássio, enxofre e alguns micronutrientes;
- Complexa e, ou, solubiliza alguns metais (Fe, Zn, Mn, Cu, Co, Mo, Pt, Pb etc) essenciais ou tóxicos às plantas;
- Diminui efeitos tóxicos do Al;
- Aumenta a atividade microbiana do solo, pelo aumento da sua população (flora e fauna);
- Elimina ou diminui doenças do solo através da ativação de microrganismos benéficos às plantas específicas; e
- Modifica a composição de ervas daninhas.

III- As minhocas como alimentação



As minhocas são ricas em proteína e podem ser utilizadas na alimentação animal. A tendência atual é a de fabricação de sua farinha para ser utilizada como ingrediente de rações.

IV- Características da espécie Vermelha Californiana



As minhocas da espécie Califórnia, quando adultas e dependendo do tipo de nutrição recebia em criatório, chegam a atingir de 8 a 10 cm, no máximo 12, não sendo adequadas, portanto, para a pesca. São minhocas pequenas, de diâmetro estreito, que suportam temperaturas elevadas (até 35°C) e muito utilizadas para a produção de húmus. Em até 30 dias, as minhocas dessa espécie chegam a idade adultas. Para servir de isca de pesca (e também usada na produção de húmus), o ideal é utilizar a espécie Gigante Africana, que chega a medir 25 cm de desenvolvimento quando criada em boas condições.


Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Pequenas Criações.
Por Silvana Teixeira.
Fonte: Globo Rural.

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!