Curiosidades sobre a seda: do surgimento ao Brasil

Existem muitas lendas em torno da seda e uma delas é de que foi descoberta, por acaso, por uma rainha chinesa, enquanto tomava chá nos arredores do seu castelo

Criação de bicho-da-seda

Existem muitas lendas em torno da seda, uma delas é de que foi descoberta, por acaso, por uma rainha chinesa. Segundo dizem, “quando tomava chá embaixo de uma Amoreira, nos arredores do seu palácio, um casulo caiu dentro de sua xícara de chá fervendo e soltou um fio. Assim, estava descoberta a seda”.

Na cultura chinesa, a imperatriz Hsi Ling Shi é venerada como deusa da seda. Ela teria inventado o tear utilizado na produção de seda. No império romano, o tecido era muito apreciado valendo seu peso em ouro. A indústria da seda existe na China há mais de 5 mil anos e foi mantida em segredo durante muito tempo. Segundo a história, os ovos do bicho-da-seda foram levados para a Europa no inicio da era cristã, por dois monges. Através dos anos, os criadores (sericultores) selecionaram as melhores espécies de bichos-da-seda.

Sobre a seda

 

- A seda é uma fibra de origem animal e é mais resistente que outras fibras naturais.
- Quando secos, os filamentos de seda são comparáveis em resistência às fibras sintéticas como nylon e o poliéster.
- Roupas feitas de seda, apesar de leves, são quentes e absorventes.
- Tecidos de seda têm excelentes qualidades de acabamento e uma resistência natural ao amarrotamento.
- As fibras de seda são altamente receptivas ao tingimento.
- Os tecidos de seda tingidos e estampados são de uma riqueza rara de se encontrar em outros materiais têxteis.
- O fio de seda é composto principalmente de duas proteínas: fibroina e sericina. Ele é produzido na fase de encasulamento quando a lagarta completa seu ciclo e inicia dentro do casulo a metamorfose em mariposa.

A criação comercial do bicho-da-seda é chamada de Sericicultura. A atividade inclui desde a obtenção dos ovos, que irão originar as lagartas, a sua criação e o cultivo da Amoreira, cujas folhas irão alimentar as lagartas até a obtenção dos casulos verdes.

No Brasil, a seda foi introduzida somente no século XIX, durante o reinado de D. Pedro I, no Estado do Rio de Janeiro, no município de Itaguaí, onde foi instalada a primeira indústria de seda nacional “Imperial Companhia Seropédica Fluminense”. Posteriormente a atividade se desenvolveu em Minas Gerais com a instalação da 1a Estação Experimental de Sericicultura, no município de Barbacena, em 1912.

Em 1921, a atividade recebeu estímulo para se instalar em São Paulo, com a criação na cidade de Campinas, da S/A Indústria de Seda Nacional. Em 1940, foi fundada em Bastos – São Paulo, pelos imigrantes japoneses, a Sociedade Colonizadora do Brasil – “Brajiru Takushoku Kumiai”, do qual originou a Fiação de Seda BRATAC S.A., hoje a maior indústria de fiação de seda que atua no Brasil.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livro+DVD e Cursos Online, da área Pequenas Criações, entre eles o Curso a Distância CPT Criação do bicho da Seda.
Por Silvana Teixeira.

Salvar

Cursos Relacionados

Curso Criação do Bicho-da-Seda Curso Criação do Bicho-da-Seda

Com Prof. Alfredo Alcides

R$ 338,00 à vista ou em até 12x de R$ 28,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação de Borboletas Curso Criação de Borboletas

Com Prof. Osmar Salles

R$ 338,00 à vista ou em até 12x de R$ 28,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação de Minhocas para Produção de Farinha, Húmus e Matrizes Curso Criação de Minhocas para Produção de Farinha, Húmus e Matrizes

Com Prof. Dr. Fabrício Rossi

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Pequenas Criações

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade