WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Aprenda a criar borboletas

Para muitas pessoas, além de hobbie, criar borboletas é uma fonte de renda

A presença de borboletas em jardins e parques é um indicador de qualidade ambiental.

A criação de borboletas é uma atividade legalizada, e é parte das práticas de preservação e de recuperação do meio ambiente. A presença delas em jardins, parques e florestas é um indicador de qualidade ambiental.

Não há dúvidas, onde há borboletas, o meio ambiente pode ser considerado normal, restaurado, ou melhor, saudável, afirma Osmar Salles de Figueiredo, ex-diretor do Centro de Estudos Brasileiros da Unicamp e professor do curso Criação de Borboletas, organizado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Para muitas pessoas, além de hobbie, criar borboletas é uma fonte de renda. Um exemplo é a ACBP – Associação de Criadores de Borboletas de Poconé, localizada no Mato Grosso, a 120 km de Cuiabá. A organização é formada por famílias, que fornecem crisálidas para outros borboletários brasileiros.

Mas, antes de iniciar-se como criador, é indispensável obter informações seguras das especificidades dessa atividade. Deve-se conhecer desde o animal — a classificação das borboletas, a anatomia, o ciclo de vida, a alimentação, a reprodução delas — até os tipos de instalações, materiais e cuidados empregados.

Ao ser entrevistado para a revista Galileu, o professor do curso elaborado pelo CPT, Osmar Salles de Figueiredo relatou a própria experiência como criador. Ele pesquisou a respeito do assunto e encontrou detalhes sobre os insetos e as estufas, que o surpreenderam e o motivaram a dar sequência ao seu plano de construir um borboletário em seu sítio, no estado de São Paulo. Ele também viajou a Belo Horizonte para conhecer o borboletário mineiro e estabeleceu contato com criadores comerciais de Santa Catarina.

De acordo com o artigo, tendo em vista os sofisticados borboletários pelo mundo afora, a princípio, o professor pensou que seria muito caro montar um, contando apenas com os próprios recursos. Entretanto, ele encontrou meios inteligentes e simples de adaptar as técnicas às condições disponíveis.

Há várias possibilidades de investimento, que variam de acordo com os objetivos do criador. No curso Criação de Borboletas, o professor Osmar Salles de Figueiredo esclarece as diferenças entre criadores amadores e profissionais. Mostra um panorama amplo de como é o comportamento das borboletas e quais as exigências para se investir em projetos de borboletários. Além disso, ele ensina formas inteligentes e simples das técnicas de criação adquiridas com seus estudos e sua experiência.

Por Luci Silva

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Manoel Higino Freitas

26 de jul de 2018

Boa tarde. Gostaria de saber como faço para participar do curso sobre borboletario.Pretendemos montarum em uma escola de ensino fundamental. Obrigado.

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de jul de 2018

Olá Manoel,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Para mais informações, nossas consultoras entraram em contato.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Keuller Ferreira Moraes

22 de dez de 2016

Boa noite! Gostaria receber orientações sobre construção de borboleta Rio. Grato, Keuller

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de dez de 2016

Olá Keuller,

Para mais informações nossas consultoras entrarão em contato.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

ALBINO SALDANHA

4 de mar de 2015

Gostaria de obter informações sobre o desenvolvimento e inicio do trabalho, bem como instalações do bicho da seda, e se existe apoio técnico para orientações.

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de mar de 2015

Olá, Albino!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. As seguintes matérias podem lhe auxiliar Bicho-da-seda - alimentação, controle da temperatura e umidade e aplicação de cal hidratada; Como iniciar a sericicultura; Criação do bicho-da-seda - acasalamento, eclosão, alimentação, ecdise e limpeza da cama.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!