Adquira 2 ou mais Cursos CPT e ganhe Frete Grátis.

Ovinos em confinamento - principais enfermidades

Quanto mais cedo uma doença ou enfermidade for detectada mais fácil será o seu controle. Por isto, o criador de ovinos em confinamento deverá conhecer as doenças que atacam o rebanho

criação de ovinos

O criador de ovinos em confinamento deverá conhecer as doenças que atacam o rebanho

É muito importante observar que quanto mais cedo uma doença ou enfermidade for detectada mais fácil será o seu controle. Por isto, o criador de ovinos em confinamento deverá conhecer as doenças que atacam o rebanho assim como saber como proceder diante do infortúnio.

“As principais doenças que acometem os ovinos são: Bernes; Bicheiras; Brucelose; Carbúnculo hemático; Carbúnculo sintomático; Carrapatos; Dermatite Micótica; Ectima contagioso; Febre aftosa; Gangrena Maedi-visna; Necrobacilose; Oftalmia Contagiosa; Oestrose (bicho da cabeça); Piolhos; Pododermite (Manqueira); Sarna dos Ovinos; Scrapie; Tétano; Toxoplasmose; Verminoses”, afirma o professor Edson Ramos Siqueira, do curso Produção Intensiva de Cordeiros – Confinamento, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Seguem-se algumas caracterizações das mesmas:

Bernes
São larvas de moscas. Podem ser extraídos manualmente e seu combate é bastante difícil, pois, deve-se combater a mosca que o transmite. Usa-se comumente os larvicidas.

Carbúnculo hemático
Produzido pelo Bacillus anthracis, manifesta-se nos ovinos sob a forma de apoplexia cerebral e hemorragias pelas aberturas naturais. A rápida evolução da doença raramente permite um tratamento. O modo mais comum de infecção é pela via oral. Cadáveres de animais carbunculosos, uma vez enterrados, infectam o local, pois os esporos dos bacilos podem ser trazidos à superfície do solo pelas minhocas. Nas áreas onde ocorre o carbúnculo hemático, o único meio seguro de evitar a enfermidade é a vacinação.

Carbúnculo sintomático
Também conhecido por 'manqueira', peste da manqueira, quarto inchado, mal do ano e mancha, é produzido pela bactéria Clostridium chauvei e é caracterizado por tumefações nos quartos posteriores e outras regiões do corpo. Essa doença é evitada por vacinação. Outros micróbios do gênero Clostridium produzem a septicemia gangrenosa.

Necrobacilose
Doença causada pelo Sphaerophorus necrophorus, ou bacilo da necrose. Provoca nos ovinos ulcerações labiais, podridão do pé, vulvite, lesões necróticas nas orelhas. A podridão do pé também é conhecida no Sul do Brasil como pietin, foot rot, mal de vaso e mangueira.

Oftalmia contagiosa
Esse mal dos olhos, ou doença da lágrima, propaga-se com rapidez; provoca opacidade da córnea, lacrimejamento, congestionamento do globo ocular e cegueira provocada pela perfuração dos olhos. Alguns autores atribuem a doença a um germe do gênero Moraxella. Recomenda-se o uso de colírios específicos para este mal em todo o rebanho.

Ectima contagioso
Conhecida por 'boqueira', 'cancro' e 'caroço', essa doença é causada por um vírus, e manifesta-se por pequenas vesículas e pústulas nas tetas, nos lábios e na gengiva. Pode ser evitada por meio de vacinação. Deve-se isolar os animais infectados e chamar um médico-veterinário, pois a doença pode ser transmitida ao homem.

Brucelose
Doença causada por germes do gênero Brucela que provoca abortos em bovinos, suínos e caprinos e que também atinge o homem, o cavalo, os ovinos e até os cães. Os animais atacados devem ser sacrificados.

Febre aftosa
Doença contagiosa produzida por vírus, que se inicia por febre, seguida de erupção de vesículas, nas mucosas e na pele, especialmente na cavidade bucal, nas tetas e na fenda dos cascos.

Sarna dos ovinos
É comum no Brasil a sarna psorótica, dos ovinos, causada pelo Psoroptes ovis. Esse ácaro perfura a pele do carneiro e causa inflamação e exsudação de linfa, que, coagulando-se, forma crostas, sob as quais se localizam os parasitos. O tratamento da sarna é feito com banhos, dias após a tosquia, em água com sarnicidas.

criação de ovinos

O tratamento da sarna é feito com banhos, dias após a tosquia, em água com sarnicidas

Verminoses
As verminoses causam mais prejuízos do que todas as outras enfermidades juntas. Os tricostrongilídeos são os maiores responsáveis pela gastrenterite crônica dos ruminantes, caracterizada por diarreia, perda de apetite, anemia, emagrecimento e morte. Os ovinos infestados disseminam pelos campos, através das fezes, os ovos dos helmintos.

Dictyocaulus filaria
Esse é outro helminto (Dictyocaulus filaria) que infesta os bronquíolos de ovinos e caprinos e

criação de ovinos

Essa doença provoca tosse, corrimento mucoso, edema pulmonar

e, pela associação com germes de invasão secundária, broncopneumonia forma a dictiocaulose ovina, broncopneumonia verminótica ou verminose dos pulmões.

Fasciolose
Outra helmintose comum, também conhecida por saguaipé, baratinha do fígado e distomatose hepática, é a fasciolose, que atinge bovinos, ovinos e vários outros vertebrados e é causada pela Fasciola hepatica, trematoide que, em outra fase de seu ciclo evolutivo, parasita um caramujo.

Miíases
Também denominadas bicheiras, são produzidas pelas larvas de moscas (Callitroga americana). A bicheira instala-se em qualquer ferida acidental ou determinada pela castração, amputação da cauda, ou tosquia. As larvas da mosca Oestrus ovis produzem um tipo de miíase muito comum nas narinas dos ovinos.

Piolhos
Provoca coceiras e queda da lã, assim como a perda de peso do ovino. Os animais doentes devem ser tratados (banhos ou injetáveis) separadamente do rebanho.

Carrapatos
Atacam os ovinos nas partes onde a lã não predomina. Deve-se banhar o rebanho quando se percebe a presença de carrapatos em alguns animais.

Oestrose (bicho da cabeça)
Provém da larva de moscas e provoca corrimento de sangue pelo nariz, e quando a larva atinge o cérebro o animal perde o equilíbrio e, muitas vezes, anda em círculos; o ovino cai e não pode levantar, então ele morre. Deve-se consultar um médico-veterinário para dosificar o rebanho com vermífugos que combatam esta larva que ataca principalmente em épocas de muita chuva e calor.

Gangrena
Surge em qualquer época ou situação, pode aparecer por castração, esquila ou outro ferimento qualquer. Os sintomas são febre e desequilíbrio entre outros. Deve-se vacinar com vacina Polivalente.

Tétano
Desenvolve-se na ausência de ar e é causado pelo bacilo Clostridium tetani. Causa primeiramente imobilidade parcial no ovino e posteriormente total; os músculos ficam enrijecidos. Os animais devem ser vacinados com antitetânicas antes de qualquer intervenção cirúrgica.

criação de ovinos

Miíase - Contaminação por mosca Oestrus ovis

Toxoplasmose
Os felídeos (não só o gato doméstico, mas também todos os gatos silvestres) são os hospedeiros definitivos para a toxoplasmose, e os únicos que eliminam oocistos do parasita pelas fezes. Portanto, deve-se impedir o acesso desses animais às instalações que mantêm os animais e aos depósitos de ração e forragem. O controle dos roedores também é importante, uma vez que estes servem de fonte de infecção para os gatos.

Foot-rot
Foot-rot ou podridão dos cascos é contagiosa e causada por várias bactérias encontradas no solo. Os casos que surgirem devem ser casqueados, tratados e isolados. Todo o rebanho deve ser tratado com sulfato de cobre a 10%, ou formol a 10%.

Dermatite Micótica
Os principais sintomas são crostas que se espalham no focinho e na orelha, atingindo o corpo todo estragando a pele do animal. Utilizar o sulfato de cobre para banhar o rebanho atingido. e cremar as peles dos animais mortos ou sacrificados.

Maedi-Visna
A Maedi-Visna (maedi - respiração dificultada, visna – paralisia e enfraquecimento) é uma doença crônica que afeta pulmões e o Sistema Nervoso Central, sendo seu agente denominado vírus da Maedi-Visna (VMV), o qual apresenta grande semelhança com o vírus da artrite encefalite caprina (CAEV). Embora o VMV provoque pneumonia em ovinos, em caprinos ele causa artrite. O VMV  afeta ovinos de qualquer idade, principalmente cordeiros, mas os sinais clínicos dificilmente são observados até os 03 anos. A principal expressão da doença em ovinos infectados é a dificuldade respiratória e severa perda de peso. Até o momento não há tratamento curativo para a maedi-visna.

criação de ovinos

A podridão dos cascos é contagiosa e causada por várias bactérias encontradas no solo

Scrapie
Scrapie é uma doença neurodegenerativa fatal que ocorre em ovinos e caprinos. A scrapie acomete ovinos com dois a quatro anos de idade, apresentando períodos de incubação variáveis. Observaram-se duas formas clínicas da doença: a forma pruriginosa e a forma nervosa, de acordo com a predominância de sinais sensitivos ou motores. Entre os principais sinais, tem-se prurido, hiperexcitabilidade, incoordenação motora e evolução lenta para a morte, a qual leva o animal ao estado de caquexia, paralisia, movimento excessivo ou estresse ao manejo; o animal pode tremer ou cair em estado convulsivo. Ovinos e caprinos usualmente contraem o agente infeccioso da scrapie quando mastigam ou ingerem placenta e/ou fluidos contaminados. Um método para controle da scrapie é o melhoramento genético baseado na seleção de acasalamentos ou abate seletivo. Até o momento não há tratamento curativo para a Scrapie.

criação de ovinos

Os felídeos são os hospedeiros definitivos para a toxoplasmose

Outros artigos relacionados ao tema:

Ovinos em confinamento - manejo sanitário e manejo dos cordeiros

Ovinos em confinamento - manejo de ordenha e do ordenhador

Ovinos em confinamento - o mercado de cordeiros


Confira mais informações, acessando os cursos da área Criação de Ovinos.

Por Silvana Teixeira

 

Cursos Relacionados

Curso Criação de Ovinos de Corte Curso Criação de Ovinos de Corte

Com Prof. Dr. Edson Ramos

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção Intensiva de Cordeiros Curso Produção Intensiva de Cordeiros

Com Prof. Dr. Edson Ramos

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Formação e Manejo de Pastagem para Ovinos Curso Formação e Manejo de Pastagem para Ovinos

Com Prof. Dr. Edson Ramos

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação de Ovinos Deslanados Curso Criação de Ovinos Deslanados

Com Prof. Dr. Edson Ramos

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Montagem de Pequeno Abatedouro e Cortes Comerciais de Ovinos Curso Montagem de Pequeno Abatedouro e Cortes Comerciais de Ovinos

Com Prof.ª Dr.ª Cristiane Leal dos Santos

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Instalações para Ovinos Curso Instalações para Ovinos

Com Prof. Dr. Luis Fonseca

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Joaquim Moreira da Silva

5 de dez de 2016

Tenho uma pequena criação de ovinos em Guadalupe(PI). Venho fazendo vermifugação a cada 6 meses. Recentemente usei vacina polivalente. Apesar disso vem ocorrendo inflamação nas narinas, o que leva o animal a perda de peso acentuada. Os dois primeiros casos sacrificamos os animais. Agora surge um terceiro caso. O que fazer?

Resposta do Portal Cursos CPT

6 de dez de 2016

Olá, Joaquim!

Agradecemos pela visita e comentário em nosso site. Fatores diversos exercem influências sobre as enfermidades em ovinos. O mais sensato a fazer, visando minimizar perdas de animais e financeira, é procurar por um profissional da área e solicitar diagnóstico e tratamento. Somente assim, você poderá sanar os problemas atuais e providenciar medidas de controle para que quaisquer males voltem a atacar o seu rebanho no futuro.

Atenciosamente,

Silvana Teixeira.

PAUL CAMILA

5 de dez de 2016

TEM CURA A DOENÇA CAE DOENÇA QUE DAR EM CARNEIRO, QUAL TRATAMENTO QUE DEVO TOMAR

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de dez de 2016

Olá Paul

A falta de maiores informações não nos permite identificar uma possível doença. Sendo assim, aconselhamos que você peça avaliação, diagnóstico e possível tratamento de um profissinal da área.

 

Atenciosamente,

Silvana Teixeira.

Magda Borges

25 de set de 2015

Li e gostei muito da página, mas ainda tenho uma dúvida, a minha ovelha morreu mamando, ela não tinha 2 mese era orfã criávamos na mamadeira e ela estava super gordinha e mamava de manha e a noite uma mamadeira normal de criança, quando ela deu um pulo pra tras e debateu e ficou cm dificuldades de respirar não ficava mais em pé, fez duas vezes coco e uma ronqueira e a respiração bem curta e ela foi inchando e morreu. td muito rápido e sem entender.....o q poderia ter causado isso. sempre snhei ter uma e quando ganhei aconteceu isso. pode o buchinho dela dilatar ao ponto de romper? Grta.

Resposta do Portal Cursos CPT

28 de set de 2015

Olá, Magda!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Seria interessante consultar um médico veterinário para mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Mario amantea junior

10 de dez de 2014

Gostaria de comprar os livros referentes a criação de ovinos.

Resposta do Portal Cursos CPT

11 de dez de 2014

Olá, Mario!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre os Cursos CPT da área de Ovinos.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

francisco assis luzassis

9 de ago de 2013

Minha ovelha caiu tremendo e balançando a cabeça com a boca no chão e as pernas espalhadas. Quero saber o nome da doença e o tratamento.

Resposta do Portal Cursos CPT

12 de ago de 2013

Olá, Francisco!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Algumas doenças como a raiva e a poliencefalomalácea (PEM), podem ser as causadoras da doença de sua ovelha.

Mas para um correto diagnóstico recomendamos que procure um veterinário de sua confiança para uma correta análise e manejo de sua ovelha.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Criação de Ovinos

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade