WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Ovinocultura de corte no Brasil apresenta animais que produzem carcaças de melhor qualidade

A produção de carne de cordeiro de alta qualidade é uma atividade com grande potencial de mercado, principalmente, nos grandes centros urbanos

O criador deve se preocupar em oferecer uma carne que satisfaça consumidores cada vez mais exigentes.

A produção de carne ovina, no Brasil, tem aumentado muito nestes últimos anos. Um dos fatores que contribuem para isso é o elevado potencial que apresenta o mercado consumidor dos grandes centros urbanos, graças ao abate de animais que produzem uma carcaça de melhor qualidade.

Hoje, para viabilizar o sistema de produção de carne de ovinos, o ovinocultor deve se preocupar em oferecer uma carne que satisfaça consumidores cada vez mais exigentes. Além disso, deve ser avaliada a relação custo/benefício, ou seja, a lucratividade da produção. É claro que cada produtor deve desenvolver um sistema de criação adequado à sua realidade. É importante, então, verificar quais as condições para produzir carcaças de ótima qualidade a preços compensadores para o criador e para o consumidor.

Além das tradicionais regiões produtoras de ovinos no Brasil, Rio Grande do Sul, onde predomina a produção de lã, tendo a carne como produto em expansão; e Nordeste, que se caracteriza pela criação de ovinos deslanados, explorados para carne e pele; a criação se expande para os Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e parte de Goiás, nos quais o objetivo principal é a produção de carne.

Um bom programa de produção de carcaças de ótima qualidade deve envolver a tríade: genética, alimentação e sanidade. Existem muitas opções de raças a serem utilizadas para produção de carne, sendo importante salientar que o fator de maior interferência nas características sensoriais dessa, como o sabor, o aroma,  a maciez, é a alimentação dos animais. A utilização de cruzamentos também proporciona incremento na produção, devendo o produtor avaliar qual sistema melhor se aplica na sua propriedade. E, por fim, um bom programa sanitário permite manter a saúde do rebanho e previne enfermidades.

Com o objetivo de levar informações sobre a criação de ovinos para produção de carne, abordando sobre o manejo reprodutivo, sanitário e alimentação, assim como os cruzamentos, o CPT - Centro  de Produções Técnicas, elaborou o curso “Criação de Ovinos de Corte”, no qual você receberá informações do professor Edson Ramos de Siqueira, engenheiro agrônomo, doutor em Zootecnia, especialistas em ovinocultura, do Departamento de Produção e Exploração Animal, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da UNESP.

Os aspectos mais importantes são a velocidade de crescimento, eficiência de conversão alimentar, peso vivo ao abate e composição da carcaça.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On Line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

Os aspectos mais importantes a serem considerados em um sistema de produção de cordeiros são a velocidade de crescimento, eficiência de conversão alimentar, peso vivo ao abate e composição da carcaça. Sendo muito importante os cuidados práticos adotados desde a gestação das ovelhas até o período de terminação. O que se procura é um peso de abate no qual a proporção de músculos da carcaça seja máxima e a gordura seja suficiente para conferir à carne características adequadas à preferencia do consumidor.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Lorena Riambau Garcia

2 de jun. de 2016

Hoje em dia toda a raça produz boa carne, é só saber e conhecer o ponto ideal de abate. Além das raças citadas pela Ana Carolina, para o clima frio tem o Merino Australiano, o Ideal, o Romney Marsh e Crioula, todas de duplo propósito, carne e lã. Hampshire Down também é boa produtora de carne e bem adaptada ao frio.

Eduardo Silva

12 de jan. de 2013

Bom Dia! Por favor, qual a melhor raça de Ovinos que agregam produção de Lã e Carne, e que se comportam melhor em climas mais frios? Desde já muito obrigado.

Resposta do Portal Cursos CPT

15 de jan. de 2013

Olá, Eduardo!

Ficamos felizes por sua visita e comentário em nosso site.

As raças indicadas para produção de carne e lã e que adaptam em clima frio são: Corriedale, Texel, Suffolk e Border Leicester.

Para mais informações o CPT - Centro de Produções Técnicas, possui o curso Raças e Cruzamentos de Ovinos que poderão lhe auxiliar.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!