WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Melhoramento genético de ovinos: rebanhos de elite, multiplicadores e comerciais

O mercado de genética animal está organizado na ovinocultura em três tipos de rebanhos básicos: animais de elite, multiplicadores e comerciais

Melhoramento genético de ovinos: rebanhos de elite, multiplicadores e comerciais

 

Basicamente, são cinco as técnicas que podem ser aplicadas em um rebanho ovino para o melhoramento: a introdução de ovinos superiores no rebanho, o uso de biotecnologias da reprodução, os cruzamentos entre raças, os acasalamentos dirigidos e o descarte de ovinos inferiores. Duas destas técnicas, introdução de animais superiores no rebanho e uso de biotecnologias, dependem da compra de carneiros, ovelhas, sêmen ou embriões, produzidos por rebanhos com material genético superior.

Em função das necessidades de mercado desse tipo de produto, animais, sêmen e embriões, é que o mercado de genética animal está organizado na ovinocultura. Esta organização se baseia em três tipos básicos de rebanhos:

→Animais elite;
→Multiplicadores;
→Comerciais.

Criatórios de animais de elite

Os rebanhos de ovinos de elite são criados em criatórios pouco numerosos, e são compostos por machos e fêmeas de alta linhagem, em geral, ovinos que resultaram  de anos de seleção e acasalamentos direcionados, que, geralmente, apresentam características físicas positivas identificáveis de diversas maneiras.

Esses criadores se propõem a participar de concursos em busca de prêmios e, principalmente, de reconhecimento para os animais do seu rebanho. Geralmente, os reprodutores desses rebanhos passam por testes de progênie, nos quais o desempenho de seus descendentes é acompanhado e avaliado, de forma a comprovar sua capacidade de transmitir características positivas aos seus filhos.

O objetivo comercial dos criatórios de ovinos de elite é vender sêmen, embriões, os melhores descendentes de seus premiados reprodutores e até mesmo os animais elite excedentes, produzidos pelo criatório.

Criatórios multiplicadores

O destino dos ovinos produzidos nos rebanhos de elite, geralmente, são os criatórios que trabalham com rebanhos multiplicadores. Nesses rebanhos, os filhos de ovelhas e carneiros de elite, e mesmo os próprios animais de elite, produzirão grande quantidade de descendentes que se tornarão futuros matrizes e reprodutores nos rebanhos comerciais.

Os criatórios multiplicadores têm por objetivo a difusão de material genético de boa qualidade para os demais ovinocultores. E embora sejam criados em condições de campo, semelhantes àquelas em que seus filhos deverão apresentar alto desempenho zootécnico, esses genitores também devem ter sua progênie monitorada, quanto aos resultados produtivos.

Pode-se dizer, então, que os produtos de um rebanho multiplicador serão borregos e borregas de boa qualidade genética, que serão comercializados como reprodutores e matrizes.

Os rebanhos comerciais são aqueles rebanhos em que a maior parte dos ovinos produzidos se destina diretamente à produção, seja de carne, lã ou leite.

Os rebanhos comerciais são aqueles rebanhos em que a maior parte dos ovinos produzidos se destina diretamente à produção, seja de carne, lã ou leite.

Rebanhos comerciais

Os borregos e borregas produzidos nos rebanhos multiplicadores têm como destino os chamados rebanhos comerciais, onde se tornarão genitores dos ovinos de produção. Os rebanhos comerciais são aqueles rebanhos em que a maior parte dos ovinos produzidos se destina diretamente à produção, seja de carne, lã ou leite.

Os rebanhos comerciais são os mais numerosos e são responsáveis pela produção dos produtos da ovinocultura a serem colocados diretamente no mercado consumidor: carne, leite e lã. Portanto, os rebanhos comerciais são os mais numerosos e mais comuns.

Nos rebanhos comerciais de corte, por exemplo, os borregos e as borregas, carneiros e ovelhas, provenientes de rebanhos multiplicadores, principalmente, e eventualmente de rebanhos de elite, gerarão ovinos que serão recriados e terminados para abate, além das fêmeas de reposição destinadas ao rebanho de matrizes, escolhidas por meio de seleção. Da mesma maneira, isso ocorrerá em criatórios especializados em produção de lã ou produção de leite.

Os ovinos reprodutores gerarão as fêmeas leiteiras ou os animais de ambos os sexos produtores de lã. Será nos rebanhos comerciais, portanto, que a capacidade de um carneiro e de uma ovelha de transmitir características positivas deve se manifestar e será medida nos testes de progênie.

Por Andréa Oliveira.

Confira os Cursos CPT, da área Criação de Ovinos, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas.

Entre eles, destacam-se:

Curso CPT Melhoramento Genético de Ovinos

Curso CPT Inseminação Artificial em Ovinos Convencional e em Tempo Fixo

Curso CPT Raças e Cruzamentos de Ovinos

Curso CPT Criação de Ovinos de Corte

Curso CPT Criação de Ovinos para Produção de Lã

Curso CPT Instalações para Ovinos

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!