WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Vai anestesiar bovinos? Antes leia esta matéria

Os ruminantes são bons pacientes para receber anestesia geral, porém é uma espécie com elevado risco de complicações


Você, médico veterinário ou estudante de medicina veterinária, sabia que os ruminantes são bons pacientes para receber anestesia geral? Sim, acredite, é verdade. Porém, e preste muita atenção nisto, é uma espécie com elevado risco de complicações devido à possibilidade de salivação, regurgitação e aspiração do conteúdo. Sendo assim, é necessário todo um preparo do paciente para minimizar essas consequências.


O que fazer, então? Simples. "Primeiro é necessário deixar bem claro que a anestesia a campo em bovinos depende do temperamento do animal", explica Luís Eugênio Franklin Augusto, professor do Curso CPT Médico Veterinário Anestesista. Em animais mais dóceis, na maioria das vezes, pode ser feita uma simples sedação associada a anestesia local. Contudo, em animais mais reativos, dependendo do tipo de cirurgia, será necessário utilizar anestesia geral.


E quais são os cuidados necessários antes de realizar o procedimento?


a) Jejum
Os ruminantes apresentam um rumem que funciona como tanque reservatório de alimentos. Para diminuir a chance de fermentação do conteúdo e consequente timpanismo, esse reservatório deve ser esvaziado. Em animais jovens, o jejum alimentar pode chegar a 24 horas, e o jejum hídrico a 12 horas. Em animais adultos, de grande porte, o jejum alimentar pode chegar a 48 horas, e o jejum hídrico a 24 horas.


b) Avaliação do paciente
Antes de procedimentos anestésicos ou de sedação, a avaliação física é necessária. Nessa etapa, realiza-se a ausculta e a frequência cardíaca, ausculta pulmonar, mensuração da frequência respiratória e dos movimentos peristálticos.


c) Preparo do paciente
Após a avaliação física, o próximo passo é cateterizar a veia do paciente ou fazer a medicação pré-anestésica (MPA). A decisão sobre qual procedimento realizar primeiro dependerá de fatores como o temperamento do animal. Sendo um animal mais dócil, não é necessário fazer a pré-medicação para realizar o acesso venoso. Por outro lado, é mais interessante realizar a cateterização da veia antes da medicação para o caso de surgir alguma complicação durante a aplicação da MPA.

Vai anestesiar bovinos? Antes leia esta matéria

As veias mais utilizadas para realizar a cateterização em bovinos são as veias da orelha, a jugular ou as veias coccígeas. Inicialmente é preciso remover o pelo da região onde se encontram as veias. Depois, faz-se breve assepsia com algodão e álcool e, garroteando a veia com a própria mão, introduz-se o cateter.


A fixação do cateter pode ser feito com uma super cola, colocando o produto na base do cateter e do PRN, e pressionando sobre a orelha para fixar. Em seguida, acopla-se o soro ao cateter e verifica-se se o mesmo está realmente na veia. Para isso, deve-se abrir todo o soro, se a região onde se encontra o cateter não inchar, significa que o mesmo está no lugar certo. Para confirmar, basta baixar o frasco; se o sangue voltar, significa que o procedimento está correto.


Gostou da matéria? Saiba que o Curso CPT Médico Veterinário Anestesista é uma excelente opção de capacitação profissional. Este curso de extensão universitária é reconhecido pelo MEC, oferece uma carga horária de 80 horas, e aborda de forma abrangente e aprofundada os princípios e práticas da anestesia veterinária.


Em um cenário onde a demanda por especialistas é alta e a oferta ainda é limitada, esta é uma oportunidade única para profissionais capacitados se destacarem. Além disso, a área de anestesia veterinária é reconhecida não apenas pela sua importância clínica e lucrativa, mas por abrir portas para oportunidades de carreira diferenciadas, fortalecendo sua posição no mercado e contribuindo para o sucesso profissional.


Invista no seu sucesso profissional. Especialize-se em anestesia veterinária!


Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!

Precisa de ajuda?