WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Curso Segredos do Vinho

A raiva acomete todas as espécies de mamíferos. Verdade ou mentira?

Verdade. A Raiva é uma enfermidade que possui grande potencial zoonótico (100% letal), acometendo todas as espécies de mamíferos (domésticos e silvestres)

A raiva acomete todas as espécies de mamíferos. Verdade ou mentira?   Artigos CPT

Verdade. A Raiva é uma enfermidade que possui grande potencial zoonótico (100% letal), acometendo todas as espécies de mamíferos (domésticos e silvestres). As perdas econômicas significativas acontecem devido à mortalidade dos animais.

A transmissão acontece ao contato direto com a saliva infectada do animal. Em animais silvestres, o morcego Desmodus rotundus é tido como a espécie de maior importância, possuindo a eliminação do vírus por até 202 dias, sem apresentação de sinais clínicos.

“Este vírus é de replicação intensa, principalmente no sistema nervoso central. Também ocorre nos nervos periféricos quando acontece uma infecção descendente”, explica Dra. Magna Coroa Lima, professora do Curso CPT Microbiologia Veterinária.

1- Em herbívoros


Existem as formas paralítica (mais comum) e furiosa. Geralmente é transmitida por morcegos, mas também por animais silvestres e cães.

Sinais clínicos:
• Isolamento do animal e afastamento do rebanho;
• Apatia e perda do apetite;
• Cabeça baixa;
• Indiferença ao que se passa ao seu redor.

2- Em cães


Na fase prodrômica apresentam mudança de comportamento, filamento de saliva pela boca, olhar diferente e latidos roucos. Na fase furiosa, apresentam excitação, irritação e agressividade. Mordem as pessoas, outros animais ou a si próprios, às vezes com fúria, e tendem a fugir e andar longas distâncias.

Diagnóstico da Raiva


O animal deverá ficar em isolamento por aproximadamente 10 dias. Na amostra coletada, quando verificado em lâmina, o corpúsculo de Negri é o sinal específico para a Raiva, acontecendo em aproximadamente 50% dos casos. Eles desaparecem após 6 horas da morte.

O teste laboratorial (em laboratórios oficiais) mais recomendado é o de imunofluorescência direta (IFD), onde os agregados específicos do nucleocapsideo são identificados pela fluorescência.

Gostou da matéria? Quer aumentar um pouco mais seus conhecimentos sobre o assunto? Leia a(s) matéria(s) abaixo:


Salmonella e a Shigella. Por que essas bactérias são tão importantes?

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!