WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Tudo o que você precisa saber sobre plantio direto

O plantio direto preserva as características biológicas, químicas e físicas do solo

Tudo o que você precisa saber sobre plantio direto

Segundo Afonso Peche Filho, especialista em engenharia de biossistema e professor do Curso CPT Plantio Direto, o plantio direto preserva as características biológicas, químicas e físicas do solo. Por meio desse sistema, os resíduos culturais são mantidos no solo. Na verdade, temos o revolvimento mínimo do solo e a manutenção da cobertura morta de espécies vegetais distintas cultivadas no sistema de rotação de culturas.

O que fazer antes do plantio direto?


Antes do plantio direto, o produtor deve definir as culturas de cobertura, bem como a época de plantio e corte. Além disso, ele deve estabelecer as rotações de cobertura, os tipos de culturas utilizadas e as melhores épocas do ano para realizar as técnicas. Sem falar que deve ser realizado o orçamento dos insumos para viabilizar a prática. Da mesma forma, ele deve estimar o maquinário e a mão de obra necessários para o sistema.

Como é realizado o plantio direto?


Para formar a palhada, é importante escolher a cobertura vegetal com base no processo de decomposição da palhada. Nesse caso, o principal fator a ser considerado é a relação carbono/nitrogênio das plantas de cobertura. Embora não exista uma espécie vegetal ideal para cobertura, o produtor deve ter conhecimento sobre as principais plantas de cobertura para fazer um planejamento mais assertivo.

Quais as vantagens do plantio direto?


Quando a palhada é mantida no solo, garante-se a sua estruturação com matéria orgânica e material agregado, o que aumenta a fertilidade do solo. Outra vantagem do plantio direto é a interrupção do ciclo de insetos e doenças proporcionada pela rotação de culturas. Sem falar no aumento da matéria orgânica do solo e dos processos aleloquímicos responsáveis por controlar as doenças e melhorar os ciclos biológicos do solo.

E não para por aí! O SPD também descarta a necessidade de preparo de solo, reduz os processos de erosão do solo (graças à manutenção da cobertura vegetal) e dificulta o crescimento de plantas daninhas na área.

Desvantagens do plantio direto?


Embora apresente uma série de vantagens, o SPD também apresenta desvantagens, dentre elas, a compactação do solo. Antes do plantio direto, se a descompactação e drenagem do solo não forem bem planejadas, talvez sejam novamente necessários o revolvimento e nivelamento do solo. Além disso, conforme a época de semeadura, principalmente quando em situações de alta umidade, pode haver dificuldade de germinação das sementes.

Como o solo com palhada favorece a germinação, o produtor pode ter problemas para controlar as plantas daninhas. Em alguns casos, pode ser necessário até mesmo o uso de herbicidas. Além disso, os arados e as grades devem ser substituídos, pois passam a ser desnecessários no SPD.

Conheça os Cursos CPT da Área Mecanização Agrícola:

Plantio Direto

Mecanização em Pequenas Propriedades

Manutenção de Tratores Agrícolas

Fonte: Blog Aegro

Por Andréa Oliveira

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis E-book Miniguia Básico Sobre Preparo do Solo

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!