WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Vai fabricar móveis? Preocupe-se com a segurança dentro da marcenaria

A estruturação de uma pequena fábrica de móveis deve ser simples e muito bem planejada, permitindo o funcionamento de uma marcenaria com segurança

Vai fabricar móveis? Preocupe-se com a segurança dentro da marcenaria   Artigos CPT

 

A estruturação de uma pequena fábrica de móveis deve ser simples e muito bem planejada, permitindo o funcionamento de uma marcenaria com segurança, conforto, possibilitando um fluxo de materiais adequado, com espaço adequado para as máquinas.

Ao propor um layout interno para o galpão, leve em consideração a distribuição das máquinas. Aquelas máquinas destinadas à etapa de corte devem ficar mais próximas ao portão de entrada. Já aquelas que são utilizadas nas etapas finais da produção, devem ficar mais ao fundo”, afirma Prof. Dr. José Reinaldo Moreira da Silva, do Curso CPT Como Montar e Operar uma Pequena Fábrica de Móveis. A área de circulação deve ser projetada para facilitar o fluxo de pessoas, de materiais e de produtos acabados em toda a instalação.

Externamente, o galpão deve apresentar-se como uma construção relativamente simples, com portas grandes na parte frontal, planejadas para facilitar o descarregamento de matéria-prima e a saída dos móveis prontos. Isso é de grande importância porque a marcenaria trabalha com matéria-prima pesada e de grandes dimensões, de difícil movimentação. Portas grandes vão, além de garantir facilidade de movimentação, evitar que ocorram danos tanto na matéria-prima que está chegando, quanto nos móveis prontos que estão saindo. Também estes portões devem garantir facilidade de movimentação, fato que reduz as possibilidades de acidentes de trabalho.

Outra característica importante de um bom galpão, para a instalação de uma fábrica de móveis, é que nas paredes laterais ele tenha janelas amplas, que permitam entrada de luz, reduzindo a necessidade de iluminação artificial. O trabalho da marcenaria exige que os marceneiros tenham facilidade de visualização dos detalhes e qualidade das peças produzidas e ferramentas com que trabalham. Então, a iluminação é fundamental.

A distribuição das máquinas no interior do galpão deve ser feita em função do fluxo de produção. Próximo à porta de entrada devem ser instaladas as serras de fita que são usadas em pré-cortes e também as serras circulares, que são utilizadas nas etapas iniciais de definição do tamanho das peças. Na porção intermediária do galpão, devem estar posicionadas as desempenadeiras e desengrossadeiras, máquinas utilizadas na aparelhagem da madeira. Já mais ao fundo do galpão devemos posicionar as máquinas destinadas à execução de encaixes, entalhes e detalhes decorativos, como a tupia, respigadeira, torno e lixadeiras. Essas últimas etapas são aquelas que precedem a montagem do móvel.

O posicionamento das máquinas dentro do galpão deve sempre seguir uma lógica de fabricação, o que constitui um fator de grande importância, pois contribui para maior rendimento do trabalho feito na marcenaria.

Gostou do assunto? Leia também a(s) matéria(s) abaixo:


- Vai montar uma marcenaria? Atenção às partículas sólidas de madeira!

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:



Conheça os Cursos CPT da área Marcenaria.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!