WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Pisos de madeira: quais as vantagens e qual escolher?

Os pisos de madeira são uma opção mais requintada para ambientes residenciais e até comerciais

Casa com piso de madeira - imagem meramente ilustrativa

Wilhelmus Deutsch, professor do Curso CPT Marcenaria – Nível Básico, ressalta que em muitas casas, as madeiras não estão presentes apenas nos móveis ou em ambientes externos, como elemento decorativo, mas também no chão, haja vista a beleza e a praticidade que os pisos de madeira são capazes de proporcionar.

Nos dias atuais, a escolha pela madeira para o chão passou a ser uma opção vantajosa e requintada. Qualquer ambiente fica muito mais elegante com o revestimento nesse material, que combina com vários tipos de decoração e apresenta, em muitos casos, mais praticidade na hora da limpeza.

Vantagens dos pisos de madeira

É possível listar uma série de vantagens que os pisos de madeira oferecem a residências e até a estabelecimentos comerciais. Dentre elas, destaca-se a resistência do material e o aspecto luxuoso, levando-se em conta a necessidade de realizar o tratamento adequado do piso. Ainda, vale a pena mencionar o fato de ele ser um piso “quente”, ideal para salas de TV e quartos. Também por conferir rusticidade aos ambientes, esse tipo tem sido privilegiado cada vez mais em projetos residenciais.

Tipos de pisos de madeira

- Pisos que imitam a madeira

Antes de falar dos principais, menciona-se aqui os pisos que imitam a madeira, a exemplo de alguns vinílicos e porcelanatos. A imitação está apenas na parte visual, pois, levando-se em consideração que a madeira não pode receber água, os “imitadores” podem ser colocados em ambientes que são, comumente, molhados.

- Laminados

Apesar de não possuir madeira em toda a sua composição, os pisos laminados são considerados como um tipo de piso de madeira pelo fato de esse material estar presente em parte deles. Logo, são uma alternativa mais barata, sem perder o requinte que o aspecto amadeirado traz. Além de serem antialérgicos, também garantem bom isolamento acústico e conforto térmico.

- Taco

Os tacos eram tendência há alguns anos e, recentemente, voltaram com tudo. Com a busca por ambientes que possuem um toque mais vintage, eles se tornaram uma boa escolha e, por isso, passaram a ser valorizados novamente. Seu aspecto pode ser renovado regularmente, porque eles podem ser lixados e envernizados várias vezes.

- Parquet

Apesar de ser confundido com o taco, o parquet apresenta algumas diferenças: enquanto os tacos precisam ser montados de forma alinhada, os parquets são montados para que as peças formem desenhos geométricos, oferecendo como resultado um chão mais estético e versátil para decoração.

- Assoalho

Para quem tem mais dinheiro para investir nos pisos, o assoalho de madeira é o tipo ideal. A madeira utilizada é “pura”, isto é, ela recebe um tratamento apenas para se tornar piso, com aspecto mais denso e durável. Como contraponto, risca muito fácil e o isolamento acústico proporcionado pelo assoalho não é muito eficiente.

- Deck

Os decks feitos de madeira são muito utilizados em ambientes externos, como jardim e área de piscinas. É também uma opção mais cara, todavia sua vida útil é prolongada. No entanto, para isso, exige manutenção frequente e o verniz tem que ser renovado. Sua temperatura não varia muito, o que justifica sua utilização em ambientes externos, que costumam ficar muito expostos ao sol durante o dia.

Como limpar pisos de madeira?

Com exceção daqueles que imitam a madeira, deve-se tomar muito cuidado com a água em todos os tipos de piso de madeira. Alguns não podem ser molhados de forma alguma; outros até podem, mas demandam manutenção para evitar que se deteriorem rapidamente. O ideal é varrer ou passar um aspirador, complementando a limpeza com panos umedecidos e com produtos próprios para pisos de madeira.

 


Conheça os Cursos CPT da Área Marcenaria:

Marcenaria – Nível Básico
Marcenaria – Nível Intermediário
Marcenaria – Nível Profissional

Fonte: Viva Decora Blog – vivadecora.com.br
por Renato Rodrigues

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!