WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Dia do Cliente

Laminação em madeiras para a fabricação de móveis

Para que madeiras como compensado, MDF, aglomerado e OSB tenham um aspecto vistoso, muitas vezes, são feitos revestimentos com lâminas que podem ser naturais ou artificiais, o que facilita a vida do marceneiro, bem como evita desperdícios

Os revestimentos em madeiras para a fabricação de móveis são feitos com lâminas que podem ser naturais ou artificiais.

Os revestimentos em madeiras para a fabricação de móveis são feitos com lâminas que podem ser naturais ou artificiais. 

Os revestimentos permitem que madeiras menos nobres ou as industrializadas, como compensado, MDF, aglomerado e OSB, tenham uma aparência mais agradável, além da redução de custos. Os revestimentos nessas madeiras são feitos com lâminas que podem ser naturais ou artificiais. Os painéis vendidos no mercado, já revestidos, facilitam a vida do marceneiro, tornando o processo de fabricação do móvel mais rápido, evitando desperdícios. Comprar o painel já revestido reduz o tempo de trabalho em aproximadamente 50%. Porém, nem sempre atende às necessidades do cliente. Nesse caso, o próprio marceneiro irá se encarregar de fazer o revestimento.

Revestimento com lâminas naturais

Faqueação

As lâminas de madeira são utilizadas para revestir painéis usados na fabricação de móveis e outros utensílios. Sua produção é feita a partir de um processo de faqueação, em que as toras são colocadas em um equipamento que as faz girar longitudinalmente contra um sistema de facas, de forma e operação variadas, e que retiram uma fina lâmina contínua da tora, com 1,0 mm de espessura, cujo comprimento e largura variam com as dimensões da tora processada. A faqueação tem como grande vantagem a manutenção das características estéticas originais da madeira, em termos de desenhos das fibras e coloração, em diferentes processos. Com isso, é possível, por meio do revestimento, dar a mesma aparência das fibras, veios e nós de qualquer madeira de lei, a um painel de MDF, Compensado ou Aglomerado, por exemplo.

Lâminas de madeira - rádicas

A possibilidade de extrair lâminas de praticamente qualquer espécie de madeira de lei permite que seja encontrado no mercado grande número de tipos de madeiras em lâminas, viabilizando a fabricação de móveis com diferentes aparências na superfície. Entre as espécies de lâminas de madeira, destacam-se as rádicas, muito utilizadas no mobiliário. São lâminas provenientes de troncos nodosos. O seu corte pode ser feito em galhos, forquilhas, raízes e troncos atravessados. Dificilmente são encontradas na natureza. Cada rádica tem seu desenho proveniente da natureza e oferece um efeito especial aos móveis.

As lâminas podem ser coladas com cola branca (PVA), de contato ou à base de ureia-formol.

As lâminas podem ser coladas com cola branca (PVA), de contato ou à base de ureia-formol.

Colagem das lâminas

As lâminas podem ser coladas com cola branca (PVA), de contato ou à base de ureia-formol. Para aplicação com a cola branca ou cola à base de ureia-formol, o ideal é usar pincel ou trincha e, para a aplicação com a cola de contato, uma espátula. No caso da cola de contato, use um pedaço de madeira retangular para alisar a lâmina e retirar o ar. Na colagem da lâmina com cola branca ou ureia-formol, será necessário prensar. Podem ser usadas prensas manuais ou hidráulicas, as quais fixam firmemente as superfícies a serem aderidas, até que o adesivo seque. Normalmente, as prensas manuais trabalham a frio, enquanto as hidráulicas podem operar a quente. O aquecimento acelera a secagem do adesivo e ainda garante maior qualidade ao processo de laminação.

Ferramentas usadas para a colagem de lâminas de madeira

-Uma régua para auxílio no corte, que tem uma lixa na face inferior para que não escorregue;
-O cortador de folha, que tem lâmina serrilhada;
-O estilete, que tem a mesma função do cortador de folha;
-A fita adesiva, usada como elemento de apoio durante o corte;
-A cola PVA;
-Um pincel para distribuição da cola;
-Um ferro de passar para acelerar a colagem.

Prensagem das lâminas

A prensa manual tem uma mesa que serve de base para a prensagem, onde a chapa é colocada, e uma mesa superior que faz a pressão sobre a lâmina durante a colagem. A pressão é exercida por parafusos, que forçam a mesa superior sobre toda a superfície da lâmina a ser aderida. Podem ser prensadas várias peças ao mesmo tempo. Em superfícies pequenas, podem ser usados grampos em grande número, distribuindo o aperto por toda a lâmina, por meio de uma chapa de madeira dura.

Armazenamento

“É fundamental estocar as lâminas em uma superfície plana e cobri-las com lona ou plástico preto. Evite enrolá-las. Como absorvem umidade do ambiente, as lâminas precisam ser armazenadas em locais nem muito úmidos nem muito secos”, afirma o professor Wilhelmus Deutsch, do curso Marcenaria – Nível Intermediário, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Revestimento com lâminas artificiais

Destacaremos aqui os revestimentos artificiais mais usados:

Laminados de alta pressão (BP)

Os laminados de alta pressão têm inúmeras vantagens, entre elas, a alta resistência à umidade, à alta temperatura, à ação de produtos de limpeza e até mesmo à abrasão. Esse laminado é uma sobreposição de camadas de papel Kraft, impregnadas com resina fenólica, e de uma folha de papel decorativa, impregnada com resina melamínica. Esse conjunto é submetido a um ciclo de prensagem a quente, obtendo-se o laminado compacto. São apresentados no mercado em duas versões: Standard e Postforming.

-Standard: Laminado convencional de alta pressão. Devido à sua resistência superior às manchas, aos impactos e ao calor, proporciona mais durabilidade ao mobiliário. É muito utilizado em restaurantes, bares, residências, escritórios, clínicas e hospitais.

-Postforming: Laminado decorativo de alta resistência termo-moldável, que se diferencia dos demais laminados, por sua propriedade de poder ser curvado quando aquecido em equipamento específico. A sua aplicação pode ser feita em bordas arredondadas, com raio mínimo interno ou externo de 12,7 mm. Pode ser usado em tampos de pias de banheiro, cozinha e escritórios.

Ferramentas usadas para a colagem de lâminas plásticas

-A espátula dentada, para distribuição da cola;
-O cortador de lâmina plástica, que tem na sua extremidade uma ponta de “widea”, com alto poder de corte e resistência;
-Roletes de madeira de auxílio à colagem;
-Régua para direcionar o corte;
-Cola de contato;
-Tupia para fazer o acabamento lateral.

Lâminas pré-compostas

São lâminas produzidas a partir de madeiras de reflorestamento, sendo o álamo a maior parte da madeira utilizada. As lâminas são torneadas, tingidas, coladas e prensadas formando um bloco. De acordo com o número de vezes que o bloco é faqueado, surgem os vários padrões (desenhos) da lâmina. Esse processo é feito com a ajuda de computadores. Dessa forma, as lâminas são usadas com vantagens em reforma de móveis, ou para fazer os móveis por etapas, já que o marceneiro poderá encontrar uma mesma tonalidade usada em um móvel já feito (que tenha sido produzida com a lâmina de madeira pré-composta). A colagem pode ser feita por processo a frio ou quente, com cola branca (PVC) ou à base de ureia-formol.

Leia o artigo Técnicas para restauração de móveis antigos.

Confira mais informações, acessando os cursos da área Marcenaria.

Por Andréa Oliveira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Luciame

1 de mai de 2019

Boa noite! Amei seu artigo . Estou tentando fazer alguns objetos com lâmina. Temos muitas pois a fábrica de móveis da família fechou. Há muitas laminas (kilometros) tanto simples como as mais elaboradas . Gostaria de saber se também haveria interesse em adquiri- las . Boa noite e mais uma vez parabéns. Grata

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de mai de 2019

Olá Luciame,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes em saber que você gostou do nosso artigo, desejamos sucesso na criação desses objetos.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!