WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Princípios básicos de higienização para indústrias de alimentos

A higienização deve ser capaz de eliminar sujidades visíveis e não visíveis e destruir microrganismos patogênicos e de deterioração, a fim de evitar transtornos à indústria de alimentos

Princípios Básicos de Higienização para Indústrias de Alimentos   Artigos CPT

Durante o processo de fabricação de alimentos, verifica-se o acúmulo de um conjunto de materiais indesejáveis, entre os quais restos de alimentos, corpos estranhos, substâncias químicas do processo, e microrganismos. “Também pode resultar em contaminação por uma ineficiente manutenção dos equipamentos ou por contaminação ambiental”, explica Prof.ª Dr.ª Cristiane Sampaio Fonseca, do Curso CPT Higienização nas Indústrias de Alimentos. Esses materiais indesejáveis são habitualmente designados de “resíduos” ou “sujidades”.

- Processo de limpeza


O processo de limpeza consiste essencialmente na eliminação de restos de alimentos e outras partículas que ficam sobre as superfícies. Dentro dos materiais indesejáveis mencionados, deve ser dada especial atenção à eliminação e ao controle dos microrganismos, sobretudo, dos microrganismos causadores de doenças (patogênicos) e dos que causam a deterioração do produto.

- Higienização de superfícies, atmosfera e equipamentos


A higienização deverá, assim, assegurar a eliminação das sujidades visíveis e não visíveis e a destruição de microrganismos patogênicos e de deterioração, até níveis que não coloquem a saúde dos consumidores em risco e mantenha a qualidade do produto. Deverá, também, ser respeitada a integridade das superfícies de trabalho e deverá haver o cuidado de eliminar qualquer produto químico utilizado no processo de higienização. Uma higienização corretamente efetuada deve conduzir à eliminação, tanto quanto possível, dos microrganismos presentes tanto nas superfícies como na atmosfera dos locais de trabalho e dos equipamentos.

- Tipos de higienização


Dependendo do processo de fabricação, do tipo de produto, do tipo de superfícies e do nível de higiene requerido, a higienização pode ser efetuada apenas através de uma limpeza (L), ou de limpeza seguida de desinfecção (L+D). Especialmente no caso da desinfecção química, a limpeza deve, em grande parte das situações, preceder à desinfecção para que esta seja eficaz, pois os restos dos alimentos interferem com os agentes de desinfecção.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


Boas práticas de fabricação para indústrias de alimentos

Conheça os Cursos CPT da área Laticínios.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!