WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Higiene e desinfecção na indústria de alimentos

Cada estabelecimento inserido na indústria de alimentos deve assegurar sua limpeza e desinfecção e seus colaboradores devem estar bem capacitados em técnicas de limpeza

Higiene e desinfecção na indústria de alimentos   Artigos CPT

Cada estabelecimento inserido na indústria de alimentos deve assegurar sua limpeza e desinfecção. “Os colaboradores devem ter pleno conhecimento da importância da contaminação e dos riscos que causam, devendo estar bem capacitados em técnicas de limpeza”, afirma a Prof.ª Dr.ª Cristiane Sampaio Fonseca, do Curso CPT Higienização nas Indústrias de Alimentos.

É importante exaltar que nas indústrias de alimentos não devem ser utilizados, nos procedimentos de higiene, substâncias odorizantes e, ou desodorizantes, em qualquer de suas formas, nas áreas de manipulação, com o objetivo de evitar a contaminação pelos mesmos e dissimulação dos odores.

O que saber quanto ao processo de higiene e desinfecção nas indústrias de alimentos:


I- Subprodutos utilizados na higiene e desinfecção em indústrias de alimentos
Os subprodutos deverão ser armazenados de maneira adequada e aqueles subprodutos resultantes da elaboração de produtos alimentícios que sejam veículos de contaminação deverão ser retirados das áreas de trabalho sempre que for necessário.

II- Manipulação, armazenamento e eliminação de resíduos
O material de resíduo deverá ser manipulado de forma que se evite a contaminação dos alimentos e, ou da água potável. Deve-se ter especial cuidado em impedir o acesso das pragas e resíduos ao local de processamento e manipulação de alimentos. Os resíduos deverão ser retirados das áreas de manipulação de alimentos e de outras áreas de trabalho, todas as vezes que for necessário e, pelo menos uma vez por dia. Imediatamente após a retirada dos resíduos dos recipientes utilizados para o armazenamento, todos os equipamentos que tenham entrado em contato com eles deverão ser limpos e desinfetados. A área de armazenamento de resíduos deverá, ainda assim, ser limpa e desinfetada.

III- Proibição de animais domésticos
A entrada de animais em todos os locais onde se encontrem matérias-primas, material de envase, alimentos terminados ou em qualquer das etapas de industrialização, deverá ser impedida.

IV- Sistema de combate às pragas e vetores urbanos
Deverá ser aplicado um programa eficaz e contínuo de combate às pragas. Os estabelecimentos e as áreas circundantes deverão ser inspecionados periodicamente, de forma a diminuir ao mínimo os riscos de contaminação. Em caso de alguma praga invadir os estabelecimentos, deverão ser adotadas medidas de erradicação.

As medidas de combate, que compreendem o tratamento autorizado com agentes químicos e, ou biológicos e físicos, só poderão ser aplicadas sob a supervisão direta de pessoas que conhecem profundamente os riscos que esses agentes podem trazer para a saúde, especialmente se esses riscos originarem-se dos resíduos retidos no produto. Antes de aplicação de praguicidas, deve-se ter o cuidado de proteger todos os alimentos, equipamentos e utensílios contra a contaminação. Após a aplicação dos praguicidas autorizados, deverão ser limpos, minuciosamente, o equipamento e os utensílios contaminados, a fim de que sejam eliminados todos os resíduos, antes de serem novamente utilizados.

V- Armazenamento de substâncias perigosas
Os praguicidas, solventes ou outras substâncias tóxicas que possam representar risco para a saúde deverão ser etiquetados adequadamente com rótulo no qual se informe sobre a toxidade e emprego. Esses produtos deverão ser armazenados em salas separadas ou armários com chave, especialmente destinados a essa finalidade, e só poderão ser distribuídos e manipulados por pessoal autorizado e devidamente treinado, ou por outras pessoas, desde que sob supervisão de pessoal competente. Deverá ser evitada a contaminação de alimentos.

Salvo quando for necessário para a higiene ou a elaboração, não se deverá utilizar ou armazenar, na área de manipulação de alimentos, nenhuma substância que possa contaminá-lo. Após a manipulação ou contato com substâncias perigosas, os funcionários devem realizar a higienização correta do uniforme.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 


Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Princípios Básicos de Higienização para Indústrias de Alimentos

Conheça os Cursos CPT da área Laticínios.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!