WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Saiba mais sobre fertirrigação

A fertirrigação por gotejamento é mais eficiente, pois a área irrigada alcança maior nível de profundidade do solo

Saiba mais sobre fertirrigação

“Na fertirrigação, são aplicados fertilizantes via sistemas de irrigação. Com isso, o fertilizante chega às raízes da planta mais rapidamente, o que aumenta a eficiência do processo. Já no método convencional, o adubo primeiramente é aplicado no solo para, depois, ser molhado pela irrigação ou chuva. Dessa forma, ele se mistura no solo para ser absorvido pelas plantas”, explica Márcio Mota ramos, engenheiro Agrônomo e professor do Curso CPT Aplicação de Fertilizantes e Defensivos Via Irrigação.

Fertirrigação por microaspersão ou por gotejamento?


A fertirrigação é realizada por microaspersão ou por gotejamento. Este último é um sistema de irrigação localizada, sendo bem mais eficiente, pois a área irrigada alcança maior nível de profundidade do solo. O mesmo não ocorre com a microaspersão que irriga apenas a superfície do solo.

Na verdade, a microaspersão é utilizada para aplicação de defensivos e cultivo de frutíferas. Como já dissemos, este é um sistema de irrigação superficial do solo, mas que abrange um perímetro utilização maior.

O que devo considerar antes de investir em fertirrigação?


Antes de investir em fertirrigação, o produtor rural deve tomar alguns cuidados essenciais para chegar a melhores resultados. Devem ser considerados os nutrientes a serem utilizados e a compatibilidade entre eles, além da qualidade e do tipo de fertilizante escolhido. Caso contrário, os resultados não serão favoráveis.

Primeiramente, deve-se avaliar a pureza dos fertilizantes. Se eles são compatíveis com outros fertilizantes ou defensivos, se apresentam alta solubilidade, se não tornam o solo ácido nem salino. Enfim, todas essas considerações devem ser avaliadas antes da fertirrigação.

Nutrientes


Na fertirrigação, são utilizados nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K), nutrientes indispensáveis à boa nutrição das plantas. Tanto o nitrogênio (nitrato de amônio) como o potássio (cloreto de potássio) apresentam boa solubilidade na água. Quando os nutrientes são incompatíveis, pode haver problemas de solubilidade, o que resulta em obstruções no sistema de irrigação ao realizar a fertirrigação.

Quais as vantagens da fertirrigação?


->Reduz os danos à plantação e ao solo, pois não são utilizadas máquinas agrícolas;
->Reduz o consumo de água em 30%, pois utiliza a irrigação localizada;
->Reduz os custos com mão de obra e maquinário, pois o sistema de irrigação é permanente;
->Permite a aplicação de defensivos junto a fertilizantes, contanto que sejam compatíveis;
->Facilita a aplicação do fertilizante independentemente do clima e do ciclo da cultura;
->Garante maior equilíbrio e homogeneidade de nutrientes no solo e na lavoura;
->Reduz as perdas de nitrogênio.

Conheça os Cursos CPT da Área Irrigação:

Aplicação de Fertilizantes e Defensivos Via Irrigação

Projeto de Irrigação Localizada

Irrigação em Pequenas e Médias Propriedades

Fonte: Tecnologia no Campo

Por Andréa Oliveira

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis E-book Guia Básico de Irrigação

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!