Projeto de irrigação: como coletar amostras de água?

A coleta de amostras da água que será usada na irrigação, que parece uma tarefa relativamente simples, exige alguns cuidados necessários para uma correta amostragem

Projeto de irrigação: como coletar amostras de água?   Artigos Cursos CPT

 

Para avaliar a qualidade da água que será usada na irrigação, torna-se necessário coletar amostras para serem enviadas a um laboratório, onde análises deverão ser realizadas. A coleta de amostras da água, que parece uma tarefa relativamente simples, exige alguns cuidados necessários para uma correta amostragem.

“Mais do que mergulhar uma garrafa na água para retirar uma amostra, é importante obter uma amostra representativa e estabilizada da fonte de água (rio, córrego, poço etc.) amostrada, e das condições locais que podem interferir, tanto na interpretação dos dados quanto nas análises laboratoriais”, afirma Carlos Henrique Ramalho Ferenc, professor do Curso a Distância CPT, em Livro+DVD e Curso Online, Projeto de Irrigação Localizada.

O local escolhido para a coleta das amostras deve ser representativo do manancial que se quer estudar, evitando, sempre que possível, obter amostras em locais onde ocorre despejo ou concentração de materiais que possam acarretar distorções nos resultados. Exceção deve ser feita no caso em que se deseja conhecer os teores desseselementosnesses locais paraestudosespecíficosde irrigação e drenagem.

Caso a amostragem seja feita em poços de água subterrânea, cabe ressaltar que esse tipo de água apresenta características qualitativas relacionadas com as estruturas geológicas por onde circulam e também são suscetíveis de contaminação por fontes externas poluidoras. Como a água existente no poço, após a sua abertura, e antes da sua primeira extração não representa a água do aquífero, deve-se primeiro bombear uma boa quantidade de água, deixando-o funcionar pelo menos por meia hora antes da coleta da água na boca do poço.

A técnica a ser adotada na coleta de amostras de água depende do manancial, ou seja, se a água é de superfície, subterrânea, encanada, residuária ou sedimento de fundo. Depende, também, do tipo de análise a ser solicitada, quer seja, análise físico-química, microbiológica, biológica ou radiológica, sendo a primeira a mais comum para o uso com finalidade de irrigação.

Os recipientes mais indicados para a coleta, embalagem e transporte das amostras são os frascos de plástico ou de vidro, sendo que o vidro não é recomendado, se for realizada análise do teor de boro. O recipiente de coleta deve ser lavado com água do próprio local de coleta. Garrafas de água mineral são adequadas para este tipo de coleta.

Independentemente das características que serão analisadas, os seguintes cuidados devem ser tomados:


- As amostras não devem conter partículas grandes, detritos, folhas ou outro tipo de material acidental, salvo quando se tratar de amostra de sedimento;
- A coleta da amostra de água deve ser feita com a boca do frasco de coleta contra a corrente, para minimizar a contaminação da amostra;
- Coletar um volume maior de água para eventual necessidade de se repetir alguma análise no laboratório (sugerem-se dois litros para amostragem);
- A parte interna dos frascos e do material de coleta, assim como as tampas não podem ser tocados com as mãos ou ficarem expostas ao pó, fumaça ou outras impurezas;
- Empregar somente os frascos e as preservações recomendados para cada tipo de determinação.

Após a coleta da amostra, é necessário fazer a sua identificação, cujos dados a serem preenchidos são os seguintes:


- Identificação do ponto de amostragem e sua localização (profundidade, nome do curso d’água, poço etc.).
- Nome do proprietário.
- Data da coleta.
- Horário da coleta.
- Responsável pela coleta.
- Indicação dos parâmetros a serem analisados no laboratório.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Irrigação.
Por Silvana Teixeira.

 

Cursos Relacionados

Curso Irrigação em Pequenas e Médias Propriedades Curso Irrigação em Pequenas e Médias Propriedades

Com Prof. Dr. Márcio Mota e Prof. Dr. Rubens de Olive...

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Manejo de Irrigação - Quando e Quanto Irrigar Curso Manejo de Irrigação - Quando e Quanto Irrigar

Com Prof. Dr. Márcio Mota e Prof. Dr. Rubens de Olive...

R$ 426,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Projeto de Irrigação Localizada Curso Projeto de Irrigação Localizada

Com Prof.ª Dr.ª Francisca Zenaide, Prof. Carlos Henr...

R$ 586,00 à vista ou em até 12x de R$ 48,83 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Irrigação

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade