WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

A irrigação e economia de água

A irrigação agrícola é a maior consumidora hídrica no nosso país

Microaspersor

Nos últimos anos, vemos cada vez mais ocorrência de escassez de água no Brasil, cuja alta disponibilidade hídrica sempre foi motivo de admiração. Isso se deve a um conjunto de fatores que vem sendo acumulados há anos, dentre eles a poluição, o desperdício e manejo incorreto desses recursos.

A irrigação agrícola é a maior consumidora hídrica no nosso país. Embora não seja a causa primária da escassez que vem acontecendo, adotar algumas medidas de economia nesse setor, as quais, obviamente, não prejudiquem a produtividade, pode ajudar na preservação da água. A principal delas é utilizar sistemas de irrigação localizada, como o gotejamento, o qual tem um nível de aproveitamento de cerca de 95%, uma vez que o desperdício pela evaporação e uso em excesso praticamente não existe. “A irrigação localizada caracteriza-se pela aplicação de água diretamente sobre a zona radicular das plantas, em alta frequência e baixa intensidade, permitindo que o solo em torno do sistema radicular das plantas permaneça constantemente com a umidade elevada”, explicam Márcio Mota Ramos e Rubens Alves de Oliveira, professores do Curso a Distância CPT Irrigação em Pequenas e Médias Propriedades. Comumente, à técnica do gotejamento se associa a fertirrigação, que é um método de fertilização no qual os nutrientes são adicionados na água e disponibilizados às plantas ao irrigá-las. Dessa forma, a cultura absorve mais facilmente os sais e adubos minerais.

Ainda existem outras técnicas de irrigação localizada que contribuem para a economia de água, mesmo que o gotejamento seja o mais eficiente. O sistema de microaspersão, por exemplo, permite a distribuição hídrica em um espaço mais reduzido, alcançando as raízes mais próximas, evitando-se, também, a grande perda por evaporação e uso excessivo.

Outra medida que favorece o uso consciente da água na agricultura é monitorar, por meio de softwares especializados, as condições de umidade no solo e no ar, temperatura do ambiente, entre outros fatores. Isso permite o cálculo preciso da quantidade de água que deverá ser usada para suprir a necessidade da planta, o que reduz significativamente o gasto abusivo.

A escassez de água é um problema mundial que só há pouco tempo tem gerado transtornos maiores no Brasil, embora algumas regiões sofram desse mal desde sempre. Se todos os setores da economia e toda a população se conscientizarem e reduzirem, mesmo que só um pouco, o consumo abusivo, a falta de água poderá ser controlada.

 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área de Irrigação.

 

Curso Projeto de Irrigação Localizada

Curso Técnicas Mecânicas de Conservação de Água e Solo

Curso Irrigação em Pequenas e Médias Propriedades

 

Fonte: Brasil Escola - brasilescola.uol.com.br

Por Bruna Falcone Zauza

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!