WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Relação interpessoal e relação intrapessoal: qual a diferença?

Como o próprio nome diz, são as relações estabelecidas entre as pessoas, afirma Dr. Edson Moura da Silva, professor do Curso a Distância CPT Liderança Gerencial do CPT

Relação interpessoal e relação intrapessoal: qual a diferença?   Artigos Cursos CPT

 

Como o próprio nome diz, são as relações estabelecidas entre as pessoas, afirma Dr. Edson Moura da Silva, professor do Curso a Distância CPT Liderança Gerencial - Como Desenvolver Habilidades em Liderança, em Livro+DVD e Curso Online. Como você se relaciona com o seu colega de trabalho? Há respeito quando as diferenças ou os conflitos surgem? Há contribuições para facilitar a realização do trabalho do outro? As divergências de opiniões são discutidas de maneira respeitosa? Se você respondeu sim a essas perguntas, de fato, você possui características fundamentais para um bom trabalho em equipe.

Caso sua respostas tenham sido diferentes, veja a seguir o que fazer para melhorar suas relações interpessoais:


1- Julgamento precipitado
Não tire conclusões ou emita opinião sem apreensão devida dos fatos. Lembre-se de que aparência e boa conversa costumam enganar. Um perigoso ser chamado psicopata geralmente tem um jeito sedutor e uma conversa convincente, não é? No ditado popular “o capeta vem em forma de anjo”. Tem toda razão, pois, se viesse com chifres e bola de fogo na boca, tudo seria diferente.

2- Ataque pessoal
Ninguém gosta de ser chamado de incompetente, mal educado, grosso ou receber agressões similares. Como comportamento gera comportamento, tais atitudes só servirão como combustível para brigas. Quando houver a necessidade de apontar características pessoais inadequadas, procure utilizar vocabulário que não ofenda o caráter pessoal.

3- Fofocas e mentiras
Procure saber o objetivo de um comentário ou conversa. O fofoqueiro fala o que não tem necessidade de ser dito, enquanto o mentiroso, que age de má-fé, fala para prejudicar alguém, de quem, geralmente, não gosta ou sente inveja. Em ambos os casos, servem apenas como lenha para acender ainda mais a chama da discórdia e inviabilizar as boas relações entre as pessoas. Lembre-se de que, para os rumores acontecerem, dependerão de quem dá atenção a eles!

4- Preconceitos
Não diminua ou dê pouco crédito às pessoas por terem orientação sexual, religião, cor ou condição social diferente da sua. Para relacionar bem, é preciso ter educação. Humildade e simplicidade fazem parte da educação! Além disso, estão previstos, na Constituição Federal Brasileira, punições para danos e assédios, quando identificados nas relações de trabalho.

A relação intrapessoal, por sua vez, é a relação de uma pessoa com ela própria. Muitas vezes, a comunicação interpessoal é ruim pelo fato de a pessoa não estar bem com ela mesma, desconhecer as suas potencialidades e fragilidades. É preciso pensar nas metas pessoais de vida. Assim como uma organização anda à deriva, quando não se tem clareza dos caminhos a seguir, o mesmo acontece conosco, quando não estabelecemos nossos objetivos.

A relação intrapessoal é expressa através da satisfação que se tem consigo: amor, aceitação, conhecimento, respeito ao corpo, sentimentos, valores, bens e outros. Se uma pessoa não está bem consigo mesma, serão afetadas as relações afetivas e de trabalho, refletidas em baixa produtividade, insegurança, pessimismo, desânimo, retração, dentre outros.

Para melhorar a relação intrapessoal, algumas perguntas contribuem para a reflexão sobre a sua relação com os principais fatores que fazem parte da vida cotidiana e influenciam a sua vida:


- Quais são seus planos e objetivos presentes e futuros?
- O que você gosta de fazer como lazer? E tem feito? Por quê?
- Qual é a sua relação com o dinheiro? Necessita de muito para viver?
- Você trabalha mais do que descansa?
- Como anda a sua qualidade de vida?
- Sua saúde está bem? Costuma ouvir os conselhos de profissionais como médicos e nutricionistas?
- Você tem tempo para você? E para a sua família?
- Com que frequência você investe em sua crença espiritual?

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Treinamento de rodízio de função: por que fazer?
- Treinamento e desenvolvimento: quais as diferenças entre eles?
- Talentos: tudo o que uma empresa precisa para prosperar!

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Gestão Empresarial.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!