WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça o intraempreendedorismo

A cultura do intraempreendedorismo tem o objetivo de criar empresas inovadoras e disruptivas

Intraempreendedorismo - imagem ilustrativa

O mundo dos negócios passou por uma transformação radical nos últimos anos, devido às novas ferramentas que se tornaram populares a às novas formas de trabalhar proporcionadas pelo avanço tecnológico. Nesse sentido, a forma como as empresas se estruturam e se colocam no mercado também mudou, fazendo com que elas precisem se adaptar a esse novo cenário.

Guilherme Magalhães, professor do Curso CPT Empreendedorismo e Inovação, destaca a rapidez com que as coisas mudam, obrigando empreendedores e empresas a se ajustarem às novas “regras” e “padrões” estabelecidos por essas mudanças, deixando de lado alguns modelos já pré-estabelecidos.

Acompanhar tendências, manter o pensamento ativo e estar atento às transformações e novas tecnologias são ações fundamentais para que empresas se mantenham competitivas no meio empreendedor.

Nesse contexto, surge o intraempreendedorismo, cultura necessária para empresas que estimula o pensamento empreendedor de forma coletiva entre os colaboradores, valorizando o envolvimento, comprometimento e participação ativa das equipes na elaboração de inovações para o negócio.

Mais do que o pensamento individual, o coletivo tem papel fundamental na criação dessa cultura de intraempreendedorismo, com o intuito de criar empresas inovadoras e que rompam com os padrões já existentes no mercado. Se a equipe entende a importância do empreendedorismo, pessoas e empresas crescem de forma significativa.

Intraempreendedorismo na prática

Uma das possíveis definições de intraempreendedorismo é: compartilhamento de uma postura empreendedora, envolvendo a equipe nos processos e incentivando um ambiente de trabalho plural, criativo e inovador. Porém, como aplicar esse conceito na prática?

- Meritocracia em vez de “tempocracia”

Isto é, as pessoas conseguirão crescer de acordo com a apresentação de resultados, de acordo com suas ações;

- Compartilhamento de informações do mundo do empreendedorismo

É possível criar dinâmicas de leituras para que se compartilhe conhecimentos relacionados ao mundo do empreendedorismo, inovação, cultura e liderança.

- “Prefeitos”

Outra dinâmica que ajuda a fortalecer o conceito de empreendedorismo seria a de implantação de uma “prefeitura”. Em outras palavras, pode-se definir um colaborador para ser o prefeito por determinado período e dar a ele um orçamento para que realize melhoras que julgue importantes para a coletividade. Essa dinâmica ajuda a trabalhar a autorresponsabilidade, o senso de pertencimento e a postura de dono. Todos avaliam todos os prefeitos e os melhores recebem prêmios pela gestão.

- Confiança, verdade e singularidade

Mais do que funcionários para dar ordem, deve-se contratar pessoas para que possam contribuir, ensinar algo novo a partir de suas expertises.

- Liberdade e autonomia

Todo colaborador deve desfrutar de liberdade e autonomia na medida certa, arriscando-se para encontrar e ressignificar novos modelos de negócios para as empresas que trabalham.

 


Conheça os Cursos CPT da Área Gestão Empresarial:

Empreendedorismo e Inovação
Inteligência de Mercado – Como Acessar o Mercado em Tempos de Crise e Crescimento
Como Administrar Pequenas Empresas

Fonte: Administradores.com – administradores.com.br
por Renato Rodrigues

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!