WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

4 dicas para montar a tabela salarial de sua empresa

Uma boa tabela salarial valoriza os funcionários e os mantém mais engajados com o trabalho, o que resulta em lucros para a empresa

4 dicas para montar a tabela salarial de sua empresa

Um dos pontos principais para reter funcionários na empresa e mantê-los sempre motivados é adotar uma boa política de cargos e salários. “Ele estabelece a estrutura de cargos da empresa, define as responsabilidades, as atribuições de cada um e o nível salarial coerente e compatível com a realidade da empresa e do mercado”, afirma Alexandre Pescuma, professor do Curso a Distância CPT Como Implantar um Plano de Cargos e Salários, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online.

Dessa forma, além de valorizar os colaboradores, a empresa consegue um maior engajamento dos profissionais, assim como maior dedicação ao trabalho, o que resulta em lucros para a corporação. Para ajudá-lo a montar a tabela salarial de sua empresa, daremos algumas dicas importantes.

1.Defina as funções de gerentes e diretores

Conforme o porte de sua empresa, muitas vezes, não é necessário manter tantos funcionários em cargos de gerência e direção. Por isso, é importante definir as funções de gerentes e diretores para avaliar melhor a justa distribuição das demandas. Dessa forma, você poderá averiguar se há cargos obsoletos. Além disso, você poderá interagir melhor com os profissionais dos altos cargos e pagar melhores salários para quem realmente merece.

2.Conheça a média salarial de sua região

Para elaborar a tabela salarial de sua empresa, é preciso avaliar o comportamento do mercado. Para isso, faça uma pesquisa externa minuciosa para conhecer a média salarial de sua região. Compare a remuneração dos funcionários de outras empresas, com a mesma qualificação profissional, com os de sua empresa. Da mesma forma, é de suma importância adotar uma progressão de carreira bem estruturada. Este é um excelente meio de reter talentos!

3.Faça um diagnóstico da saúde financeira da empresa

Antes de planejar a tabela salarial, faça um diagnóstico preciso da saúde financeira da empresa. De modo idêntico, veja quais os salários e benefícios já oferecidos aos funcionários. Além disso, é preciso levar em consideração o regime que rege a remuneração de seus funcionários, se é por CLT, comissões ou outra fonte. Com isso, será bem mais prático e fácil elaborar a nova tabela salarial dos colabores da companhia.

4.Determine metas e demais benefícios

Não basta criar uma tabela salarial justa e concisa, é preciso determinar metas e demais benefícios a funcionários com bons resultados. Além de ser um estímulo para os colaboradores, as metas servem para medir o desempenho de cada funcionário na empresa. Entretanto, é primordial que todas as metas sejam objetivas, claras, além de coerentes, para que atinjam os objetivos pretendidos.  

Por Andréa Oliveira.

Fonte: NValores.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!