Leite - importância, variedades, classificações e categorias

O leite é um alimento rico em vitaminas, nutrientes, sais minerais, proteínas e é de extrema importância na dieta alimentar como base de uma alimentação balanceada

TIPOS DE LEITE

O leite é o primeiro e o principal alimento que ingerimos durante aos seis primeiros meses de vida

O leite, importante complemento na alimentação, é o primeiro e o principal alimento que ingerimos durante aos seis primeiros meses de vida. É um alimento rico em vitaminas, nutrientes, sais minerais, proteínas e é de extrema importância na dieta alimentar.

Entre o mais consumido está o leite de vaca, cuja composição é formada por água, lactose, gordura (rico em ácidos graxos saturados, os triglicérides), proteínas, sais minerais (como cálcio e fósforo) e vitaminas. Tanto médicos, quanto nutricionistas recomendam o consumo de leite e de seus derivados como base de uma alimentação balanceada.

O leite contém aproximadamente 87% de água. É uma mistura homogênea de diferentes substâncias, umas em emulsão, como as gorduras e outras dissolvidas como a lactose, as vitaminas hidrossolúveis, proteínas, sais, e outros. A gordura é seu componente mais variável, pois há grande diferença conforme as raças e também as diversas estações do ano. Sua composição química também é variável segundo a raça da vaca, época do ano e o tipo de alimentação.

Atualmente, existem grandes variedades de leites comercializados, preparados de diferentes maneiras:

Tipo A: É um leite de excelente qualidade microbiológica e pode ser consumido, desde que resfriado e armazenado corretamente, de 5 dias a 7 dias após a pasteurização. O leite Tipo A não pode ser transportado cru e, por isso, tem de ser pasteurizado e embalado na própria fazenda. A ordenha é mecânica e o leite é encaminhado para um tanque onde é aquecido e logo após resfriado. Também é conhecido como leite pasteurizado. Contém mais gordura que proteína.

Tipo B: É um leite de boa qualidade. Porém a contagem de micro-organismos no momento da pasteurização se encontra em níveis mais elevados, pelo menor controle da higiene na produção e na refrigeração. A ordenha pode ser manual ou mecânica. As produtoras permanecem em estábulos e o leite ao ser retirado é resfriado numa temperatura de até 4ºC.

Tipo C: É um leite de baixa qualidade, inclusive, com modificação no sabor pelo elevado número de bactérias antes da pasteurização, já que o leite é entregue na plataforma dos laticínios na temperatura ambiente. A retirada do leite pode ser manual ou mecânica. As produtoras ficam livres em pastos e, após a ordenha, o leite é encaminhado a locais rústicos onde é resfriado antes de ser levado para as usinas.

Uht: O leite é submetido a um processo de ultrapasteurização para destruir qualquer micro-organismo. É aquecido em alta temperatura e em seguida é resfriado.

Longa Vida: O leite é submetido ao processo Uht e colocado em embalagens assépticas protegendo o leite de qualquer contaminação. Não há adição de conservantes.

TIPOS DE LEITE

É um alimento rico em vitaminas, nutrientes, sais minerais, proteínas e é de extrema importância na dieta alimentar

O leite ainda pode ser classificado quanto:
- Ao teor de gordura: pode ser integral com cerca de 3% de gordura, semidesnatado com 2,9% à 0,6% de gordura ou desnatado com até 0,5% de gordura.
- Ao acréscimo de vitaminas e minerais: leite enriquecido de tais substâncias.
- Ao acréscimo de ômegas: encontrado com ômegas auxiliares do bom funcionamento do organismo.
- Ao teor de lactose: pode haver ou não a presença da lactose.
- À homogeneização: processo que evita a separação da gordura e da nata do leite.

O leite é a base de numerosos laticínios, como a manteiga, o queijo, o iogurte, entre outros. É muito frequente o uso de derivados do leite nas indústrias alimentícias, químicas e farmacêuticas, em produtos como o leite condensado, leite em pó, soro de leite, caseína ou lactose. O leite dos mamíferos marinhos, como, por exemplo, das baleias, é muito mais rico em gorduras e nutrientes que o dos mamíferos terrestres. Já o leite de cabra é ótimo para a digestão. Alguns anos, o leite de cabra e seus derivados tornaram-se o alimento da moda.

Creme de leite/Leite condensado

Obtido da nata do leite, esse produto é bastante apreciado na culinária. O creme de leite/leite condensado melhora o transporte de oxigênio no sangue. Rico em proteínas (fundamentais na formação dos ossos, transporte de oxigênio no sangue e até na cicatrização) e gorduras, ainda preserva alguns nutrientes do leite, como cálcio e vitaminas A e D. O consumo deve ser esporádico, por ser este um alimento altamente calórico. Não se deve retirar o soro do creme de leite, porque ele contém sais minerais.

Iogurte

O iogurte ajuda a acabar com o intestino preso. Adorado pelas crianças e integrante usual dos cardápios de dietas, o iogurte é o resultante do leite fermentado, seja de forma natural ou artificial. Seu consumo é recomendado para quem sofre de problemas digestivos, na prevenção da osteoporose e na solução de prisão de ventre. Também é uma opção para as pessoas que tem intolerância a lactose do leite.

Queijo

O queijo é uma boa opção para quem não gosta de leite ou tem intolerância a lactose. No entanto prefira os queijos brancos, tipo minas frescal ou ricota, que são menos clóricos do que os queijos amarelos. A coalhada melhora o funcionamento do intestino e promove o equilíbrio intestinal, isso acontece porque a coalhada facilita a formação do bolo fecal e seu trânsito no organismo.

TIPOS DE LEITE

O leite é a base de numerosos laticínios, como a manteiga, o queijo, o iogurte, entre outros

A apresentação do leite no mercado é variável e aceita alteração de suas propriedades para satisfazer as preferências dos consumidores. Uma alteração muito frequente é a desidratação (Liofilização), tornando-o leite em pó, o que facilita seu transporte e armazenagem. Também é usual reduzir o conteúdo de gordura, aumentar o de cálcio e agregar sabores.

Os requisitos que deve cumprir um produto para classificar-se nas diferentes categorias variam muito de acordo com a definição de cada país:

Integral: tem conteúdo em gordura igual a 3%

Leite desnatado: conteúdo gorduroso inferior a 0.5%

Semidesnatado: com um conteúdo gorduroso entre 0.5 e 2,9%

Saborizado: é o leite açucarado ou edulcorado à que se adicionam sabores tais como morango, cacau em pó, canela, baunilha, e outros. Normalmente são desnatados ou semidesnatadas.

Galatita: plástico duro obtido do coalho do leite ou mais especificamente a partir da caseína e do formol.

Leite em pó ou Liofilizado:
leite do qual se extrai 95% de água mediante processos de atomização e evaporação. Apresenta-se num pó de cor creme. Para seu consumo, só é preciso adicionar água.

Leite condensado, concentrado ou evaporado:
deste leite, a água foi parcialmente extraída e ele tem aspecto mais espesso que o leite fluido normal. Pode ter açúcar, adicionado ou não.

Leite enriquecido com Vitaminas: pode conter as vitaminas A, D, B6, B12, C, E, além de elementos como o ácido fólico e a nicotinamida.

Leite enriquecido com Ferro: além dos nutrientes naturalmente presentes no leite, algumas empresas desenvolveram o leite enriquecido com ferro, a fim de proporcionar ao consumidor um alimento que seja fonte de ferro. Esta quantidade pode variar de 0,8 a 3 mg por 100 ml.

Leite enriquecido com Cálcio:
dada a importância do cálcio para o organismo, algumas empresas enriquecem o leite com maior quantidade de cálcio, além do do que está presente no leite.

Leite com Ômega: ômegas são ácidos graxos poli-insaturados e não são produzidos pelo organismo. Eles favorecem principalmente o desenvolvimento do sistema imunológico e contribui para a redução dos níveis de colesterol e triglicérides, regulando, assim, a fluidez do sangue e controlando a pressão arterial. Existe no mercado o leite que contém ômega.

Leite com Lactose reduzida:
é o leite que contém todos os nutrientes, porém com teor reduzido de lactose. Algumas pessoas possuem deficiência na produção da enzima lactase, normalmente presente no intestino. A deficiência desta enzima é conhecida como intolerância à lactose, e pode causar alguns sintomas como: flatulência, mal-estar e diarreia, após a ingestão de certa quantidade de leite.

Leite enriquecido com Fibras:
é enriquecido com a inulina, que é um tipo de fibra alimentar. Uma substância totalmente natural, solúvel, e que ao ser adicionada no leite não altera seu aspecto e nem seu sabor. Alguns estudos indicam que o consumo de fibras também ajuda no controle dos níveis de colesterol sanguíneo.

Por fim, vale citar que o suco de certas plantas ou frutos também se denomina leite. Entre eles, destacam-se: leite de coco, leite de soja, de arroz ou de amêndoa. O leite de soja previne problemas cardiovasculares, osteoporose e sintomas da menopausa. Por concentrar grande parte dos nutrientes presentes no grão de soja, o resultante do seu extrato líquido (leite de soja), traz diversos benefícios para a saúde do corpo.

TIPOS DE LEITE

O suco de certas plantas ou frutos também se denomina leite. Entre eles, destacam-se: leite de coco, leite de soja, de arroz ou de amêndoa



Por Silvana Teixeira

Fontes:
Brasil Escola
Wikipédia
Centro de Inteligência do Leite
Inmetro
Ciência do Leite
Queijos no Brasil
Rua Direita

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Cursos Relacionados

Curso Industrialização de Leite de Cabra Curso Industrialização de Leite de Cabra

Com Prof. Paulo Roberto

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Higienização na Indústria de Alimentos Curso Higienização na Indústria de Alimentos

Com Prof.ª Claudia Lúcia de Oliveira e Prof. Dr. Nélio de Andrade

R$ 470,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Instalação de Queijaria e Controle de Qualidade Curso Instalação de Queijaria e Controle de Qualidade

Com Prof. Juliano Gomide Souza

R$ 428,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Iogurte, Bebida Láctea, Doce de Leite e Requeijão Cremoso  Curso Produção de Iogurte, Bebida Láctea, Doce de Leite e Requeijão Cremoso

Com Prof.ª Célia Ferreira

R$ 428,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Manteiga, Coalhada e Requeijão em Barra Curso Produção de Manteiga, Coalhada e Requeijão em Barra

Com Prof.ª Célia Ferreira

R$ 428,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Outros artigos relacionados à área Cozinha Profissional

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade