WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Lactose - entenda mais sobre o assunto

A lactose é uma das fontes de energia mais importantes durante o primeiro ano de vida do ser humano e pode ser encontrada em grande quantidade no leite materno

garotinho lanchando com leite e seus derivados

 

A lactose é uma das fontes de energia mais importantes durante o primeiro ano de vida do ser humano. Trata-se de um carboidrato natural do leite e quando materno fornece  metade da carga de energia requerida, nesta etapa, para o desenvolvimento de uma criança. Para se ter uma ideia, quando comparado ao leite da vaca, o leite humano contém até duas vezes mais lactose e é devido a sua presença que o leite tem gosto adocicado.

Intolerância a lactose

Para que se consiga absorver a lactose é necessário que a enzima lactase esteja naturalmente presente no organismo e em atividade. Quando isto não acontece, ou seja, quando o organismo não consegue quebrar a molécula lactose, de forma íntegra e completa, para absorvê-la, ocorrem distúrbios de ordem fisiológica no indivíduo em diferentes níveis, acarretando em dores abdominais, diarreia, náuseas, flatulência e inchaço após a ingestão de alimentos que contêm lactose.

Há de se considerar, no entanto, que os sintomas acima relacionados estão diretamente ligados à quantidade de lactose ingerida pelo indivíduo, assim como o grau de deficiência de lactase. Sendo assim, os sintomas irão variar de pessoa para pessoa.

No organismo humano, a deficiência à lactase pode apresentar-se em três diferentes níveis:

- Primária: refere-se a relativa ou absoluta ausência de lactase. É desenvolvido na infância, em diferentes idades e em diferentes grupos raciais. Trata-se da causa mais comum da má absorção de lactose e intolerância.

- Secundária: é resultado de lesões do intestino delgado, gastroenterite aguda, diarreia persistente, crescimento excessivo do intestino delgado, quimioterapia ou outras causas que afetam a mucosa intestinal, podendo ocorrer em qualquer idade apesar de ser mais comum na infância.

- Congênita: este tipo de deficiência é extremamente rara. Nestes casos, as crianças terão de ser alimentadas com substitutos lácteos, nutricionalmente adequados.


Por Silvana Teixeira.
Fonte: Queijos no Brasil.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!