Intolerância à lactose - causas, sintomas e tratamento

A intolerância à lactose ou alergia ao leite é a incapacidade de digerir a lactose, tipo de açúcar encontrado no leite e em diversos produtos lácteos

Intolerância à lactose - causas, sintomas e tratamento   Artigos Cursos CPT

A intolerância à lactose ou alergia ao leite é um problema que afeta milhões de pessoas por todo o mundo. Trata-se da incapacidade encontrada pelo organismo de digerir a lactose, tipo de açúcar encontrado no leite e em diversos produtos lácteos. Em outras palavras, a lactose é o açúcar do leite, um dissacarídeo que com a ação da enzima lactase, transforma-se em dois monossacarídeos: glucose e galactose. Estes carboidratos simples, após formados, são facilmente absorvidos pelo corpo.

. Causa


A falta ou deficiência na produção da lactase faz com que a lactose chegue até o intestino grosso sem ser absorvida pelo organismo. Ela é, então, fermentada por bactérias intestinais causando gases e sintomas típicos de indigestão.

Não ter lactase o suficiente é chamado de deficiência de lactase. A lactase, por sua vez, é a enzima responsável pela hidrólise da lactose (quebra da lactose em galactose e glucose). É justamente a deficiência na produção desta enzima pelo nosso organismo que é a causa principal da intolerância à lactose.
. Sintomas


Os sintomas ocorrem, muitas vezes, de 30 minutos a 2 horas após a ingestão de produtos lácteos e são frequentemente aliviados quando a ingestão desses produtos é interrompida. Quando os produtos lácteos são ingeridos em grandes doses, os sintomas podem piorar. A severidade dos sintomas dependerá, então, da quantidade de lactose ingerida assim como da quantidade de lactose que o organismo tolera. Entre eles podemos destacar: Inchaço abdominal, cólicas, diarreia, gases e náusea.

intolerância á lactose

A intolerância à lactose pode começar em diferentes momentos da vida

A intolerância à lactose pode começar em diferentes momentos da vida. Em indivíduos brancos, ela geralmente afeta crianças acima dos 5 anos de idade. Em afro-americanos, a intolerância à lactose frequentemente ocorre em torno dos 2 anos de idade. Bebês ou crianças podem ter um crescimento mais lento ou perda de peso. Por fim, em fase adulta a intolerância à lactose pode se manisfestar até os 20 anos de idade.

É muito importante ressaltar que existem níveis de intolerância, pois a quantidade de enzima lactase produzida pelo corpo varia de pessoa para pessoa. Algumas pessoas possuem uma deficiência mínima na produção da enzima, ao passo que outras não a produzem. A intolerância à lactose é muito comum em adultos e não é perigosa e entre suas causas podem ser citadas: cirurgia intestinal, infecções do intestino delgado causadas por vírus ou bactérias que podem afetar as células do revestimento do intestino (geralmente em crianças), doenças intestinais, como sprue celíaco. O diagnóstico pode ser feito com o auxílio de exames como: enteroscopia, teste do hidrogênio no ar expirado com lactose, teste de tolerância à lactose, teste do pH das fezes.
. Tratamento


Não existe cura para a intolerância à lactose, mas é possível tratar os sintomas limitando, ou em alguns casos, evitando produtos com leite ou derivados. O tratamento é bastante simples e geralmente, a diminuição ou a remoção de produtos lácteos da dieta já melhora os sintomas. Com o passar do tempo e uma adaptação aos hábitos alimentares, cada pessoa pessoa aprenderá sobre quais alimentos lácteos poderá ingerir sem sentir sintomas.

intolerância á lactose

A severidade dos sintomas dependerá, então, da quantidade de lactose ingerida

. Produtos lácteos como os listados abaixo podem ser mais fáceis de serem digeridos por pessoas que sofrem desse mal:


- Leite de manteiga e queijos (eles têm menos lactose do que o leite);
- Produtos lácteos fermentados, como iogurte;
- Leite de cabra (deve ser ingerido juntamente com as refeições e suplementado com aminoácidos essenciais e vitaminas se for oferecido a crianças;
- Sorvete, milk-shakes e queijos envelhecidos ou duros;
- Leite e produtos lácteos sem lactose;
- Leite de vaca tratado com lactase para crianças maiores e adultos;
- Fórmulas de soja para crianças com menos de 2 anos;
- Leite de soja ou de arroz para crianças pequenas;

No entanto, a ausência de leite na dieta pode levar a uma deficiência de cálcio, vitamina D, riboflavina e proteína. Para todas as pessoas, mas em especial para as mulheres, o cálcio é um dos minerais mais importantes, pois ele é o responsável pela constituição dos ossos e dentes, além de ser fundamental para a manutenção de várias funções do organismo, como a contração muscular, coagulação do sangue, transmissão dos impulsos nervosos e secreção de hormônios. Se houver deficiência de cálcio na alimentação, o organismo terá que mobilizar suas reservas. Os ossos funcionam como o grande reservatório de cálcio, além de sustentarem e protegerem o corpo. A falta de cálcio na dieta pode fazer com que o organismo retire-o dos ossos para manter seus níveis no sangue em equilíbrio.

intolerância á lactose

Não existe cura para a intolerância à lactose, mas é possível tratar os sintomas limitando ou evitando produtos com leite ou derivados


Portanto, é extremamente necessário encontrar maneiras de acrescentar cálcio à dieta e uma saída viável e saudável, procurada por muitas pessoas, é a ingestão de alimentos que tenham mais cálcio como folhas verdes, ostras, sardinhas, salmão enlatado, nozes e sementes, camarão, brócolis e bebidas como o suco de laranja. As necessidades diárias de cálcio variam de pessoa para pessoa e em diferentes períodos da vida.

. Ingestão Recomendada de Cálcio *


0-6 meses: 210 mg/dia
7-12 meses: 270 mg/dia
1-3 anos: 500 mg/dia
4-8 anos: 800 mg/dia
9-19 anos: 1300 mg/dia
19-50 anos: 1000 mg/dia
Acima de 50 anos: 1200 mg/dia
*Pessoas com osteoporose podem necessitar de mais cálcio e vitamina D. Consulte seu médico.

É importante lembrar que a vitamina D também deve ser mantida em quantidades normais no organismo, pois o seu consumo excessivo pode ser tóxico e resultar em uma perda acentuada de cálcio dos ossos.

Abaixo, uma lista de alimentos ricos em vitamina D e em cálcio, levando-se em consideração uma dieta sem leites e seus derivados. São fontes de vitamina D, alimentos como: bebida de soja, suco de laranja fortificado, gema de ovo, arenque ou truta cozidos, cavala cozida, salmão cozido, salmão em lata ou cozido*, sardinha em lata, atum branco (normal ou light) em lata. * inclui os tipos real, prateado, rosa e vermelho.

Observação muito importante é que as pessoas que possuem intolerância à lactose leiam os rótulos dos alimentos, pois ela também é encontrada em alguns produtos não lácteos, inclusive em algumas cervejas.

intolerância á lactose

A ingestão de alimentos saudáveis ricos em cálcio  é uma boa opção

Veja no artigo a seguir, três receitas direcionadas aos portadores da Intolerância à Lactose: Receitas sem lactose - Pudim de leite de coco, Pizza sem glúten e sem lactose e Panquecas de banana.
Por Silvana Teixeira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Manuely

4 de nov de 2018

Minha filha tem 9 anos. Ela tem a intolerância desde bebê a gastro falou q ela já nasceu com a intolerância, mamou no peito 3meses e até então ficamos tentando todos os tipos de leites e todos dava uma diarreia fora do comum e chegava a assar ela entao foi um dia com 9meses um médico falou q ela tinha tudo pra ter a intolerânciae fiz o exame q nao é nada facil de fazer e em fim resultado positivo . E a umas semanas atrás minha medica pediu este exame e por espanto meu exame deu positivo. Si possivel gostaria de receber novas informações sobre a intolerância a lactose , obrigada .

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de nov de 2018

Olá Manuely,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

ARLETE DE SOUZA

5 de fev de 2017

GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE ESSA MATERIA,POIS MINHA FILHA TEM INTOLERANCIA A LACTOSE

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de fev de 2017

Olá Arlete,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Cursos Relacionados

Curso Receitas com Banana - Para Lanchonetes, Restaurantes, Hotéis e Produtores Curso Receitas com Banana - Para Lanchonetes, Restaurantes, Hotéis e Produtores

Com Prof.ª Goretti Starling

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cozinha para Iniciantes Curso Cozinha para Iniciantes

Com Prof.ª Denise Andrade

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Outros artigos relacionados à área Cozinha Profissional

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade