WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Dia do Cliente

Diferenças entre alergia à proteína do leite e intolerância à lactose

A alergia à proteína do leite de vaca acomete 5% dos recém-nascidos, bem como crianças menores de 3 anos, e a intolerância à lactose pode atingir qualquer pessoa, em qualquer idade

Diferenças entre alergia à proteína do leite e intolerância à lactose

 

Conhecida como APLV, a alergia à proteína do leite de vaca acomete 5% dos recém-nascidos e crianças menores de 3 anos de idade. Já a intolerância à lactose pode atingir qualquer pessoa, em qualquer idade, e tornar-se mais severa na fase adulta. Embora ambas sejam relacionadas ao consumo do leite de vaca, há algumas diferenças bem significativas quanto aos sintomas, ao diagnóstico e ao tratamento.

A alergia à proteína do leite de vaca e seus derivados ocorre em bebês que nascem com o intestino imaturo. Assim que ingerem proteínas lácteas, o aparelho digestivo sofre um processo de inflamação, o que desencadeia a doença.

A intolerância à lactose surge em qualquer fase da vida, quando as pessoas param de produzir a enzima lactase, ou a produzem insuficientemente. Com isso, não ocorre a digestão da lactose, um tipo de açúcar presente no leite.

APLV - Alergia à proteína do leite de vaca

PRINCIPAIS SINTOMAS

Os sintomas de APLV mais comuns são: urticária, inchaço de lábios e olhos, vômitos ou diarreia (ao ingerir leite de vaca), dificuldade para respirar, chiado no peito, cólicas e prisão do ventre.

DIAGNÓSTICO

Para um diagnóstico mais preciso, um especialista pode solicitar exame cutâneo e sanguíneo. Em alguns casos, o médico prescreve um teste de provocação oral (realizado em hospitais e unidades com estrutura para emergências).
 
TRATAMENTO

Abstinência total do leite de vaca e dos produtos lácteos. Isso vale para os que contêm caseína e soro de leite em sua composição. Com a exclusão do leite na dieta, um nutricionista deve ser consultado, pois poderá haver insuficiência de Cálcio no organismo, além de vitamina D, riboflavina e proteínas.

Intolerância à lactose
SINTOMAS

De acordo com dados da ASBAI - Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia, os principais sintomas são: perda de peso, vômitos e diarreia (ao consumir leite de vaca e derivados).

DIAGNÓSTICO

O especialista prescreverá um teste oral, com ingestão de leite de vaca. Após ingerir o leite em jejum, o sangue do paciente é coletado. Se não houver alteração nos níveis de glicose, a pessoa é intolerante à lactose. Também pode ser feito exame respiratório, para monitorar o volume de hidrogênio nos gases exalados após a ingestão do leite.

TRATAMENTO

Substituição do leite de vaca e dos produtos lácteos por produtos sem lactose, ou com baixo teor de lactose, seguindo prescrição médica. O mais importante é adotar uma alimentação saudável para viver bem.
 
Por Andréa Oliveira.

Fonte: Danone Baby.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Mais Que Receitas

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!