WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça nossos Cursos Profissionalizantes (combos) com 40% de DESCONTO

Cozinha mineira: um empreendimento lucrativo

Os tempos passaram, os costumes evoluíram e a culinária mineira ganhou status e destaque internacional

 Os tempos passaram, os costumes evoluíram e a culinária mineira ganhou status e destaque internacional

Os tempos passaram, os costumes evoluíram e a culinária mineira, ao invés de perder suas características, ganhou status e destaque internacional. Intimamente ligada à cultura do povo, que a iniciou através das cozinheiras das grandes fazendas, hoje, essa gastronomia está disseminada em todo o país pela sua alta qualidade e sabor.

Famosa como a mais característica do Brasil, ela agrega sabor, história, simplicidade e tradição. Falar da cozinha mineira é ressaltar, antes de tudo, que a comida é deliciosa por ser baseada nos produtos de fundo de quintal, como o porco, a galinha, o quiabo, a couve e o fubá. Por isso mesmo, é simples, mas de um sabor inigualável e marcante.

Cozinha Mineira

A preparação desses pratos, em ambientes modestos e com poucos recursos, termina por despertar um espírito criativo

A preparação desses pratos, em ambientes modestos e com poucos recursos, termina pordespertar um espírito criativo, seja nas misturas dos ingredientes, seja nos seus temperos, dando lugar assim a uma cozinha típica, muito rica e bem variada.

Simples de se fazer e apreciada por todos, essa culinária de minas tem como base produtos da terra, extremamente fáceis de se encontrar. Ainda, por ser uma comida que sustenta e cujos ingredientes podem ser adquiridos a um custo relativamente baixo, abrir um empreendimento desse se torna, cada vez mais, atrativo aos olhos dos empreendedores.

Com o grande crescimento do turismo rural no Brasil, muitos proprietários de sítios e fazendas estão explorando suas propriedades e montando restaurantes rurais, hotéis-fazenda, pesque-pagues, haras e outros empreendimentos ligados ao campo.

É importante ressaltar, porém, que a satisfação plena desse serviço determina o retorno do cliente e garante a viabilidade econômica do empreendimento, além de ser um forte diferencial.

Além disso, ser capaz de administrar o empreendimento e capacitar seu recurso humano para lidar com a clientela também é fator essencial para o sucesso da empresa.

Cozinha Mineira

Hoje, essa gastronomia está disseminada em todo o país pela sua alta qualidade, variedade e sabor

“Aos que desejam encarar a cozinha mineira como um negócio, são necessários recursos e qualificação profissional para se atingir um padrão de excelência, além de um gerenciamento eficaz.”, afirma a professora Lúcia Maria Viggiano, do curso Cozinha Mineira para Restaurantes, Hotéis-fazenda e Gourmets, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Sendo assim, é cada vez mais comum encontrarmos, no meio rural, restaurantes e lojas de souvenirs onde são comercializados picles, compotas, cachaça, artesanato local e outros elementos da agroindústria.

Para aqueles que querem saber como são associadas as guloseimas mineiras, aí vai uma dica de dar água na boca:

- A broa de fubá vem acompanhada de café;
- O Mingau de milho verde pode ser consumido como sobremesa ou no café da manhã acompanhado de uma farta fatia de queijo branco;
-O angu, junto com o quiabo, é acompanhamento obrigatório do frango que pode ser ao molho pardo (feito do sangue fresco da galinha) ou simplesmente ensopado, constituindo um dos pratos mais típicos de Minas;
-O milho, em forma de flocos, também merece atenção em outro prato igualmente famoso, a canjiquinha com costelinha de porco.

Agora, saiba como preparar um dos mais requisitados pratos dessa famosa e deliciosa cultura gastronômica:

Cozinha Mineira

Com o crescimento do turismo rural no Brasil, muitos proprietários de sítios e fazendas estão explorando suas propriedades e montando restaurantes rurais, hotéis-fazenda, pesque-pagues e outros empreendimentos ligados ao campo

Frango ao molho pardo com quiabo

Ingredientes
O sangue do frango, batido com 1/3 xícara de vinagre para não coagular
½ xícara de azeite ou banha
1 colher (sopa) de vinagre
1 colher (sopa) de azeite
50 g de toucinho defumado
2 tomates sem pele e sem semente
Sal, pimenta e cheiro verde a gosto
1 frango de aproximadamente 1 kg
700 g de quiabo
2 dentes de alho
1 folha de louro
½ cebola roxa
1 dente de alho
1 cebola roxa
½ limão

Modo de preparo
Limpar o frango lavar e cortar nas juntas. Temperar com limão, sal, pimenta e cheiro verde. Deixar descansando por 1 h. Picar o toucinho e fritar no azeite. Quando o toucinho dourar misturar a cebola e o alho batinhos e deixar dourar. Fritar os pedaços de frango. Acertar o tempero, colocar os tomates e deixar desmanchar. Juntar o louro e a água para cozinhar o frango até amaciar. Quando o frango estiver quase no ponto, misturar o sangue com o vinagre e deixar em fogo brando por aproximadamente 15 a 20 min, para apurar o molho. Lavar e secar o quiabo. Retirar as extremidades e cortar em rodelas. Aquecer o azeite e refogar o alho e a cebola. Refogar o quiabo e temperar com o sal e a pimenta. Acrescentar o vinagre para retirar a baba. Misturar bem, esperar evaporar e cozinhar. Servir com arroz e angu. Depois de macio e sem molho, misturar ao frango e servir.


Confira mais informações, acessando os cursos da área Cozinha Profissional.

Por Silvana Teixeira

 

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!