WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

15 problemas de saúde com 15 soluções naturais. Confira!

Gripes, resfriados, anemia, enfim, são muitos os problemas de saúde comuns que podem ser tratados com receitas caseiras, naturais, como forma de alcançar saúde e bem-estar plenos

Problemas de saúde
 

Gripes, resfriados, anemia, enfim, são muitos os problemas de saúde considerados comuns que podem, facilmente, ser tratados com receitas caseiras, naturais, como forma de alcançar saúde e bem-estar plenos. Na verdade, uma grande parcela da população, que não tem acesso aos remédios de farmácia, trata e sempre tratou suas doenças, primordialmente, com plantas medicinais, alimentação adequada, repousos e exercícios físicos.

Nos últimos anos, o desenvolvimento de uma consciência ecológica e de respeito ao próprio organismo está levando a uma intensificação do uso de remédios naturais elaborados com extratos de plantas. Vale lembrar que como parte integrante da natureza, precisamos de seus recursos para que possamos viver plenamente, com alegria, paz e sanidades física e mental.

A indicação terapêutica popular e a forma como são usadas as plantas têm seu efeito curativo comprovado, surgindo muitos programas de tratamento fitoterápico no sistema de saúde pública, onde se incentiva o cultivo e utilização orientada de plantas medicinais. Em levantamento realizado pelo Ministério da Saúde, verificou-se que a fitoterapia está presente em mais de uma centena de municípios brasileiros, contemplando quase a totalidade dos Estados.

Confira, então, 15 problemas de saúde que têm solução natural e que podem ser tratados sem a indicação de medicamentos alopáticos:

1- Amigdalite


São inflamações ou infecções das amígdalas, especialmente às existentes na região palatina. Geralmente os resfriados mais insistentes, as gripes, o sarampo e a escarlatina, estão associados às amigdalites. Os sintomas principais são: febre, calafrios e dor de cabeça, dor de garganta, hálito fétido, avermelhamento, entre outros.

Soluções naturais

- evitar alimentos gelados, mesmo no verão.
- evitar choques térmicos.
- alimentação à base de sucos, de preferência os de frutas cítricas.
- fazer 2 gargarejos diários com suco de tomate verde.
- aplicar cataplasmas de argila com cebola ralada e mel, na região do  pescoço, por um período de 7 dias, de 2 em 2 horas.
- tomar 2 vezes por dia 1 xícara de água com 10 gotas de própolis concentrada.

Modo de fazer

Liquidifique 1 tomate verde com 1 copo de água e 1 pitada de sal. Em seguida, coar o suco e iniciar imediatamente o gargarejo. Este tratamento simplificado deve ser feito de manhã, à tarde e à noite.

2- Anemia


Doença caracterizada pela diminuição do número de glóbulos vermelhos no sangue, também chamados de eritrócitos. Existem vários tipos de anemia, assim como várias causas de sua origem. As principais são: falta de ferro e de vitamina B12.

Soluções naturais

- fazer refeições matinais, durante 15 dias, à base de banana-nanica (4 unidades) ou 500 g de uva rosada.
- tomar 2 xícaras diárias de suco de beterraba, nos intervalos das refeições.
- tomar 2 xícaras de chá de picão, uma à tarde e outra 30 minutos antes de se deitar.
- tomar 6 comprimidos de lêvedo de cerveja, distribuídos entre as principais refeições.
- tomar suco de laranja ou de qualquer outra fruta cítrica nas refeições, já que a vitamina C empurra o ferro da comida para dentro do organismo.

3- Bronquite


É a inflamação aguda ou crônica dos brônquios.

Soluções naturais

- tomar 2 xícaras de chá de guaco, fumária ou eucalipto por dia.
- tomar 2 colheres de sopa de xarope de abacaxi.

Modo de preparar

Corte em pedaços pequenos a polpa de 1 abacaxi, junte aos pedaços da fruta 1 copo de mel e leve a mistura ao fogo por 30 minutos. A fim de evitar que a mistura entorne, coloque no fundo da panela um prato ou pires, de acordo com o necessário.

4- Cãibras


São contrações involuntárias e diretamente relacionadas a outras enfermidades, tais como asma, cólicas digestivas ou uterinas, estresse, neurastenia, entre outros, que ocorrem nas áreas musculares, produzindo dor e intensa rigidez nos músculos.

Soluções naturais

- tomar 6 comprimidos de lêvedo de cerveja por dia – 2 em cada refeição.
- tomar 1 xícara de suco de agrião ou beterraba 1 hora antes do almoço.
- tomar 3 xícaras de chá de erva-cidreira com erva-doce, nos intervalos das refeições.

5- Cistite (inflamação da bexiga)


É produzida por várias causas, especialmente pela proliferação de germes patógenos na bexiga. Aparece também em função do uso de alimentos picantes e irritantes e distúrbios genitais. Um dos sintomas mais frequentes é o desejo de urinar seguidas vezes, quase sempre com dor e, na maioria dos casos, com a presença de pus na urina.

Soluções naturais

- comer de manhã, em jejum, uma das frutas a seguir: melão, maçã ou pera (à vontade).
- tomar 4 xícaras de chá de quebra-pedra, cavalinha ou cabelo de milho.
- fazer diariamente um banho de assento, quente.
- nos casos mais graves, procurar imediatamente um especialista.

6- Diabetes


Causada, muitas vezes, por deficiência na produção de insulina pelo pâncreas. As características principais da enfermidade são: hiperglicemia (aumento da quantidade de glicose no sangue) e glicosúria (surgimento de açúcar na urina). Os sintomas mais comuns são sede e apetite exagerados, micção frequente, perda de peso, coceiras na pele e muita predisposição às afecções de olhos, furúnculos, gangrenas, doenças da pele, inflamações dos nervos, entre outros.

Soluções naturais

- comer regularmente.
- fazer exercícios leves regularmente.
- evitar o consumo de doces e sobremesas.
- evitar o consumo de massas, principalmente as refinadas.
- comer duas maçãs, pela manhã, em jejum. Se houver possibilidade, substituir as maçãs por suco de graviola adoçado com mel puro ou adoçantes.
- tomar 3 xícaras de chá de carqueja ou pata-de-vaca, entre as refeições.
- inserir o espinafre ao cardápio, pois é rico em potássio e ácido fólico, substâncias fundamentais para os músculos, inclusive coração.

7- Diarreia


Caracteriza-se pelo aumento de evacuações, sejam elas líquidas ou pastosas. As causas são muito variadas, mas os erros alimentares são os responsáveis, como o excesso de alimentos, os alimentos picantes e indigestos e alimentos de origem animal. Insuficiências gástrica, pancreática, intestinal e hepática também são promotoras desse distúrbio digestivo.

Soluções naturais

- de manhã, em jejum, consumir apenas uma das seguintes frutas: maçã, figo, jaca, manga, morango e uva.
- tomar 3 xícaras, por dia, de chá de folhas de goiabeira, pitangueira, camomila ou funcho (usar até 2 tipos diferentes).
- tomar diariamente 1 xícara de água com o suco de 3 limões.
- observar e remover as prováveis causas dos desarranjos.

8- Estresse


Fatores como ira, frustrações, falta de condições físicas e financeiras, alegria exagerada, paixão desenfreada, descontrole nos horários de trabalho, preocupação excessiva com “o dia de amanhã”, entre outros fazem com que o sistema endócrino se desestabilize, promovendo alterações na produção de hormônios auxiliares das funções neurotransmissoras, tais como adrenalina, dopamina, endorfina, entre outros.

Soluções naturais

- fazer passeios em ambientes naturais, como bosques, lagos, florestas e montanhas.
- se possível, faça caminhadas descalço sobre a areia e tome banhos de mar.
- procure pelas principais causas do distúrbio.
- usar de manhã, no desjejum, qualquer alimento simples (1 tipo por refeição – de preferência abacaxi, laranja ou uva).
- tomar 2 vezes ao dia, entre as refeições, 1 xícara de chá de camomila, erva-doce ou folhas de maracujá.

9- Hematoma


Nada mais é que o acúmulo de sangue extravascular, em grande parte coagulado, formando uma massa na região atingida por alguma contusão. Pode ser altamente perigoso quando localizado nas partes sensíveis da cabeça, especialmente no crânio.

Soluções naturais

- quando se tratar de hematoma craniano, que pode ser epidural ou subdural, altamente perigoso à vida humana, não perder tempo: procurar imediatamente orientação médica para tratamento emergencial.
- aplicar compressas de gelo na região atingida, várias vezes ao dia.
- aplicar várias cataplasmas de tomate maduro no local, de 2 em 2 horas cada, quantas forem necessárias.
- ao deitar, colocar sobre o hematoma a parte interna da casca de banana, deixando-a por um tempo médio de 3 horas.

10- Insônia


A falta de sono possui três características fundamentais: dificuldade de adormecer (insônia inicial), dificuldade de manter-se dormindo em horários contínuos (insônia intermediária), e o despertar precoce sem a possibilidade de dormir novamente (insônia terminal). As causas físicas devem-se normalmente ao excesso de luz (mesmo externa ao dormitório), cama desconfortável, enfermidades das vias respiratórias, coceiras, distúrbios auditivos, entre outros. Quanto às causas psicológicas, sabemos que o excesso de emoções e as preocupações relacionadas ao trabalho – ou a falta dele – podem cooperar grandemente.

Soluções naturais

- praticar os melhores hábitos de higiene mental.
- evitar os fatores que promovam alegria excessiva, ansiedade e descontentamento. Exemplos: jogos, leituras excitantes e discussões quaisquer.
- ter o hábito de deitar em horários regulares.
- ter atividades físicas diárias, pois sempre é bom dormir um pouco cansado. Todavia, não em excesso.
- observar se há ventilação necessária no quarto de dormir.
- não jantar tarde.
- tomar chás calmantes de erva-cidreira, camomila, capim-limão, erva-doce ou valeriana (de 2 a 3 xícaras por dia).

11- Micose


São várias moléstias causadas por fungos. Normalmente, aparecem nas axilas, entre os dedos, no couro cabeludo, virilha e, em geral, na pele. Os sintomas mais comuns na pele são: coceira, vermelhidão ou cor amarelo-ocre, descamação e placas salientes.

Soluções naturais

- tomar diariamente 1 xícara de chá de água com o suco de 3 limões, em jejum. Aguardar no mínimo 1h30min para comer alguma coisa.
- aplicar diariamente no local afetado 1 cataplasma de argila com cebola ralada, por 3 horas.
- aplicar diariamente cera de abelha misturada com alho (50 g de cera derretida com 1 dente de alho).
- tomar o devido cuidado para não infectar outras partes do corpo.

12- Prisão de ventre


Estado em que os intestinos – delgado e/ou grosso – funcionam em intervalos demorados ou com muita dificuldade. O prazo médio de evacuação normal é de 12 a 24 horas. Acima desse limite fica caracterizada a prisão de ventre.

Soluções naturais

- evitar os alimentos industrializados e descorticados.
- tomar muito líquido, de preferência água.
- fazer uso abundante de frutas, verduras e cereais integrais.
- tomar diariamente 2 xícaras de chá de cáscara-sagrada, nos intervalos das refeições.
- fazer exercícios físicos moderados.

13- Próstata


A próstata é um órgão masculino. Suas afecções mais comuns são: prostatites agudas e crônicas, hipertrofia prostática e câncer. Entre os sintomas mais frequentes destacam-se: dificuldade de urinar, aumento do número de micções (muitas vezes com dores), presença de secreção purulenta na uretra logo após o ato de urinar, sensação de peso entre o reto e os testículos, prisão de ventre, entre outros. As causas principais do surgimento de distúrbios prostáticos estão relacionadas às excitações sexuais, doenças venéreas, hemorroidas e irritações retais, friagens e invasões de germes patogênicos.

Soluções naturais

- abster-se ao máximo de práticas sexuais.
- excluir da dieta alimentar, definitivamente, pimentas, mostarda, vinagre, picles, carnes, pescados e bebidas alcoólicas.
- combater a prisão de ventre com métodos naturais.
- praticar exercícios leves e manter regularmente os horários de repouso.
- antes de dormir, é conveniente fazer 1 banho de assento, quente.
- tomar 3 vezes por dia 1 xícara de chá de cavalinha ou folha de abacateiro.
- consumir frequentemente tomates, pois previne o câncer.

14- Rouquidão (Afonia)


É caracterizada pela supressão total ou parcial da voz. A afonia também pode aparecer por causa de distúrbios buco-respiratórios, como acontece nas faringites.

Soluções naturais

- fazer durante 3 dias consecutivos, no mínimo, 3 gargarejos diários de suco de tomate verde.
- ingerir 500 g de abacaxi no café da manhã. Não utilizar outros alimentos nesse horário. Se preferir, fazer suco da quantidade desejada.
- tomar bastante líquido, de preferência água.
- mão comer outro alimento, por pequena quantidade que seja, em um prazo mínimo de 3h30min.
- tomar 3 xícaras por dia de chá de tanchagem (ou transagem). Podem-se fazer também gargarejos deste chá.

Modo de fazer

Liquidifique 1 tomate verde com 1 copo de água e 1 pitada de sal. Em seguida, coar o suco e iniciar imediatamente o gargarejo. Este tratamento simplificado deve ser feito de manhã, à tarde e à noite.

15- Varizes


São veias ou artérias que se tornam dilatadas e tortuosas, geralmente devido às deficiências do sistema circulatório. Erros alimentares e excesso de atividades favorecem o surgimento dessas deformações epiteliais.

Soluções naturais

- equilibrar o tempo de atividades do corpo nas posições vertical e horizontal (em pé, sentado e deitado).
- comer no desjejum, alternadamente, uva, manga ou pêssego, à vontade.
- tomar 3 xícaras por dia de chá de chapéu-de-couro, sete-sangrias ou salsa parrilha.
- fazer dois escalda-pés alternados todos os dias.
- aplicar argila com cebola ralada no local enfermo.
- adicionar alho no tempero da comida sempre que possível.

Por Silvana Teixeira.
Fonte: Viva Melhor! Com a Medicina Natural.

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!