WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Manga: doenças e pragas

As pragas e as doenças da mangueira constituem em fatores limitantes à atividade do seu cultivo

 

Produção de manga

A manga é uma fruta típica de clima tropical

Sendo uma fruta de clima tropical, as áreas onde há uma melhor adaptação da manga, são aquelas que apresentam as estações secas e chuvosas mais ou menos definidas. Chuvas em excesso e em época inadequada podem causar problemas com a qualidade dos frutos se ocorrerem durante a floração. Relacionados a excessivas chuvas e altas umidades, estão doenças gravíssimas como a antracnose e o oídio.

“A escolha de variedades de mangueiras deve levar em conta aspectos como tolerância a doenças e pragas e características, que afetem a produção e a qualidade do fruto. Por questões óbvias, dificilmente, uma variedade atenderá a todos as características desejáveis”, afirmam os especialistas da FRUPEX e professores do curso Produção de Manga, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

 

Por muito tempo, a variedade Haden era o mais aceita e a mais utilizada, em plantios comerciais, em nosso país. Porém, tem-se procurado outras variedades com potencial produtivo e de boa qualidade de frutos como o Tommy Atkins, Keitt, Kent e Van Dyke. Estas são cultivadas em plantios comerciais para consumo in natura. Outras como: Espada, Rosa, Ubá, Carlota, Maranhão, entre outras também possuem potencial comercial, sendo usadas em vários locais.

 

Doenças e pragas

 

Causadoras de irregularidade de produção, diminuição da quantidade produzida, comprometimento da qualidade dos frutos e morte das plantas, ou parte dela, as pragas e as doenças da mangueira constituem em fatores limitantes à atividade do seu cultivo. Por isso, um manejo sanitário e, sobretudo, medidas preventivas eficazes, são imprescindíveis e determinarão o sucesso econômico da cultura.

 

DOENÇAS

 

Antracnose

 

Doença causada pelo fungo Colletotrichum geoeosporioides que ataca ramos novos, folhas, flores e frutos; de ocorrência em todas as regiões produtoras. É, extremamente, danosa quando a estação das chuvas coincide com o florescimento.

 

Seu controle consiste em práticas conjugadas (controle genético, controle químico e práticas culturais), que vão desde podas de limpeza e plantio de variedades tolerantes e/ou resistentes até a utilização de produtos químicos (pulverizações preventivas com Benomyl e Mancozeb).

 

Oídio

 

Doença causada pelo fungo Oidium mangiferae é semelhante à antracnose, ataca ramos novos, folhas, frutos, flores e inflorescência. Ao atingir a inflorescência, as flores caem ou tornam-se inférteis, comprometendo a produção.

 

Seu controle se faz por meio de pulverizações preventivas, com produtos à base de enxofre.

 

Seca-de-Mangueira

 

Doença causada pelo fungo Cerotocystis fimbriata e, dependendo do grau de infestação e o seu não controle, leva à morte da planta. Sua presença na planta está associada às injúrias causadas pela broca-de-mangueira, que lhe permite uma porta de entrada na planta.

 

Seu controle consiste em conjugar práticas como a inspeção frequente do pomar com eliminação de ramos afetados, pincelamento com pasta cúprica, pulverizações preventivas (oxicloreto de cobre e Combaril) e uso de cultivares resistentes (Keitt, Kent, Tommy Atkins).

 

PRAGAS

 

Mosca-das-Frutas

 

Praga de maior importância e que tem trazido grandes prejuízos para a cultura. Muitas são as razões que levam os produtores, pesquisadores e consumidores (tanto de mercado externo quanto interno) a dedicarem muita atenção ao controle dessa praga, entre eles: O fruto é atacado, diretamente, inviabilizando sua comercialização; alta capacidade de voo e reprodução e exigência dos importadores de nenhuma infestação nos frutos importados.

 

As moscas-das-frutas, que, frequentemente, atacam a mangueira, são do gênero Anastrepha e Ceratitis, sendo seu controle efetuado por meio de eliminação de hospedeiros alternativos (carambola, seriguela, cajá, entre outros), próximos ao pomar; plantio em local com baixo ou nenhuma infestação; controle biológico, controle microbiano (utilização de fungos entomopatogênicos), monitoramento do pomar (com frascos caça-moscas) e controle químico (melaço mais inseticida, que pode ser Triclofan ou Fention).

 

No caso do controle químico, deve-se procurar um Engenheiro Agrônomo para uma recomendação adequada.

 

Formigas Cortadeiras

 

Assim como as moscas-das-frutas constituem-se a praga-chave de pomares estabelecidos, as formigas cortadeiras, são a praga-chave de pomares em formação. Pode-se dizer, ainda, que essas formigas são fator limitante também em viveiros e estufas. As formigas dos gêneros Atta spp (saúvas) e Acramyrmex ssp são as que ocorrem com maior frequência.

 

O controle das formigas passa por uma vistoria antecipada da área onde se deseja implantar a cultura e inspeções periódicas para posterior eliminação dos formigueiros; combater formigueiros de dois ou mais olheiros; tomar conhecimento da área do formigueiro para o cálculo do gasto de formicida.

 

O controle cultural é, por vezes, muito eficiente e consiste em movimentar o solo por meio da aração e gradagem e plantio de plantas repelentes ao redor do pomar (batata-doce, gergelim, entre outros). E, por fim, o controle químico, sendo o uso de iscas o mais eficiente e comum.

 

Broca-da-mangueira (Hypocrypholus mangiferae)

 

O maior problema relacionado a esse besouro é o fato de ele ser o vetor do fungo causador da seca-da-mangueira, doença de grande importância nessa cultura. O besouro alimenta-se dele, abre galerias na planta e, com isso, transmite o fungo. Porém danos e/ou prejuízos só foram observados em casos de grandes infestações desse inseto nos pomares.

Seu controle é realizado com medidas culturais como corte e destruição de ramos atacados e secos e a manutenção de bom estado nutricional das plantas. O controle químico é realizado com Parathion Methyl em pulverizações preventivas e para erradicação dos insetos.

 

Confira mais informações, acessando os cursos da área Fruticultura.

 

Por Andréa Oliveira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Nivaldo Francisco da Silva

18 de out de 2019

A mangueira de casa não tem nenhuma doença citada acima, no entanto tem outra doença, que me parece seja de insetos, as mangas caem novas com diversos tamanhos. Na interseção do fruto com o caule saem uma gosma transparente gelatinosa e o fruto cai. Já caiu 50% dos frutos. A variedade da manga é a borbom, nome este conhecido popularmente. O pé de manga está na fazenda e só tem um pé desta variedade. Não tenho observado em outros pés de variedades distintas.

Resposta do Portal Cursos CPT

22 de out de 2019

Olá, Nivaldo

Tudo bem?

Recomendamos que procure um agrônomo especializado em fruticultura na sua região, para que este profissional consiga orientá-lo em relação aos problemas com sua mangueira.

 

Atenciosamente,

Erika Lopes

Lauleste Castro Públio

28 de ago de 2019

Tenho trinta pés de manga de variedades diversificadas plantadas recentemente, já é a segunda vez que realizo o plantio. As plantas começam a murchar, as folhas também, e ficam com coloração diferente, até que morrem. O que devo fazer?

Resposta do Portal Cursos CPT

29 de ago de 2019

Olá Lauleste Castro Públio,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Como o seu pomar tem uma boa quantidade de plantas, e que é a segunda vez que o plantio está dando problemas, o ideal é procurar um Engenheiro Agrônomo, para que ele possa avaliar a área e verificar o que pode está ocasionando os danos as plantas. A partir do diagnóstico, ele irá recomendar como proceder, para que o

Sebastião Alves do Nascimento

28 de ago de 2018

Tenho três pé de manga no quintal uma é Palmer as outras não sei, porém as folhas mesmo novas parecem que estão enferrujadas. O que devo fazer?

Resposta do Portal Cursos CPT

28 de ago de 2018

Olá Sebastião,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

De uma olhada nesse artigo aqui.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Paulo

11 de ago de 2018

Besouro na flor do pé de manga é bom ou ruim.

Resposta do Portal Cursos CPT

13 de ago de 2018

Olá Paulo,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. O besouro não faz mal para a mangueira.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Vidal Gorgati

5 de fev de 2018

Tenho uma mangueira a 30 anos no meu quintal e agora antes de amadurecer a grande maioria das frutas racham e caem e ficam sem aproveitamento. Por favor como corrigir.

Resposta do Portal Cursos CPT

6 de fev de 2018

Olá Vidal,

Seria interessante procurar um técnico agrícola ou uma casa agrícola em sua região, para verificar de forma correta o que pode estar acontecendo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Ivete

15 de nov de 2017

Boa tarde! Tenho um pé de manga no quintal, no tronco do mesmo começou a aparecer umas manchas de cor marrom claro, ao fura-las a carne do tronco naquele buraco está meio apodrecida....o que pode ser? Aguardo uma resposta! Obrigada

Resposta do Portal Cursos CPT

16 de nov de 2017

Olá, Ivete.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Pode ser alguma doença. O ideal é que você procure um engenheiro agrônomo para que possa auxiliá-la no combate.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

silvia Falcao

6 de nov de 2017

tenho uma mangueira que deu a primeira safra ano passado ela ja tem uma media de 9 anos , foram poucas frutas , esse ano observei que as frutas e folhas caem, muito pequenas, e apareceram muitas formigas, o que posso fazer ?

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de nov de 2017

Olá, Silvia.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Você deverá procurar orientação com um engenheiro agrônomo para que ele possa receitar um pesticida.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

ODIMAR GOMES BARREIRA

29 de out de 2017

Olá, bom dia, O que fazer com as mangueiras que produzem flores que logo secam ( flores ) e, ainda, pelo meio, os galhos secam?

Resposta do Portal Cursos CPT

30 de out de 2017

Olá, Edimar.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nesse caso, o ideal é procurar um técnico agrícola para auxiliá-lo, pois sua planta pode estar sendo atacada por doenças ou pragas e precisará de um diagnóstico para ser tratada.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Alexandre Luiz de Menezes

10 de out de 2017

Minha mangueira está secando a sua folhas caído, preciso salvá-la. O que faço"?

Resposta do Portal Cursos CPT

10 de out de 2017

Olá, Alexandre.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Recomendamos que você procure um técnico agrícola para diagnosticar qual doença ou paga está atacando sua mangueira e ajudar no controle.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Lauro bento da Silva

13 de set de 2017

tenho um pe de manga no quintal,os frutos ainda pequenos estão com manchas pretas ou ficando amarelos,em seguida caem gostaria da ajuda de vocês pra saber o que posso fazer pra sanar esse problema,obrigado e parabéns pelo trabalho.

Resposta do Portal Cursos CPT

13 de set de 2017

Olá, Lauro.

Agradecemos sua visitae comentário em nosso site. Se você não encontrou a solução no nosso artigo, o ideal é que você procure um técnico agrícola para auxiliá-lo na solução desse problema.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!