WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Produção de flores, uma bela e rentável alternativa

Graças à sua demanda, a floricultura consegue, em ceda hectare cultivado, um faturamento significativamente maior

Ao fazer uma análise do quadro de produtividade a rendimentos por hectare de grãos a cereais, no Brasil, chega-se à conclusão que, para a agricultura caminhar de maneira mais competitiva, juste a moderna, é fundamental enfrentar os seus maiores desafios, porque o agricultor brasileiro está pagando muito caro pare plantar.

 

 

 PRODUTIVIDADE E RENDIMENTO POR HECTARE DE GRÃOS/CEREAIS
PRODUTO
PRODUTIVIDADE (1)
(ton/ha/ano)

RENDIMENTO BRUTO(2)
(US$/ha/ano)
Arroz
4,0
300
Feijão(3)
2,4
1.600
Milho(3)
6,0
660
Soja
2,5
400
Trigo
2,0
300
FONTE: Ministério da Agricultura do Abastecimento a da Reforma Agrária -FRUPEX
(1) valores médios no Brasil com irrigação
(2) a margem de lucro é de 20% a 40% do rendimento bruto
(3) 2 safras/ano
 
 

 

Há saída?
É claro que sim. PRODUÇÃO DE FLORES: esta é uma das saídas para o produtor rural.

Ao comparar o rendimento por hectare, na produção de flores, com o rendimento bruto calculado pare grãos a cereais, percebe-se, claramente, as vantagens econômicas no setor da floricultura. Graças à sua demanda, a floricultura consegue, em ceda hectare cultivado, um faturamento significativamente maior.

 

FLORES - PRODUTIVIDADE E RENDIMENTO POR HECTARE
PRODUTO
RENDIMENTO BRUTO (1)
(US$/ha/ano)
Roses
 96.000
Crisântemos
120.000
Violetas africanas
504.000
FONTE: Ministério da Agricultura, Abastecimento a Reforma Agrária - FRUPEX
(1) a margem de lucro é de 20% a 40% do rendimento bruto

 

 

 

 

 

 

Esse quadro de benefícios econômicos que a produção de flores estimula, mostra que o Brasil tem todas as condições necessárias para tornar-se um grande produtor e exportador de flores no cenário mundial. As grandes áreas disponíveis, em diferentes regiões do país, garantem a diversidade da produção pela diferença das condições climáticas; boa infra-estrutura de transporte, comercialização e comunicações; disponibilidade de tecnologias agronômicas e de pós-colheita adequadas; mão-de-obra qualificada e capacitada pare o setor são alguns dos fatores favoráveis para a floricultura brasileira.

 

No Brasil, a floricultura compreende mais de 5.000 produtores e 4.000 lojistas, distribuídos entre os principais estados brasileiros; responde, anualmente, por negócios em torno de US$150 milhões; porém, a exportação representa apenas US$ 16 milhões anuais. Este montante é inexpressivo quando comparado ao volume de exportação da nossa vizinha Colômbia, que chega a US$200 milhões por ano. O Equador começou a produzir flores há pouco tempo e já exporta US$80 milhões por ano. O Brasil não está utilizando seu potencial produtivo e, com isto, perde divisas.

 

O consumo per capita de flores anual do brasileiro esta em torno de US$3, enquanto que o argentino consome cerca de US$25 por ano, o europeu entre US$60, o americano US$90 e o escandinavo chega a gastar com flores cerca de US$120 por ano.

 

Existe um grande mercado externo para ser explorado e as perspectives são ilimitadas. O déficit no mercado mundial de flores, atualmente, supera a casa dos US$5 bilhões.

 

O mercado interno também tem crescido substancialmente nos últimos anos, o consumo de flores aumentou em quase 50% em virtude da mudança de comportamento do consumidor brasileiro que passou a valorizar mais o produto e conseqüentemente tem ajudado a aumentar a venda de flores.

 

As pequenas, médias e grandes empresas da área garantem o emprego de milhares de pessoas, atingindo em torno de 15 empregados por hectare, principalmente mão-de-obra feminina. Cultivar flores é uma atividade rentável para o empresário e beneficia para a sociedade. E uma bela saída que garante a renda do produtor rural. Para os interessados no cultivo de flores, 0 CPT Centro de Produções Técnicas produziu três cursos nesta área: "Como Produzir Rosas", "Como Produzir Crisântemos" e "Como Produzir Violetas", todos eles em parceria com o Frupex - Programa de Apoio a Produção e Exportação de Frutas, Hortaliças, Flores e Plantas Ornamentais do Ministério da Agricultura.

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!