WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Produção de flores, uma bela e rentável alternativa

Graças à sua demanda, a floricultura consegue, em ceda hectare cultivado, um faturamento significativamente maior

Ao fazer uma análise do quadro de produtividade a rendimentos por hectare de grãos a cereais, no Brasil, chega-se à conclusão que, para a agricultura caminhar de maneira mais competitiva, juste a moderna, é fundamental enfrentar os seus maiores desafios, porque o agricultor brasileiro está pagando muito caro pare plantar.

 

 

 PRODUTIVIDADE E RENDIMENTO POR HECTARE DE GRÃOS/CEREAIS
PRODUTO
PRODUTIVIDADE (1)
(ton/ha/ano)

RENDIMENTO BRUTO(2)
(US$/ha/ano)
Arroz
4,0
300
Feijão(3)
2,4
1.600
Milho(3)
6,0
660
Soja
2,5
400
Trigo
2,0
300
FONTE: Ministério da Agricultura do Abastecimento a da Reforma Agrária -FRUPEX
(1) valores médios no Brasil com irrigação
(2) a margem de lucro é de 20% a 40% do rendimento bruto
(3) 2 safras/ano
 
 

 

Há saída?
É claro que sim. PRODUÇÃO DE FLORES: esta é uma das saídas para o produtor rural.

Ao comparar o rendimento por hectare, na produção de flores, com o rendimento bruto calculado pare grãos a cereais, percebe-se, claramente, as vantagens econômicas no setor da floricultura. Graças à sua demanda, a floricultura consegue, em ceda hectare cultivado, um faturamento significativamente maior.

 

FLORES - PRODUTIVIDADE E RENDIMENTO POR HECTARE
PRODUTO
RENDIMENTO BRUTO (1)
(US$/ha/ano)
Roses
 96.000
Crisântemos
120.000
Violetas africanas
504.000
FONTE: Ministério da Agricultura, Abastecimento a Reforma Agrária - FRUPEX
(1) a margem de lucro é de 20% a 40% do rendimento bruto

 

 

 

 

 

 

Esse quadro de benefícios econômicos que a produção de flores estimula, mostra que o Brasil tem todas as condições necessárias para tornar-se um grande produtor e exportador de flores no cenário mundial. As grandes áreas disponíveis, em diferentes regiões do país, garantem a diversidade da produção pela diferença das condições climáticas; boa infra-estrutura de transporte, comercialização e comunicações; disponibilidade de tecnologias agronômicas e de pós-colheita adequadas; mão-de-obra qualificada e capacitada pare o setor são alguns dos fatores favoráveis para a floricultura brasileira.

 

No Brasil, a floricultura compreende mais de 5.000 produtores e 4.000 lojistas, distribuídos entre os principais estados brasileiros; responde, anualmente, por negócios em torno de US$150 milhões; porém, a exportação representa apenas US$ 16 milhões anuais. Este montante é inexpressivo quando comparado ao volume de exportação da nossa vizinha Colômbia, que chega a US$200 milhões por ano. O Equador começou a produzir flores há pouco tempo e já exporta US$80 milhões por ano. O Brasil não está utilizando seu potencial produtivo e, com isto, perde divisas.

 

O consumo per capita de flores anual do brasileiro esta em torno de US$3, enquanto que o argentino consome cerca de US$25 por ano, o europeu entre US$60, o americano US$90 e o escandinavo chega a gastar com flores cerca de US$120 por ano.

 

Existe um grande mercado externo para ser explorado e as perspectives são ilimitadas. O déficit no mercado mundial de flores, atualmente, supera a casa dos US$5 bilhões.

 

O mercado interno também tem crescido substancialmente nos últimos anos, o consumo de flores aumentou em quase 50% em virtude da mudança de comportamento do consumidor brasileiro que passou a valorizar mais o produto e conseqüentemente tem ajudado a aumentar a venda de flores.

 

As pequenas, médias e grandes empresas da área garantem o emprego de milhares de pessoas, atingindo em torno de 15 empregados por hectare, principalmente mão-de-obra feminina. Cultivar flores é uma atividade rentável para o empresário e beneficia para a sociedade. E uma bela saída que garante a renda do produtor rural. Para os interessados no cultivo de flores, 0 CPT Centro de Produções Técnicas produziu três cursos nesta área: "Como Produzir Rosas", "Como Produzir Crisântemos" e "Como Produzir Violetas", todos eles em parceria com o Frupex - Programa de Apoio a Produção e Exportação de Frutas, Hortaliças, Flores e Plantas Ornamentais do Ministério da Agricultura.

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Carlos Augusto

17 de abr. de 2021

Gostaria de receber mais informações sobre cursos na área de floricultura

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de mai. de 2021

Olá, Carlos Augusto

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

Ficamos felizes em saber do seu interesse em nosso curso. Em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com informações e esclarecimentos sobre os cursos que serão fundamentais para o seu aprendizado.

Atenciosamente,
Erika

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!