WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Promoção 30% de Desconto na compra de 2 ou mais Cursos Online

Cultivo de Bromélias - propagação por meristemas

 

Assim como a maioria das plantas ornamentais, as bromélias também podem ser propagadas por meristemas. Neste tipo de multiplicação, também conhecido por micropropagação, clonagem ou cultura de tecidos, são obtidas novas plantas a partir de grupos de células (meristemas).

Este tipo de propagação apresenta as seguintes vantagens: obtenção de mudas uniformes, com alta qualidade e grande quantidade num tempo relativamente curto, total ou parcialmente livre de doenças. Permite, ainda, multiplicar, em quantidade, híbridos e plantas raras ou ameaçadas de extinção.

Por outro lado, inúmeros são os problemas associados a micropropagação:

a) é necessário desenvolver uma metodologia para cada espécie que se queira
multiplicar;

b) é relativamente caro, dado os custos de equipamentos de laboratório e mão-deobra
especializada;

c) falta de mão de obra qualificada no mercado;

d) alto risco de contaminação em qualquer etapa de multiplicação no laboratório;

e) aparecimento de mudas com aberrações morfológicas.

Estágios da produção

1o - Estágio Preparação do material: Seleção da planta a ser propagada, a qual será tratada com fungicidas, bactericidas e/ou antibióticos por dois a três meses, para, então, extrair o meristema ou gema apical.

2o - Estágio Instalação da cultura: Isolamento Tratamento da região meristemática (região da gema apical) com hipoclorito de sódio. Extração do meristema, instalação no meio de cultura esterilizado em tubos de ensaio e colocados sob condições de luz, fotoperíodo e temperatura ideais.

3o - Estágio Multiplicação: Neste estágio, os meristemas que já formaram brotos são repicados. Cerca de 30 a 40 dias, este meristema voltará a fornecer novos brotos.

4º - Estágio Alongamento e Enraizamento: As plântulas são estimuladas a produzir sistema radicular comfitorreguladores específicos.

5º - Estágio Transplante e Aclimatação: As plântulas (mudas) são transferidas dos frascos para bandejas, em casa de vegetação, e aclimatadas em duas ou três etapas, para se desenvolverem em condições normais de cultivo, nos viveiros ou nas estufas. Nesta etapa, inicia-se a adubação foliar, tão logo surjam as raízes.

Conheça mais sobre o assunto acessando os Cursos da área Floricultura

Leia outras publicações sobre Bromélias nos links abaixo:

Cultivo de Bromélias garante emprego e renda a muitos brasileiros

Uso no Paisagismo

Propagação por mudas

Propagação por sementes

Dez mandamentos do bromeliófilo

Dez dicas básicas para o iniciante

Por Silvana Teixeira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Davi Cassiano

13 de nov de 2016

Interessado em saber mais sobre propagação por meristema

Resposta do Portal Cursos CPT

14 de nov de 2016

Olá Davi,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!