Crisântemos são flores ornamentais bastante requisitadas no mercado

Por florescer o ano todo, essa espécie garante atraente margem de lucro ao produtor

Crisântemos amarelos podem significar fortuna ou amor frágil e desdenhado

O crisântemo é uma flor ornamental de origem chinesa cuja demanda comercial tem crescido nos últimos anos tanto no Brasil quanto no exterior. A possibilidade de produzir o ano todo e a  facilidade de originar novas variedades a partir da mesclagem de cores são dois dos diversos fatores que impulsionam a comercialização. A professora Ângela Cristina Stringheta, do Departamento de Fitotecnia da UFV, afirma que, além de impulsionar a economia do país, a produção de crisântemo diminui a taxa de desemprego, pois necessita de mão de obra constante devido às renovações dos canteiros e a outros cuidados necessários. A grande demanda por esse tipo de planta deve-se também a sua durabilidade e ao seu preço.

Stringheta cita ainda outros fatores inerentes ao sucesso comercial do crisântemo:
- Atende melhor aos padrões internacionais de qualidade para exportação;
- Possui diversidades de cores, tamanhos e formas;
- As inflorescências têm grande durabilidade;
- Tem resposta precisa ao controle fotoperiódico;
- Pode ser cultivada como flor de corte ou como planta vaso;
- O ciclo de vida é curto, dependendo da variedade e do tipo de cultivo, permitindo um retorno econômico mais rápido.

Curiosidades sobre o crisântemo

Plantação de crisântemos em estufa

Cultivado há mais de 2500 anos na China, o crisântemo foi levado para o Japão pelos budistas. Para quem quer garantir longevidade e saúde, uma lenda japonesa ensina que basta colocar uma pétala de crisântemo no fundo da taça de vinho. Para os orientais, essa planta é o símbolo do sol. O trono do imperador do Japão é conhecido como “o trono do crisântemo”. Sua imagem pode estar relacionada com tristeza ou felicidade, dependendo da cultura na qual ele esteja presente.

Na Europa, por exemplo, os crisântemos são muito utilizados em funerais. Já no México, eles representam uma belíssima declaração de amor. Mexicanos são frequentemente presenteados com buquês de crisântemos por pessoas queridas, como amigos e amantes.

Produção de crisântemos

Crisântemos mesclados

Os principais exportadores de crisântemo do mundo são Holanda, Colômbia e Itália. O Brasil ainda tem uma produção inexpressiva quando comparado a esses países, porém tem se superado a cada ano para ser um concorrente de peso no mercado. Desde que o produtor tenha um conhecimento consistente em relação ao cultivo de crisântemos para manejá-los da maneira correta, o lucro é  certo. Caso a intenção seja produzir em alta escala e o ano todo, é importante preocupar-se em concentrar as plantas em local fechado e protegido para evitar que fenômenos naturais inesperados prejudiquem a qualidade.

Stringheta sugere que a plantação seja feita dentro de uma estufa, que pode ser de madeira (forradas com plástico transparente para a entrada de luz) ou de metal. Esta exige um custo bem mais elevado, porém tem sido a preferência entre os produtores pela resistência e durabilidade. A professora garante que a manutenção e o valor do custo-benefício da estrutura metálica fazem com que o investimento valha a pena. Ao optar por cultivar crisântemos em estufa, o produtor os protege de chuvas, ventos e insetos, e pode controlar a temperatura do ambiente, favorecendo o crescimento sadio das flores.

Condições ideais de floração

Mudas de crisântemo

A época de florescimento do crisântemo sofre variações, dependendo das estações do ano e da duração do dia. Stringheta afirma que o florescimento é induzido quando exposto a períodos de menos de 13 horas e meia de iluminação diária. Para obter crisântemos de excelente qualidade, a professora sugere que as flores sejam submetidas a ambientes cuja temperatura varie entre 18°C e 15°C. Durante todo o crescimento e a floração, o crisântemo necessita de irrigação para que a taxa de umidade da estufa seja mantida em um grau ideal. No entanto, essas irrigações não podem ser excessivas a ponto de comprometer a qualidade do solo e provocar doenças nas plantas.

Solos e substratos

Em relação ao solo, Stringheta afirma que alguns substratos são de fundamental relevância. A especialista cita o esterco bovino, as cascas de coco granuladas, cascas de arroz e de café como substratos altamente eficientes e bastante utilizados pelos produtores. No entanto, ela sugere que seja feita uma análise do solo antes do início do plantio para que um engenheiro agrônomo indique com precisão quais são os nutrientes que devem ser incorporados à terra e em qual quantidade. Essa providência é essencial para garantir que os crisântemos cresçam saudáveis e com boa aparência.

Aprenda a produzir crisântemos

De acordo com a cultura japonesa, uma pétala de crisântemo no fundo da taça de vinho garante saúde e longevidade

O curso Como Produzir Crisântemos, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, traz todas as informações para quem pretende começar a produzir essa planta de grande valor no mercado. Alguns dos temas apresentados e discutidos ao longo do curso são os aspectos econômicos desse produto; as características da espécie; como devem ser disponibilizadas as instalações para o cultivo; como prevenir e tratar as doenças das plantas; quais são os climas e os solos ideais para o seu desenvolvimento e como fazer a propagação de mudas e sementes.

Por Camila Guimarães Ribeiro

 

Cursos Relacionados

Curso Como Produzir Crisântemos Curso Como Produzir Crisântemos

Com Prof.ª Cristina Stringheta

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Produzir Rosas Curso Como Produzir Rosas

Com Prof. Dr. José Geraldo Barbosa

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Produzir Violetas Curso Como Produzir Violetas

Com Prof. Especialistas do Frupex

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo de Orquídeas para Fins Comerciais ou Hobby Curso Cultivo de Orquídeas para Fins Comerciais ou Hobby

Com Prof. Waldyr Fochi

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Floricultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade